Livros Resenhas

[Resenha] Quebrada em Grande Estilo

Skoob | Orelha de Livro
Titulo: Quebrada em Grande Estilo
Titulo original: Bitter is New Black
Autor(a): Jen Lancaster
Tradução: Camila Kintzel
Páginas: 331
Ano: 2013
Editora: Gutenberg
Sinopse: Jen Lancaster era uma alta executiva do ramo da tecnologia de Chicago que tinha a vida com que todas sonham: o homem ideal, o emprego perfeito, glamour, estilo, grifes, viagens e dinheiro para gastar. Mas, sem que ela percebesse o que inevitavelmente ia acontecer – já que estava ocupada demais fazendo as unhas, comprando sapatos e sendo paparicada –, seu mundo vira de cabeça para baixo quando ela perde seu emprego, o que faz seu padrão de vida despencar. Neste delicioso livro inspirado na vida real da autora, ela narra tudo o que precisou fazer para se reinventar a partir do instante em que teve de trocar seu polpudo contracheque pelo seguro-desemprego e amargar várias portas se fechando diante dela. Rindo das próprias desgraças e mantendo seu humor despachado e sarcástico, ela conta percalços que poderiam acontecer com qualquer um, mas de um modo infinitamente mais interessante e divertido do que em geral faríamos.

O livro conta a história de Jen Lancaster, uma mulher com seus trinta e poucos anos, que leva uma vida agradável e sempre luta pelos seus objetivos (mesmo que para isso tenha que passar por cima das pessoas). Acostumada a viver de compras e regalias, Jen namora Fletch e ambos levam uma vida cheia de luxos. Porém, após os acontecimentos de 11 de setembro de 2001, nossa protagonista é convidada a se retirar da empresa onde trabalhava e precisa aprender a viver com dinheiro contado todo mês.

Apesar de ser arrogante na maior parte do tempo, podemos observar um grande amadurecimento de Jen no decorrer da história, principalmente por ser um livro baseado em fatos reais. Isso se deve ao fato d’ela ter precisado descer do salto e enfrentar a vida com garras e dentes.

Sem saída, Jen é obrigada a solicitar seu seguro desemprego, trabalhar como temporária, ajudar em uma ONG de cachorrinhos, onde adotou dois filhotinhos lindos (e sério, isso foi puro amor), além de deixar de lado os dias no salão de beleza e sacolas de compras. Tudo isso aconteceu porque nenhum dos amigos de Jen conseguia, efetivamente, ajuda-la, e alguns até lhe passaram a perna.
Infelizmente Jen sofreu algumas recaídas, mas sempre via o lado ‘positivo’ de cada situação. E claro, tudo com muito bom humor.

Em certo ponto, desesperada, Jen tem a brilhante ideia de se casar com Fletch, pensando no carro que iria ganhar dos pais e nos presentes dos convidados (que poderiam vender).
Convenhamos que uma mudança ‘radical’ de estilo de vida é extremamente estressante e deprimente, mas tudo piora quando Fletch também perde o emprego. Nesse momento, Jen e seu marido já estão morando no subúrbio e enfrentando vários ‘desafios’ para conseguirem sobreviver.
No entanto, Jen encontra nas palavras uma forma de se aliviar: mantém um site onde utiliza um pseudônimo para reclamar da vida e desabafar.

Após enfrentarem quase três anos (se não me engano) de dificuldades, finalmente Jen e Fletch conseguem recomeçar uma nova vida.

Não sei porque, mas o livro me lembrou bastante de O Diário de Bridget Jones. O enredo é uma gracinha, e pude dar boas risadas. A diagramação é simples, mas os páginas de emails trocados e postagens no blog são bem trabalhadas. Em seu inicio, somos avisados que os acontecimentos não ocorreram na ordem descrita, mas para mim, tudo se encaixou perfeitamente.

“Talvez meu primeiro erro tenha sido seguir a consultoria financeira de um livro chamado Os Delírios de Consumo de Beck Bloom. Mas, quando você está desesperada para arranjar 6.500 dólares, você se dispõe a considerar até as ideias mais loucas.” – Página 71

Posts relacionados

16 comentários

  • Reply
    Srt . Vasconcelos
    outubro 20, 2013 at 9:52 pm

    Parece ser um livro super divertido kkkk
    to rindo só com o titulo. adoro livros assim, sarcásticos e femininos.
    bjbj

  • Reply
    Luara Cardoso
    outubro 20, 2013 at 10:25 pm

    Se te lembrou Bridget Jones, já me ganhou. Sério, qualquer livro nessa temática me agrada, porque flui muito fácil!
    Esse amadurecimento da personagem já me atraiu. Isso sempre torna a leitura mais prazerosa. 🙂

    Um beijo,
    Luara – Estante Vertical

  • Reply
    Wandressa
    outubro 20, 2013 at 10:52 pm

    Ah adorei a resenha! Fiquei com vontade de ler esse livro, muita mesmo!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

  • Reply
    Caroline Centeno
    outubro 20, 2013 at 11:37 pm

    HAHA! Ótimo quote porque fiquei pensando no filme da Becky xD
    Olha, achei que o livro é muito divertido e vale muito a pena conferir, tanto para ver coisas simples do dia a dia que a gente não dá valor como também boas risadas de algumas partes.

