Comemorando o Halloween com as bruxinhas W.i.t.c.h

Em 31.10.2017   Arquivado em Fica a dica,

Oi, gente! Tudo certo com vocês?!

Por aqui está tudo tranquilo! Estou na metade do meu período de férias e aproveitando para organizar algumas coisas no meu quarto (separar livros para vender/doar, roupas que já não me servem/não uso mais, jogar milhões de papéis no reciclável – sério, não sei porque eu guardei essas coisas por tantos anos – e também alguns brinquedos {sim, eu ainda tenho boa parte dos meus brinquedos e não me orgulho disso}).

Bom, mas vamos ao que interessa, hahaha! Hoje é comemorado o Halloween, e eu pensei em falar um pouco sobre as revistinhas das Bruxinhas W.I.T.C.H, já que elas tiveram grande importância na minha pré-adolescência.

Minha coleção de revistas <3

A primeira edição que minha mãe comprou para mim foi a número 15. Isso foi lá em 2003 e foi amor a primeira vista. Sério, eu finalmente tinha encontrado uma revistinha que me agradava. E foi na edição 12 (sim, eu acabei fazendo minha mãe comprar algumas edições que ainda estavam na banca) que eu descobri os blogs (e estou aqui até hoje). Falando nisso, um dos meus primeiros blogs se chamava Irma Bruxa, fazendo referência a minha personagem preferida das historinhas. Mas, obviamente, as pessoas entendiam como Irmã bruxa e eu era motivo de piadas na escola 😐

Minha primeira edição

A edição onde eu descobri os blogs

Além das matérias sobre escola, música, livros, e bandas, as revistas também tinham o horóscopo do mês e as Histórias em Quadrinhos. Nas histórias era possível acompanhar as aventuras de Will, Irma, Taranee, Cornélia e Hay Lin, que iam desde combater o mal (uma coisa super normal, hahah), já que elas são as Guardiãs do Oráculo de Kandrakar, até os relacionamentos e crushes (Caleb!!!<3). E é claro que a importância da amizade estava sempre presente nas histórias.

Signo do mês e página inicial HQ.

Cada uma das personagens possuí um poder: Will – a força dos quatro elementos, Irma – água, Taranee –  fogo, Cornélia – terra e Hay Lin – ar. E assim também temos os signos dos zodíaco separados de acordo com cada elemento. Outra personagem que eu gostava bastante e que tinha grandes poderes era a Elyon: uma personagem muito misteriosa e importante para a história.

Além das revistas lançadas mensalmente, a editora Abril também lançava algumas edições comemorativas. Eu acabei encontrando essas duas edições na minha coleção, mas eu sei que também tenho uma edição diário, mas infelizmente eu não achei para fotografar.

Edições especiais

Infelizmente eu não sei o final da história das bruxinhas. Depois que acabou meu ano de assinatura, eu não comprei mais nenhum exemplar. Depois vou procurar algum site para ver se as edições estão disponíveis para leitura online. Também ouvi dizer que as histórias foram adaptadas para uma animação; e também pretendo procurar mais infos a respeito.

Espero que vocês tenham gostado desse post. Eu me diverti bastante escrevendo ele e preparando as fotos. Aproveitei para folhear algumas revistas da minha coleção e senti muita saudade dessa época. Foi uma sensação muito boa de nostalgia.

Alguém aqui já leu alguma revistinha das W.I.T.C.H?! Contem para mim nos comentários!

Beijos e até o próximo post!

Filmes preferidos que eu assistia em VHS

Em 12.10.2017   Arquivado em Filmes e Séries, Mídias,

Ajuste agora as cores e o som do seu equipamento

{meu coração já ficou feliz só de lembrar dessa vinheta}

Oi, gente! Tudo certinho com vocês?!

Bom, não sei se todo mundo aqui sabe, mas eu tenho 24 anos. E o que eu quero dizer com isso?! Quero dizer que eu cresci assistindo fitas cassetes. Sim, eu frequentei as locadoras por muitos e muitos anos. Por conta disso, eu e meu irmão nos tornamos donos (?!) de uma coleção muito especial de fitas. E aproveitando que hoje é o dia das crianças eu vou falar um pouquinho sobre alguns filmes preferidos que eu assistia em VHS.

Meu amigo Totoro

Amo, amo e amo esse filme. Ele é um dos meus preferidos da vida <3 (e a fita era dos meus primos, então eu nunca tive um Totoro pra chamar de meu). “Meu amigo Totoro” (ou “vizinho”) é um clássico do studio Ghibli. O desenho nos conta a história das irmãs Satsuki e Mei, que se mudam para uma casa nova e acabam conhecendo criaturas mágicas. E também preciso mencionar que em Totoro temos o famoso Catbus <3 Esse filme é muito incrível e todo mundo deveria assistir.

(mais…)

Saudade: É preciso sentir

Em 13.09.2017   Arquivado em Fica a dica, Livros

Bom dia, sonhadores! Como vocês estão?! 

Outro dia eu vi no twitter da Beatriz (blog Prateleira Colorida) um tweet a respeito de um projeto lá no cartase: o Saudade. Depois de dar uma olhadinha nos detalhes desse projeto, eu não resisti e acabei dando o meu apoio. E meu coração ficou tão quentinho com a proposta do Saudade, que eu resolvi falar um pouco sobre ele aqui no blog.

Saudade é uma história sobre uma família que encontra um cervo perdido e desenvolve uma relação afetiva com o animal.

Enquanto estavam indo acampar, um pai e seus dois filhos encontram um cervo machucado, caído na beira da estrada. Eles o levam para casa e cuidam dele, fazendo com que se torne mais um membro na família.

A avó das crianças chega e não gosta da ideia de viverem junto a um animal selvagem. A família entra em conflito e a história se intensifica quando seus traumas com um luto recente se confrontam com o desejo do cervo de encontrar seu lugar novamente na floresta.

Inspirada em histórias como “Bambi”, “Up – Altas aventuras” e “Pax”, de Sara Pennypacker, “Saudade” fala sobre como as pessoas e pets passam pela nossa vida e deixam marcas que poucas vezes enxergamos.

A equipe do projeto mandou super bem nos desenhos e nas criações: o livro será no formato de grapich novel e contará com ilustrações maravilhosas (só de olhar a campanha no cartase.me dá pra ter uma noção do capricho e amor envolvidos).

Outra coisa que me deixou muito interessada em ajudar esse projeto foi saber que parte da renda arrecadada na venda de cada livro será utilizada para cobrir os custos de animais maltratados.

Os apoios vão de R$ 30,00 (opção já esgotada) até R$ 400,00. E as lista de recompensas prometidas é muito fofa: livros impressos, marcadores, nome nos agradecimentos, poster do livro e até um curso de aquarela para iniciantes.

Não vejo a hora de ter meu exemplar em mãos e já prevejo muitas lágrimas!

Para apoiar essa campanha é só clicar aqui. Mas se eu fosse você ia correndo lá pro site, porque o prazo final é no dia 10/10.

Beijos e até mais!

Página 1 de 3123
Scroll Up