Arquivo:

Livros

[Resenha] – As quatro portas do tesouro: O resgate de Althea

Arquivado em Livros, Resenhas
- junho 15, 2017

» Esse post pode conter spoiler do primeiro livro da série. Leia a resenha de O amuleto de Aloni.

Depois de um final emocionante em O amuleto de Aloni, Marcelo, Júlio e Daniel retomaram suas rotinas, mas algo neles dizia que a Mata de Anatema ainda guardava muitos segredos. Após um incidente, os meninos retornam para a Mata numa missão para resgatar Althea, a mulher desaparecida de Seth.

A situação que eles encontram dentro da porta escolhida é assustadora. Daniel, Marcelo e Júlio são “transportados” para uma cidade dominada pelo pode da chefe de estado Átira, que transformou tudo em um terrível caos. A cidade também é divida em classes de acordo com a raça de cada morador. Por conta dessa situação, os meninos são feitos de escravos e acabam conhecendo Zoia.

Por confiarem nas pessoas erradas, Júlio, Marcelo, Daniel e Zoia acabam se metendo em grandes problemas e em aventuras memoráveis. Durante essas situações, fica bastante claro que as ideias mais absurdas podem dar certo.

Uma personagem que merece destaque é a Zoia. Adorei conhecê-la e saber que ela também esteve presente nas aventuras dos meus velhos amigos. Gostei de ver uma presença feminina no meio de tantas aventuras.

Infelizmente eu senti que alguns acontecimentos do livro foram muito rápidos e que algumas situações foram resolvidas com muita facilidade; eu acabei sentindo falta de um pouco da magia que encontrei em O amuleto de Aloni. Mas isso não me fez desgostar da obra, mas o que eu realmente queria era passar mais tempo ao lado de Júlio, Marcelo, Daniel e Zoia.

A edição de O resgate de Althea está diferente do primeiro livro. As folhas são amareladas, e a qualidade do livro como um todo está excelente. E. Samuel novamente me conquistou com a sua escrita tão cativante e estou ansiosa para conferir o próximo livro da série.

O resgate de Althea é um livro para todas as idades! Recheado de aventuras, através dele podemos conhecer novas culturas (dentro do contexto da obra) e também é possível identificar inúmeras referencias mitológicas. E é claro, a ideia de que uma amizade verdadeira pode superar os piores desafios continua presente nesse livro, assim como no primeiro.

Agradeço a querida E. Samuel por ter me enviado esse livro e por compartilhar comigo esse mundo tão único e mágico.


  • Editora: Publicação Independente
  • ISBN: 9781540559852
  • Autor(es): E. Samuel
  • Páginas: 203 páginas
  • Ano: 2016
  • Avaliação: 3,5/5
  • Adicione no Skoob

[Resenha] – A viúva

Arquivado em Livros, Resenhas
- junho 4, 2017

Em A viúva conhecemos a história de Jean e Glen Taylor, um casal conhecido por todos por conta de um crime no qual Glen era suspeito. Após a morte de Glen, Jean decidiu que era a hora de contar sua versão sobre a vida que levava ao lado do marido e detalhes de como o caso Bella afetou a relação dos dois. Além disso, também conhecemos o detetive Bob Sparkes e a conceituada jornalista Kate Waters, que também estão ligados nas histórias contadas pela viúva.

Em cada capítulo temos o ponto de vista de um personagem diferente, além de uma mistura de fatos do passado com fatos do presente, e dessa forma é possível entender o que realmente aconteceu na vida de Jean e Glen, além de mais detalhes a respeito do caso Bella. Confesso que senti nojo e desprezo em vários momentos da história, uma vez que o livro aborda temas que vão contra os meus princípios, como por exemplo pornografia infantil.

Jean acabou se revelando uma personagem com características e ideias peculiares ao longo da trama, o que foi um ponto positivo para o livro. Não vou dar mais detalhes a respeito disso, mas ela me surpreendeu bastante.

A viúva é um livro com uma premissa interessante, mas por conta de tantas voltas durante a história, a conclusão acaba sendo um pouco óbvia – e essa foi uma característica que me decepcionou com o livro como um todo. Eu gosto bastante de ir descobrindo os segredos dos mistérios ao longo da história, mas a impressão que eu tive foi que tudo se revelou muito rápido e no final o “choque” não foi muito grande.

Eu imaginava que a leitura desse livro seria diferente, eu estava esperando por uma história estilo Garota exemplar, mas infelizmente acabei me decepcionando um pouco com o decorrer da trama. Infelizmente o livro acabou se tornando mais do mesmo e Fiona Barton não conseguiu me agradar tanto com a sua escrita e história.


  • Editora: Intrínseca
  • ISBN: 9788551001028
  • Autor(es): Fiona Barton
  • Páginas: 304 páginas
  • Ano: 2017
  • Avaliação: 3,5/5
  • Adicione no Skoob

SELO_BLOGSPARCEIROS_2016

[Projeto] – (Re)lendo Maurício Gomyde

Arquivado em Livros, Projetos
- maio 4, 2017

Oi, pessoal! Tudo bem com vocês?! Espero que sim!

Já faz um tempinho o querido Mauricio Gomyde revelou em seu facebook que tem livro novo saindo do forno. Eu fiquei bem feliz com essa notícia, porque ele é o meu autor preferido nessa vida (mesmo faltando alguns livros dele para eu ler). E foi ai que uma faísquinha dentro de mim se acendeu e eu senti que era hora de colocar em prática um projeto que eu queria fazer há muito tempo: o de (re)ler seus livros e falar sobre eles aqui no blog.

Mauricio tem 06 livros publicados, e só está faltando um na minha lista de livros lidos. A ideia é que eu leia um livro por mês e faça um post/resenha sobre essa leitura. Também montei um cronograma de leitura que pretendo seguir:

  • Maio: Ainda não te disse nada
  • Junho: Dias melhores para sempre*
  • Julho: A maquina de contar histórias
  • Agosto: O rosto que precede o sonho
  • Setembro: Surpreendente!
  • Outubro: O mundo de vidro

* Primeira leitura

Conforme eu for realizando as leituras, eu venho nesse post atualizar as datas e afins. Eu tô muito animada!! Se mais alguém quiser participar é só me avisar! Será um grande prazer conversar a respeito das leituras.

Um dos meus autores nacionais preferidos! @mauriciogomyde , adorei te conhecer ♥ #BienalDoLivroSP

Uma publicação compartilhada por Cássia R. Vannucchi Vicentin (@cassiavicentin_) em

💌Ah, antes que eu me esqueça: pode ser que eu não consiga cumprir esse prazo porque a) eu comecei a trabalhar em outra cidade (chego exauuusta em casa) e b) preciso dar prioridade para os livros que recebi em parceria com editoras/autores. Mas prometo que vou me dedicar ao máximo pra conseguir colocar minhas leituras em dia – e também pra manter o blog atualizado.

Beijão e até mais :*