  • Reply
    Universo dos Leitores
    outubro 21, 2013 at 12:49 am

    Ah, parece uma história mega fofa… Fiquei curiosa pra ler…

    Bjs, Isabela.
    http://www.universodosleitores.com

  • Reply
    Haysa
    outubro 21, 2013 at 2:36 am

    Ficou muito boa sua resenha, agora que me deu vontade foi de adquiri-lo logo. (:

    haysahass.wordpress.com

  • Reply
    Natalia Barnabá
    outubro 21, 2013 at 4:20 am

    Esse livro deve ser super gostoso de ler, fiquei com vontade!
    beijos

  • Reply
    Iza
    outubro 21, 2013 at 11:31 am

    Não sei porquê, mas me lembrou Os Delírios de Consumo de Becky Bloom.
    Deve ser ótimo…
    Beijos <3

    vintageiz.blogspot.com

  • Reply
    Paloma Viricio
    outubro 21, 2013 at 1:15 pm

    Nossa…não conhecia o livro, mas tenho a leve impressão que essa personagem principal iria me irritar bastante! kkkk Não sei se leria, mas fico feliz que tenha curtido o livro.
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

  • Reply
    beth
    outubro 21, 2013 at 5:38 pm

    Que delícia de leitura eu tive ao ler a sinopse. Estava precisando de algo assim. Que vai me dar mais ânimo de ler. Já pela resenha deu pra notar que a nossa personagem tem uma personalidade forte e irritante as vezes. Vou experimentar ler. Beijos.

  • Reply
    Jacqueline Braga
    outubro 21, 2013 at 9:08 pm

    Oie
    não conhecia o livro, mas gosto muito quando o autor insere e-mails, cartas, que deixam a narrativa bem mais leve.
    Parece ser bom, vou colocar na minha listinha de futuras aquisições.
    bjos
    http://www.mybooklit.com

  • Reply
    Caline
    outubro 22, 2013 at 6:43 pm

    Oi Cássia nem sempre histórias assim dão certo, às vezes a protagonista é arrogante, chata e avoada, mas parece que nesse caso funcionou principalmente por se tratar de uma história real. Tem muito a cara dos livros da Sophie Kinsella. Parece divertido e legal.

    Beijos
    Caline
    http://mundo-de-papel1.blogspot.com.br

  • Reply
    Francine Porfirio
    outubro 24, 2013 at 1:34 pm

    Quando li sobre este livro, na ocasião do lançamento, não senti vontade de lê-lo. Mas, agora, com a sua resenha… Acho que será uma leitura muito válida.
    Eu gosto muito de livros nos quais o protagonista amadurece. Gosto de ter aquele sentimento revoltoso, como um impulso, de sacudir o personagem para que cresça. Então, como se tivesse ouvido, o autor consegue desenvolver o enredo de modo a tornar o personagem alguém melhor. Esse processe sempre me faz pensar em mim mesma. Faz pensar que nunca estaremos realmente em nossa melhor performance, que sempre é possível melhorar, embora tenhamos dificuldades e recaídas. 🙂
    Se o personagem começa perfeito, perco grande parte do entusiasmo na leitura.
    Por isso, flor, sua resenha me fez incluir este livro entre meus desejados. Lerei com prazer.
    Beijo carinhoso!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

  • Reply
    Nicolly Credi-Dio
    outubro 24, 2013 at 6:33 pm

    Parece um livro muito divertido.
    E achei muito interessante a personagem citar o livro "Os Delírios de Consumo de Beck Bloom" por que assim que comecei a ler o post, lá na sinopse, achei Jen muito parecida com a personagem Bloom.

    Amei o blog e já estou seguindo.
    Beijão!
    http://www.enfimepilogo.blogspot.com

  • Reply
    Yasmim Namen
    outubro 25, 2013 at 3:58 am

    O que me ganhou mesmo foi o que?? O título? Acho que não! KKKKKK
    Caraaa! Ela adotou dois bebês! *____* Ela fez a piadinha da Becky de dar 6.500 dólares pro cobrador em moedas? :3
    Super quero ler sobre ela e você precisa me ajudar depois dessa. SHUAHSUASHA u_u'

  • Reply
    Jessica Lisboa
    outubro 26, 2013 at 4:32 pm

    Adorei esse livro dude, faz um bom tempo que nao lei um livro desse genero, a personagem ja me conquistou!! Vou colocar na minha lista sem duvida nenhuma!

    xx

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.