Livros Resenhas

[Resenha] – O leitor do trem das 6h27

o_leitor_do_trem_das_6h27_1440449597523368sk1440449597bO leitor do trem das 6h27 foi uma leitura tranquila e singela, principalmente por conta de seus personagens encantadores e por toda a leveza da narrativa. Apesar de o começo ter sido um pouco arrastado, quando percebi já estava no final do livro e com o coração aquecido por tanto carinho e simplicidade que encontrei na história.

Através da leitura de O leitor do trem das 6h27, é possível acompanhar a rotina de Guylain Vignolles, um rapaz extremamente cativante, simples e dedicado. Operador de uma máquina que “tritura” livros fora de moda, nosso personagem salva páginas soltas todos os dias após seu expediente, e as lê para quem quiser ouvir durante suas viagens de trem. Quando menos esperava, Guylain viu sua rotina mudar e acabou adentrando num universo totalmente novo, fazendo com que ele superasse as próprias barreiras e buscasse por algo maior.

A forma como o autor lidou com o lado romântico da história foi outro ponto que me agradou muito: ele quebrou paradigmas e fez com que o livro se tornasse algo único. Gostei disso e me senti tocada por todo o cotidiano dos personagens, por suas superações e por toda a delicadeza da obra. O livro tem uma mensagem tão bonita, e a importância das palavras foi utilizada de uma forma tão natural, que acabei refletindo sobre diversos temas durante a leitura da obra.

Apesar de ter pouco mais de 170 páginas e ser de um tamanho menor, a carga emocional de O leitor é demais! Eu pude sentir (principalmente) os medos e angústias dos personagens, e me alegrar quando as coisas (de forma tão natural) foram se encaixando. Como disse anteriormente, esse livro trata do cotidiano e das vontades (em diferentes aspectos) das pessoas. Esse foi, sem dúvidas, um dos livros mais cativantes que tive a oportunidade de ler em 2015 – e, obviamente, uma das obras que irei levar comigo para todo o sempre.


Editora: Intrínseca

ISBN: 9788580577914

Autor(es): Jean-Paul Didierlaurent

Páginas: 176

Ano: 2015

Skoob | Mais informações

* Livro cedido para resenha pela Editora

Posts relacionados

2 comentários

  • Reply
    Fernanda D.
    dezembro 28, 2015 at 9:38 am

    Cah,
    o livro parece ser bem fofo. Não me desanimei, mesmo com ele sendo arrastado.
    Estou passando aqui também para desejar feliz ano novo para vc. Felicidades!!!
    Beijos, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

  • Reply
    Carolina Garcia
    dezembro 29, 2015 at 1:49 pm

    Oi, Cássia!

    Esse livro parece ser uma graça!
    Confesso que não o conhecia ainda, mas gostei muito da sua resenha e estou curiosa para lê-lo.
    Uma pena que tem um começo arrastado, mas às vezes algumas histórias valem a pena, né?

    Bjs!!!

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.