Arquivo:

Pessoal

Mais um sobre o amor da minha vida

Arquivado em Pessoal, Textos
- setembro 11, 2017

A melhor parte de pegar o fretado às 06:10 é me deparar com os seus sorrisos. Eu me abrigo no seu calor e me sinto completa. Você sempre me recebe com a calmaria de marinheiro que ama (e conhece) o mar. E você me conquista dia após dia. Me sinto segura, completa e privilegiada. Que honra a minha ter um homão desse pra chamar de meu.

O trajeto Campinas – Osasco é cansativo. Mas eu adoro quando você me acorda com seu afeto. Com beijos. Com seu jeito carinhoso. Confesso que nos dias em que eu acordo primeiro e vejo que seu ponto está chegando,  simplesmente finjo que estou dormindo. Só para descobrir como você vai me acordar. Só pra poder aproveitar esses minutos ao seu lado. E me sentir inteira mais uma vez.

No caminho de volta, quem te recebe de braços abertos sou eu. E eu amo te ver chegar, se acomodar perto de mim e ouvir sua voz quando você começa a me contar como foi seu dia. Nós nos divertimos, nos entendemos e estamos sempre dispostos a cuidar um do outro.

Isso se chama amor.

E eu amo nossos dias.

E é isso que me faz feliz: seu jeito leve, vivo e cheio de energia. Sua voz doce, sacana e sagaz.

Aliás, é você quem me faz feliz.

Te amo por inteiro!

Fonte da imagem: WeHeartIt

Rindo de nervousa

Arquivado em Pessoal
- agosto 7, 2017

Eu sempre sofro quando preciso fazer alguma prova. Por mais que eu manje do assunto, eu sempre vou ficar sofrendo. Isso aconteceu durante a minha vida inteira: escola, vestibular, faculdade, processo de habilitação e agora no curso de inglês.

Acredito que o maior “problema” é que eu me cobro demais. Eu sempre quero dar o meu melhor, mas na maioria das vezes eu acabo ficando tão nervousa que eu me confundo toda e esqueço, nos 45 do segundo tempo, tudo o que eu estudei.

Com meus 24 anos, acho que eu já deveria ter aprendido a controlar meu nervosismo. Mas eu não consigo. Geralmente eu fico sofrendo uma semana antes da maldita prova e continuo sofrendo até o momento em que eu recebo o bendito resultado. E, caso ele não tenha atingido minhas expectativas, eu sigo sofrendo e me lamentando de todas as maneiras possíveis e imagináveis. Eu realmente alopro todo mundo ao meu redor, porque eu fico inconformada de ter errado o óbvio. {então aproveito esse desabafo pra pedir desculpas pro pessoal, hehe <3}. 

E por que eu estou escrevendo tudo isso?! Porque no sábado eu fiz a minha primeira prova de inglês e eu estou sofrendo pra caramba. Eu consigo lembrar das questões E TAMBÉM CONSIGO LEMBRAR NITIDAMENTE O QUE EU ERREI POR NERVOSISMO!! Acho que cêis conseguiram entender o tamanho da minha desgraça, né não?!

Apesar de eu ter consciência de que essa foi só a primeira prova do curso de inglês e também de saber que não é vergonha nenhuma ir mal (principalmente porque eu nunca tinha feito inglês na vida e comecei do zero), eu ainda fico com essa sensação de que poderia ter me esforçado mais.

Se eu já sei o resultado da prova?! Ainda não. Tô no aguardo da ligação do pessoal da escola (e sofrendo cada vez que meu celular toca). Mas é aquele negócio: eu puxei minha avó e sou expert em sofrer por antecedência. Enquanto o resultado não vem, eu sigo o baile (com a gastrite atacadíssima, sem conseguir dormir muito bem durante a noite e com a consciência de que essa foi só a primeira prova de muitas que ainda virão).

cruj cruj cruj, tchau!

Imagens: [1], [2], [3] e [4]

Meu bullet journal finalmente chegou!

Arquivado em Fica a dica, Pessoal
- julho 12, 2017

Oi, gente! Tudo certo com vocês?! Era pra eu ter atualizado o blog ontem, mas eu ando numa relação de amor e ódio com o meu computador e infelizmente ele não colaborou muito comigo na noite passada ☹

Semana passada eu fiz um post falando sobre o retorno do blog e também aproveitei pra falar sobre meus planos de organização utilizando um bullet journal. E depois de tantos dias de espera, finalmente eu tenho um BuJo pra chamar de meu!

Eu estava doidinha da silva pra me organizar de alguma forma, e depois de ler uma série de posts sobre o tema lá no Desancorando eu decidi que era hora de me arriscar nesse método de organização. Depois de passar horas pesquisando preços, acabei encontrando a lojinha online Casa da Mãe Joana. Foi nesse momento que o Pablo apareceu e disse “Eu te dou o caderninho”

Afinal de contas, o que é um bullet journal?!

Um bullet jornal nada mais é do que um caderno que você usa fazer uma coisa chamada rapid logging, ou seja, anotar rapidamente as suas tarefas do dia. O objetivo é tornar as suas listas de afazeres em uma coisa prática e fácil. Quanto mais esforço você coloca, mais parece ser uma obrigação e você logo desanima.

Com um bullet jornal você tem uma forma rápida e organizada de anotar tudo o que você precisa fazer e tem ainda um sistema que te ajuda a manter a sua agenda em ordem.

Fonte

E eis que finalmente meu bullet journal chegou e eu fiquei ainda mais apaixonada por ele! O Trabalho da Cássia (minha xará) lá da Casa da Mãe Joana ficou um amorzinho! O pacote veio super caprichado, com direito a recadinho feito à mão ♥ E eu simplesmente amei a estampa de raposinha <3

Eu não sei se vou conseguir levar o BuJo a diante, mas confesso que estou muuuito animada! Já faz um bom tempo que eu fico pensando em mil maneiras de me organizar, e como gosto bastante de: a) escrever e b) fazer listas, acho que vou conseguir me adaptar.

A minha ideia inicial é me organizar com os estudos, alimentação, atividades físicas, leituras, séries e filmes. É coisa pra dedéu, num é mesmo?! Assim que eu for colocando as coisas em prática, eu mostro pra vocês 😉

Alguém por aqui já usou esse método de organização?! Contem para mim nos comentários!!

Beijos e até mais