Posts de julho de 2013

As cinquenta fotos tiradas no momento mais oportuno da história

Em 30.07.2013   Arquivado em Fotos
Olá leitores, como vocês estão? Espero que bem.
Meu amigo Ton me passou um site com as cinquenta fotos tiradas no momento mais oportuno da história e achei legal dividir minhas favoritas com vocês.

 

 

 

 

 

Quem quiser conferir toda seleção é só clicar aqui.
Qual foi a preferida de vocês?
OBS: Pessoal, me mudei no ultimo fim de semana e ainda estou sem internet lá em casa. Por conta disso demorei para atualizar o blog ainda não respondi os comentários. Espero que entendam ^^ Depois posto fotos da casa nova :’)
Acompanhe o blog nas redes sociais
• Facebook | • Twitter

[Resenha] Os Doze Guardiões da Luz

Em 25.07.2013   Arquivado em Livros, Resenhas
Avaliação: 4/5
Titulo: Os Doze Guardiões da Luz
Titulo original: Os Doze Guardiões da Luz
Autor(a): Luiz Henrique Batista
Tradução: 
Páginas: 448
Ano: 2013
Editora: Novo Século
Sinopse: Ambientado num mundo de fantasia, “Os Doze Guardiões da Luz” narra as histórias de heróis imortais que encarnam os doze signos do Zodíaco. Séculos após a grande guerra, que expulsou a Escuridão dos reinos do oeste, o povo e os heróis parecem ter se esquecido da ameaça que reside lá fora, além da fronteira das terras da Luz com os países da neblina. Alheios ao alcance dos tentáculos do inimigo, os Guardiões são pegos de surpresa quando a ameaça vem não de fora, mas de dentro do reino, justamente daqueles em quem mais confiavam: eles próprios.

 

Os Doze Guardiões da Luz foi um livro que realmente me surpreendeu. Confesso que no começo não estava gostando muito da história, mas decidi que iria levar a leitura até o fim.

A história se passa no Mundo de Gaia, planeta que já passou por várias guerras, sendo que em cada Era, um tipo de reinado era estipulado. Sendo assim, os Doze Guardiões da Luz são os responsáveis por manter a paz durante a era dos Reis. Ou seja, cuidar para que seres da Escuridão não cheguem até a Luz.

Os Guardiões são estrelas que caíram na Terra e cada um representa um dos doze signos dos zodíaco, além de serem divididos por seus elementos.

“A forma verdadeira de um Guardião manifestava toda a grandeza do filho ou filha das estrelas, um espetáculo vivo até para os outros Guardiões.” P. 36

Gostei de como o autor apresentou cada Guardião e de como ele envolveu – emocionalmente – os mesmos. Ele criou um tipo de ligação de amor e ódio, o que deixou a história mais entrelaçada. Por conta disso, temos personagens bons e maus. Mas, vale ressaltar que alguns dos Guardiões não foram ‘apresentados’ ao leitor, mas todos tiveram um momento especial no livro.

Capricórnio é o responsável pela guerra que está para acontecer. Ele deseja, mais do que tudo, o amor de Peixes (mas o coração dela pertence a Áries) e também sente vontade de mostrar aos outros Guardiões que a barreira entre a Luz e a Escuridão pode ser rompida. Sua fiel escudeira é Samara, uma serpente. Câncer e Escorpião se juntam a Capricórnio, pois possuem outros ideais e opiniões sobre os demais Guardiões.

Então a aventura começa: durante um festival algo terrível acontece com Gêmeos e Aries se vê na obrigação de esclarecer o problema. Sua amada (Peixes) decide ir junto. Mas o que ambos não sabiam era que muitas surpresas esperavam por eles e que os Guardiões teriam que lutar entre si.

Durante o trajeto, o casal encontra Touro, Leão (o grande rei) e sua cara metade, Aquário. Leão e Aquário são apaixonados, mas gostei da maneira que Aquário tratava o grande rei: ela não se rebaixava. Outro casal que envolve a história é Virgem e Sagitário, mas eles vivem um amor impossível. E por fim conhecemos Libra.

“Chegará então a décima terceira estrela, maior e mais poderosa. Ela será a encarnação da Luz e terá Doze Guardiões. Todos haverão de se curvar diante dela. Seu poder, porém, não será maior do que seu sacrifício.” P. 282

Por vários momentos associei os personagens de cada signo com pessoas próximas que possuem os mesmos. O único personagem que não consegui associar foi Leão, porque eu sempre o imaginava em sua forma de Guardião.

E após longos capítulos de apresentação de personagens e armadilhas da Escuridão, é chegada a hora da verdade…
Luiz encerrou a trama de uma forma fantástica, e não deixou nenhuma linha para trás. Gostei do final de cada Guardião e de como eles aceitam os fatos. Para mim, o livro transmite uma mensagem de que até seu irmão pode te decepcionar, mas sempre devemos encontrar a melhor solução para cada problema. E isso foi o que me fez gostar tanto do livro.

