Procurei em Sonhos

Procurei em Sonhos

Correio dos Sonhos
Favoritos ♥
Projeto de Leitura

Skull Clothing e seus produtos super estilosos

Boa noite, pessoal! Tudo bem com vocês?!

Outro dia visitando alguns blogs tive a oportunidade de conhecer a loja Skull Clothing. E quando eles entraram em contato comigo propondo uma parceria, eu fiquei imensamente feliz. A Skull é responsável pela produção de produtos com uma pegada mais diferente do que eu estou acostumada, e foi por isso que eu me encantei pelos produtos que encontrei no site.

O produto que recebi na minha casa foi um moletom super quentinho da série Sons of Anarchy (que infelizmente eu ainda não terminei de assistir, mas tenho fé de que até o final desse ano eu termino).

John Lemon e seus presentes criativos
A delicadeza de Julianna Swaney
Correio dos Sonhos – Março e Abril/2018

Eu li: Tarsia #1 – O Reino de Harmonia

Eu gosto bastante de conhecer histórias novas, principalmente quando elas foram escritas por algum escritor brasileiro. É muito gratificante saber que a nossa literatura está ganhando o destaque merecido nas prateleiras dos leitores. E isso deixa o meu coração quentinho <3 Então, quando a autora Sherla M. Silva me falou sobre seu livro, Tarsia – o reino de harmonia, eu fiquei curiosíssima para lê-lo.

O livro nos conta a história de quatro amigos: Raja, Aisha, Risa e Liam; Cada um possuí uma personalidade muito diferente, mas eles sempre foram muito unidos. Até que um certo dia coisas estranhas começam a acontecer e cada um dos amigos acaba encontrando um colar de acordo com seu elemento (Terra, Fogo, Ar e Água) e personalidade. A partir desse momento, muitas coisas começam a mudar na vida dos personagens, afinal, eles são transportados para um lugar novo e diferente: o reino de Tarsia.

Em Tarsia, tudo é mágico, e encantador, mas infelizmente um grupo de vilões tomou posse dos reinos. O lugar é dividido em quatro reinos: Jaya, Ignis, Aqua e Are; Com a ajuda da Ser Supremo, os os quatro amigos precisam enfrentar seus medos e lutar pela paz e harmonia em Tarsia.

O livro é recheado de aventuras do início ao fim. E gostei bastante das características de cada personagem, e também das descrições dos lugares e seres diferentes de Tarsia. O valor da amizade é algo que a autora trabalhou bastante em sua obra, e também gostei bastante disso.

Outra característica que eu gostei bastante nessa obra, foi o fato de que o narrador conversa com o leitor. Ele faz comentários interessantes a respeito do que está acontecendo durante o livro, e eu tinha a sensação de que alguém estava me contando uma história a respeito de Tarsia. Eu sei que isso parece meio louco, mas é sensacional.

Eu realizei a leitura da obra pelo aplicativo Kindle no meu celular, ou seja, não posso falar sobre a parte gráfica do livro. Mas a obra foi publicada em formato físico pela Editora Arwen, e também é possível conhecer um pouco mais a respeito da obra diretamente no site da autora.

Se você está em busca de uma obra com muitas aventuras, risadas, que fala sobre amizade e que ensina grandes valores, Tarsia é a pedida certa! Não vejo a hora de ler os demais livros da série.


Eu li: Tudo o que nunca contei
Harry Potter e o cálice que empacou minha leitura
Eu li: As oito montanhas

Eu li: Tudo o que nunca contei

Decidi dar uma chance ao livro Tudo o que nunca contei porque vi a Ana do Poesia Destilada falando sobre a obra, e não me arrependi dessa decisão.

O livro se passa na década de 70, e logo de cara a autora joga uma bomba nas mãos de quem está lendo: a protagonista da obra, Lydia, está morta. E ninguém sabe como ou porque isso aconteceu.

Intercalado entre o passado e o presente dos personagens, aos poucos é possível conhecer mais a respeito da família Lee, além de acontecimentos marcantes da infância de Lydia e a relação dela com seu irmão mais velho, Nath. Aliás, as situações vividas pelos Lee são tão caóticas e compreensivas, que acabam tornando todo o drama descrito na trama mais real.

Apesar de em alguns momentos a narrativa ser um pouco arrastada, eu fiquei satisfeita com tudo o que encontrei em Tudo o que nunca contei. A leitura desse livro nos mostra que nem tudo é como nós queremos e que, infelizmente, alguns planos acabam não dando certo.

Eu me surpreendia a cada nova página lida, sofria com os personagens, e conseguia entender e compreender vários lados de uma mesma história. E aí eu pude identificar a mistura de realidade e ficção na narrativa de Celeste Ng, pois é muito normal uma situação onde alguém prefere guardar segredos, sentimentos e ideias a respeito de determinados assuntos, e isso acaba virando uma imensa bola de neve.

Foi muito interessante saber um pouco mais sobre como as coisas eram diferentes nas décadas de 60/70. Fiquei bem chocada com alguns acontecimentos, mas gostei de como a autora situou e construiu sua obra e personagens. Se o livro se passasse nos dias de hoje, acho que não seria tão impactante.

Eu gostei bastante da escrita de Celeste Ng e estou bem curiosa para conferir seu novo lançamento, Pequenos incêndios por toda parte – que será uma das minhas próximas leituras.


Parceria Intrínseca

Eu li: Tarsia #1 – O Reino de Harmonia
Harry Potter e o cálice que empacou minha leitura
Eu li: As oito montanhas
Página 1 de 181
12345... 181››