Posts de 26 de junho de 2013

[Resenha] Cores de Outono

Em 26.06.2013   Arquivado em Livros, Resenhas
Avaliação: 5/5 ♥
Titulo: Cores de Outono
Titulo original: Cores de Outono
Autor(a): Keila Gon
Tradução: 
Páginas: 440
Ano: 2013
Editora: Novo Século
Sinopse: O inesperado, o impossível, o destino… Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração. Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração. Cores, de outono é o primeiro volume de uma saga mágica que vai instigar emoções e paixões.

Fazia tempo que um livro não me surpreendia como aconteceu enquanto lia Cores de Outono. Pensei que o livro seria meio parado, que coisas absurdas aconteceriam e que, talvez, eu nem me apegasse tanto a ele. Mas, eu me enganei: O livro é incrível e eu não conseguia parar de ler. Fiquei ainda mais feliz por ser um livro nacional.

***

Após a morte de sua mãe e de seu padrasto em um acidente, Melissa (nossa protagonista) decide que é hora de voltar para casa de seu avô (onde cresceu e passou boa parte de sua vida). Melissa pensa, acima de tudo, em dar um futuro melhor para sua irmã mais nova, Alice. Sendo assim, as duas voltam para a casa de George, o avô mais lindo do mundo.

Logo no começo me apeguei muito a George, principalmente porque eu via muito do meu avô nele: George é como um pai para suas netas e faz de tudo para protege-las.

Assim que volta para Montanha, Melissa reencontra Arthur, seu amigo de infância e, para mim, o par ideal para a mesma (mas me enganei, ainda bem!). Mas claro que nada daria certo logo de cara, e é quando Vincent entra na história. Ah Vincent *suspiros*!

Precisei de mais da metade do livro para começar a gostar de Vincent, porque eu jurava que ele era o vilão da história. E BUM, Keila nos surpreende com uma ótima história de amor.

Durante toda a história a autora nos envolve em um mundo mágico, um mundo de fantasia, elfos, duendes, magos… E ela escreve tudo de uma forma tão natural que quem lê pensa que tudo aquilo é real. E é em desses momentos que o tcham da história acontece, e Melissa se vê na obrigação de fazer parte desse ‘mundo paralelo’ para proteger quem mais ama (Alice) e para estar ao lado de seu grande amor (Vincent). Melissa julga que a segurança de Alice é de sua responsabilidade e junta forças para sempre proteger a irmã de todos os perigos que fazem parte da Montanha.

Cores de Outono é um livro mágico de amor e ódio. Em vários pontos a autora nos mostra que devemos sempre zelar por nossa família e correr atrás de nossos sonhos. Ela mexe com o leitor do inicio ao fim, e quem lê fica com aquele gostinho de quero mais. Falando nisso, estou louca para ler Sombras da Primavera, a continuação de Cores de Outono.

***

Gostaria de agradecer imensamente à Keila por ter cedido um exemplar de seu livro para o blog, e também por ela ter me proporcionado momentos de felicidade.
Espero que tenham gostado da resenha, e quem tiver a oportunidade leia essa obra fantástica!