 

***
Acompanhe o blog nas redes sociais
• Facebook | • Twitter

TAG – Perguntas e Respostas

Em 19.07.2013   Arquivado em Memes e tags

Olá leitores, como vocês estão? Espero que bem ^^

Hoje é dia de responder tag (de novo, haha). Dessa vez quem me indicou foi a Thayssa do Cheiro de Flor Manaus. Valeu Thay 😉 Demorei um pouquinho para publicar as respostas, mas espero que vocês gostem ^^

 

Regras


• Passar a tag para no mínimo 5 blogs;
• Avisar os blogs que indicou a tag no prazo de uma semana;
• Comentar o blog que fez a tag, ou seja Clichê Adolescente;

• Acrescentar próprias perguntas se quiser.
Perguntas

1- Gosta de escrever? O que? 
Sim. Gosto de escrever sobre sentimentos e minha opinião sobre as coisas. (Quem acompanha o blog desde o inicio sabe do que estou falando!)
2- Se fosse publicar um livro, qual seria o gênero?
Romance haha! (clichê, eu sei).
3- Que profissão pretende seguir?


Pretendia fazer Jornalismo, depois mudei para Letras e agora estou oficialmente matriculada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Loucura!
4- Qual sua opinião sincera sobre e-books?


Não gosto. Prefiro o livro físico. 😐
5- Qual sua parte preferida de ter um blog?


Fazer novas amizades e interagir com pessoas que possuem os mesmos gostos que eu.
Blogs
 
Dessa vez não irei indicas blogs. Vou deixar livre para quem quiser responder…
Beijos,

Fotos de Gaveta #1

Em 13.07.2013   Arquivado em Fotos
Bom dia pessoal! Tudo ok com vocês? Espero que sim ^^
Estou dando inicio à coluna Fotos de Gaveta, onde de 15 em 15 dias irei postar as fotos que mais gostei dessa página maravilhosa que alegra meu Facebook…

 

 

 

 

 

Para quem quiser conhecer a página Fotos de Gaveta no Facebook, é só clicar aqui.
Espero que vocês tenham gostado das fotos e da ideia haha! Minha favorita é a segunda ♥
Beijos,

[Resenha] Gêmeos.Virtuais

Em 04.07.2013   Arquivado em Livros, Resenhas

Boa noite pessoal! Peço desculpas pela minha ausência aqui no blog, mas essa semana está tudo muito corrido: fui pré-selecionada no ProUni e estou correndo atrás da documentação necessária. E, para ajudar, irei mudar de casa… Mas peço desculpas. Por conta disso, a resenha foi feita um pouco na correria (mas com muito amor). Espero que gostem.

Avaliação: 4/5
Titulo: Gêmeos Virtuais
Titulo original: Gêmeos Virtuais
Autor(a): J. R. Daher
Tradução: 
Páginas: 128
Ano: 2008
Editora: Komedi
Sinopse: O inesperado, o impossível, o destino… Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão.
Iraque: cenário de uma guerra na qual a busca pelo ditador Saddam Hussein e a localização de armas de destruição em massa estão em jogo. Enquanto isso, no Brasil, um jovem chamado Alef conhece Theo através da internet, garota que lhe desperta um sentimento novo e profundo. Divergindo dos fatos históricos, esta ficção envolve o protagonista nesse conflito internacional distanciando-o cada vez mais de Theo, mas levando-o a descobrir quem é.

Nesse livro descobrimos a história de Alef, um adolescente brasileiro que leva uma vida normal. Sua melhor amiga (e paixonite) é Theodora (ou Theo), porém eles só mantêm contato pelo mundo virtual.

A história acontece durante a guerra do Iraque e quando menos espera, Alef torna-se peça chave para o início da Terceira Guerra Mundial e descobre que possui certos “poderes”. Por conta disso, Alef é levado como refém para a Coréia, e os Estados Unidos partem em uma ‘missão’ para resgatá-lo, pois precisam realizar experiências em Alef.

O resgate e de nosso personagem principal e todo tempo que permanece nas mãos dos Estados Unidos é essencial para que possamos entender o porque dele possuir “poderes”, já que ele carrega em si uma marca com a sigla A.I. 

Me surpreendi muito com o final do livro, principalmente quando o autor apresenta a forma física de Theo aos leitores. Antes de começar a leitura pensei que teria certa dificuldade na realização da mesma, ou que o enredo não me agradaria. O livro é curto e eu não conseguia parar de lê-lo. Obrigada Raphael por esse livro fantástico!

 

Quer ganhar um exemplar de Gêmeos.Virtuais? Participe da promoção de férias! 

Página 1 de 212