Textos

o amor sem uso

Parecia que algo dentro de mim tentava me avisar que isso mais cedo ou mais tarde iria acontecer.E lá estava eu mais uma noite,à procura de abrigo,de carinho,dos seus sorrisos.Procurando você que,apesar de sempre me fazer sofrer e nunca estar presente nos momentos em que mais preciso,é quem eu realmente amo.Levantei rapidamente tentando acender as luzes da casa escura,que ficara tão vazia quanto eu.Esbarrei então em uma daquelas caixas velhas onde guardei suas coisas.Encontrei algumas fotografias e as lágrimas começaram a jorrar.Eu sei,as coisas poderiam ser diferentes se você não tivesse sido tolo,fraco e egoísta ao ponto de deixar-se levar por uma qualquer.Com raiva então,comecei a rasga-las.Eu já não sentia dor,eu sentia ódio.Ódio de mim mesma por ter sido tão ingênua ao ponto de ficar chorando por alguém que realmente não se importou.Foi quando senti que já era quase de manhã e que eu deveria voltar para nossa cama e tentar dormir.Eu não era somente uma garota que foi deixada para trás.Eu era vitima e as lembranças eram o que me faziam bem.Éramos amantes,suas fotografias,seu cheiro e eu.

Pauta para Once upon a time;

Segundo lugar,décima quinta edição.

Posts relacionados

19 comentários

  • Reply
    Felicidade Clandestina.
    outubro 21, 2009 at 7:13 pm

    eu sei,

    já fui minha propria vitima inúmeras vezes…

    ''em uma casa tão vazia quanto eu''

    amei*

  • Reply
    MAYLA
    outubro 21, 2009 at 9:02 pm

    Opa, e eu seguindo aqui :*

  • Reply
    Jeniffer Yara
    outubro 21, 2009 at 9:03 pm

    Que lindo!*-*
    Nossa que texto mais expressivo de um amor que não deu certo!Amei como você fez a frase do OUAT encaixar perfeitamente nesse texto!*.*
    Que bom que quer ler meu livro,significa que já tenho alguma leitora garantida! rs'

    Bjs!

  • Reply
    Pamella Caputi
    outubro 21, 2009 at 9:04 pm

    Nossa sério? :/ é foda né descobrir que pra uma certa pessoa nao somos o que queriamos ser.
    Te segui.

  • Reply
    Lua
    outubro 21, 2009 at 10:01 pm

    Muito boom. o texto ^^
    bejo Flor :*

  • Reply
    › daniela.avila ♥ ~
    outubro 21, 2009 at 10:18 pm

    "Ódio de mim mesma por ter sido tão ingênua ao ponto de ficar chorando por alguém que realmente não se importou"
    Já passei por isso, é deprimente.
    texto peeeeeeerfeito, obrigada pelo carinho;

    bjs:*

  • Reply
    ~ Gaa.h
    outubro 21, 2009 at 10:45 pm

    Muito lindo o que vc escreveu, gostei mesmo!!
    Você escreve surpreendentemente bem *-*

    Obrigada pela vista! 😉
    Beijoos ~

  • Reply
    conectei
    outubro 22, 2009 at 12:11 am

    Amei *-* Lindo texto, perfeito.
    Voce escreve muito bem. Adorei
    Beijos

  • Reply
    Lílian
    outubro 22, 2009 at 1:01 am

    que lindoo metade s2

  • Reply
    Mariana Andrade.
    outubro 22, 2009 at 1:15 am

    meus únicos amantes os citados no texto. e talvez as palavras, mas isso nao vem ao caso.

    êê, um texto grandinho o/
    haeuhae muito bom, cá;

    ;*

  • Reply
    Deni Maciel
    outubro 22, 2009 at 4:06 pm

    tratam os sentimentos como se trata um pano velho..
    =/
    sempre bom passar aqui .
    abraços
    ótim quinta
    e feliz dia do MP-24 vem com TV.
    radio am [exclusivo] e fm e ainda gravador de blue ray.
    ¬¬
    abraços de novoooo
    fui.
    FDs a vistaaaaaaa…mas bm q poderia ser a prazo…passaria mais devagar!

  • Reply
    camila souza.
    outubro 22, 2009 at 4:56 pm

    goostei :p

  • Reply
    Varda
    outubro 22, 2009 at 8:45 pm

    Sabe,sempre queremos ser as vítimas..é difícil reparar que também erramos e sua uma relação acaba cada um tem 50% de culpa.

  • Reply
    jadeamorim.com
    outubro 23, 2009 at 3:57 pm

    Lembranças são ruins às vezes. Esses momentos de fraqueza dói demaaais! =x
    Ameei o post viu? Me indentifiquei super com ele! =x

    Beeijos!

  • Reply
    Natália
    outubro 24, 2009 at 12:03 am

    É nessas horas que vemos o quão burras e ingênuas fomos. beijos

  • Reply
    Jeniffer Yara
    outubro 24, 2009 at 7:40 pm

    Tem selo pra vc lá no blog! 😉

  • Reply
    Keilinha !
    outubro 24, 2009 at 8:08 pm

    Lindo aqui. Gabhou um selinho no meu blog.

  • Reply
    Márcia Amaral
    outubro 25, 2009 at 4:48 am

    já não sente dor e sim ódio? acabou se chegar na melhor parte, logo depois vem a vingança

  • Reply
    ana paula
    outubro 26, 2009 at 1:32 pm

    oi 🙂
    adorei o texto e voce escreve muito bem.
    e essa sensasao de fraqueza e vazio, é tããao ruim mesmo ;s
    aah beejo! :*

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.