Livros Resenhas

[Resenha] – O Peculiar

O Peculiar
Stefan Bachmann
Galera Record, 2014
272 páginas

Parte romance gótico, parte mistério e aventura steampunk. Após a invasão do mundo pelos seres mágicos, as fadas foram aceitas entre os mortais, mas os mestiços não têm lugar. Os irmãos Barthy e Hettie vivem com medo. Tudo piora quando Peculiares são encontrados, ocos, boiando no Tâmisa. Mas eles estão seguros em Bath, não? Talvez… Se não fosse pela misteriosa dama em veludo ameixa que aparece na vizinhança. Quem é ela? E o que quer?

 

O Peculiar é, sem dúvidas, um livro cheio de ação, mistérios e magia. E tudo é muito oculto, o autor soube muito bem como manter o suspense e tensão por todas as páginas da história. A cada novo capítulo meu coração disparava, e eu não conseguia parar de lê-lo. A vontade de conhecer essa obra, primeiramente, surgiu após conhecer a imagem da capa (porque sim, ela conquista qualquer pessoa!) e logo depois tive a oportunidade de ler sua sinopse. Fiquei ansiosa até o momento em que o carteiro passou entregando meu pacote e cada minuto de ansiedade valeu a pena!

O livro é narrado em uma Londres devastada, que está na Era da Fumaça, por conta de uma invasão das fadas. No começo esse acontecimento estava um pouco confuso, mas aos poucos pude entender que, acidentalmente, seres mágicos haviam se mudado para o mundo dos humanos, transformando-o em um verdadeiro caos. As fadas são vistas como seres rebeldes, e por isso, são domesticadas e escravizadas. Demorei um pouco para aceitar esse fato, pois sempre tive a visão de fadas são seres da luz, mas nem sempre tudo é o que parece. No entanto, também somos apresentados aos mestiços. Esses, por sua vez, são mais desprezados do que as fadas e não possuem qualquer direito, sendo obrigados a morar em Bath (uma cidade que virou uma espécie de refúgio).

No meio de toda essa pirâmide de direitos, somos apresentados aos irmãos Barthy e Hettie. A aparência deles é subentendida por praticamente todo o livro, e o autor não revela muitos detalhes sobre isso. Mas, de uma coisa podemos ter certeza, eles são especiais.

No entanto, o verdadeiro caos começa quando as autoridades começam a encontrar mestiços mortos dentro do rio. Como se trata de mestiços, o assunto não é muito comentado, mas a partir daí podemos tirar muitas conclusões sobre os personagens, e o lado bom e ruim fica nitidamente visível. Nesse momento conhecemos três personagens de extrema importância para a história: Um político-fada, Sr. Jelliby e a misteriosa dama de ameixa. Aos poucos conhecemos as prioridades de cada um e é muito interessante como agem para alcançar cada objetivo. Sr. Jelliby que sempre tivera uma vida pacata, acaba se vendo no meio de uma incessante aventura; Ele acaba tendo mais proximidade com Barthy e ganha um destaque maior na obra como um todo.

Posso arriscar dizer que o rumo que a obra seguiu foi bem diferente do que eu estava imaginando. Temos casos de investigações, magias acontecendo diariamente e o medo estampado em todos os lugares. Nunca se sabe em que se deve confiar, e esse livro é mais um exemplo disso.

Durante a leitura de O Peculiar, li alguns comentários falando que a história era previsível. Gente, eu juro para vocês, que só senti que o livro estava previsível demais nos últimos capítulos, porque até então, tudo era uma avalanche de descobertas para mim. Em alguns momentos a história me lembrou do livro Feita de Fumaça e Osso, por conta dos seres mágicos e do inesperado. Foi uma leitura extremamente proveitosa, porque é exatamente o tipo de livro que estou curtindo ler no momento.

O livro foi um dos lançamentos de Maio do selo Galera Júnior, e me surpreendi com todo conteúdo abordado na obra. Pensei que encontraria uma história mais simples, mas gostei muito do que foi apresentado. A diagramação não tem muitos detalhes, exceto uma pena desenhada a cada início de capítulo. No mais, posso concluir dizendo que é uma leitura muito mais que recomendada para quem gosta de histórias fantasiosas e seres mágicos.

 

 

Posts relacionados

8 comentários

  • Reply
    Elcimar Reis (AndyReis)
    julho 2, 2014 at 6:40 pm

    Ótima resenha antes de mais nada. Creio que cada pessoa consegue transmitir um sentimento diferente depois de ler um livro, assim acho que talvez as outras pessoas tenham o considerado previsível pelo fato de se preocupar em observar coisas do tipo e não em ler o livro realmente!

    ACESSO PERMITIDO: ♥
    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

  • Reply
    Silvana Sartori
    julho 2, 2014 at 8:12 pm

    Menina tenho que confessar que a sua é a primeira resenha desse livro e sinceramente gostei bastante de tudo que você falou. Nem sabia do que se tratava. Depois que li que fala de Fadas que invadem o mundo dos humanos achei bastante interessante. Vou procurar ler, porque todos tem falado muito bem do livro mesmo. Enfim…

    Eu amei a sua resenha. Muito bem explicada e seus pontos de vista ficaram otimos
    parabens linda por sua bela resenha
    =]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    OBS: Detalhe, eu ainda nem to visitando os blogs. O seu é o primeiro que visito e que me chama atenção hahahaha

  • Reply
    Ágata Luz
    julho 3, 2014 at 12:56 am

    Wow, estou ansiosa para lê-lo agora. Só a capa, gente, muito amor… <3
    Gosto de histórias assim, cheias de fantasia, aventura etc… Parece ser o tipo de trama que faz nossa mente trabalhar a mil. Entrou para a minha wishlist literária, veremos quando poderei comprar. -q

    agataluz.blogspot.com

  • Reply
    Fabiana Strehlow
    julho 3, 2014 at 1:25 am

    Oi, Cássia!
    Eu estou louca para ler este livro!
    E agora depois de ler a sua resenha fiquei ainda mais curiosa.
    Adoro histórias diferentes!

    Beijos!

  • Reply
    Livy
    julho 3, 2014 at 4:02 am

    Oi Cá =)

    Estou tão curiosa para ler este livro… só vejo bons comentários.
    E eu adoro fantasias e seres mágicos, e sendo repleto de ação e mistério então *_*
    Parece ser muito bom… espero poder ler logo. Espero aproveitar a leitura tanto quanto você.

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

  • Reply
    Janna
    julho 3, 2014 at 1:05 pm

    Oi Cá, adorei sua resenha, foi a primeira que li do livro, ele chegou para mim essa semana e eu fiquei encantada com ele, a começar pela capa que é belíssima. Espero ler e gostar bastante da história, assim como você sempre vi as fadas como seres de luz e pensar nelas de outra forma é meio estranho…Que bom que para você ele só foi ser previsível nos capítulos finais isso me anima muito.
    Parabéns pela ótima resenha.

    Beijos!!!
    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

  • Reply
    Natália Alves
    julho 3, 2014 at 4:51 pm

    Oi Cássia!

    Eu acho linda a capa desse livro mas confesso que não tinha me interessado muito pela sinopse. Lendo a sua resenha agora fiquei curiosa para conhecer melhor a história e já vou adicionar a minha listinha de desejados 😉

    Beijo,
    Naty.

  • Reply
    Estante Diagonal
    julho 3, 2014 at 11:31 pm

    Oi Cassia querida! Eu amei a capa achei viva em cores e fofa! Gostei da premissa, achei que seria muito infantil mas por sua resenha estou vendo que não!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

Deixe uma resposta para Estante Diagonal Cancelar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.