Livros Resenhas

[Resenha] – A máquina de contar histórias

“A Máquina de contar histórias”, lançado pela Editora Novo Conceito, foi meu segundo contato com o autor Maurício Gomyde, e mais uma vez ele não me decepcionou. O livro é bem diferente de ‘O mundo de vidro’, e o enredo nos encanta por si só, mas ele também conta com uma essência única e extraordinária. Maurício foi além (mais uma vez) e nos presenteou com uma maravilhosa história sobre superação e família.

A história gira em torno de Vinicius, um famoso escritor que perdeu a mulher para uma doença no dia do lançamento de seu novo livro: A máquina de contar histórias. Após tal acontecimento – que abalou emocionalmente toda sua família e criou barreiras entre ele e suas filhas, podemos presenciar seu desespero para se reconciliar com elas.
Vinicius começou uma terrível batalha dentro de si mesmo em busca de respostas. Ele jamais se perdoara por não estar ao lado de sua família no momento em que sua esposa faleceu e por não ser capaz de sanar a ferida que ficara dentro do coração das filhas. É disso que gosto na escrita de Maurício: ele toca n’alma das pessoas.

Aos poucos Vinicius adentra no mundo das filhas, mas o que encontra é um total desprezo em relação à suas atitudes: Valentina, por ser a mais velha, não mede palavras contra o pai e o julga em todos os momentos. Enquanto isso, Vida aceita todo o carinho que o pai lhe oferece, pois não entende direito o que acontece. Por isso, vez ou outra ela acaba sendo influenciada pela irmã mais velha e fica contra o pai. Senti vontade (em vários momentos), de sentar ao lado dessa família que precisava se reestruturar e lhes mostrar o quão importante é a união em momentos difíceis.

Durante a leitura, podemos presenciar a viagem que Vinicius faz com as filhas em busca de uma reconciliação. São momentos marcantes que contam com maravilhosas surpresas. Cada acontecimento foi vivido no momento certo: nada de “afobação” durante os capítulos; Tudo tinha sua vez e sua hora. Os momentos que tiveram destaque foram muito bem narrados e descritos.

Maurício descreveu muito bem os dramas familiares, o desespero pela atenção das filhas, as fases de rebeldia e explicações, o desespero ao perder um ente querido, e todas as cenas vividas pela família Becker (além de fazer jus aos personagens secundários). Além, de claro, ter trabalhado nas ironias e piadas – acredito que ele goste de fazer esse tipo de cena.

E como não podia ser diferente, Maurício criou um final inesperado e me fez chorar. Fui uma pobre coitada em pensar que Gomyde iria acabar no mais do mesmo. Mas, o que mais achei interessante, foi que o título do livro (A máquina de contar histórias) pode ser interpretado de várias maneiras ao concluir a leitura. Fantástico! Esse é um livro que eu recomendo para todos.

 

Editora: Editora Novo Conceito

ISBN: 9788581635040

Autor: Maurício Gomyde

Páginas: 192 páginas

Ano: 2014

Skoob | Orelha de Livro

Posts relacionados

8 comentários

  • Reply
    Sara
    agosto 5, 2014 at 10:12 pm

    Eu quero ler este livro! É bem curtinho, não deve ter muita enrolação ><

  • Reply
    Marcelle Dantas
    agosto 6, 2014 at 11:25 am

    Olá flor!

    Que delícia ler uma resenha tão satisfeita com um livro nacional!! <3
    O Maurício Gomyde é incrível!! Já li dois livros dele, O Mundo de Vidro, como você, e Dias Melhores Pra Sempre, um dos melhores livros dele que li e indico muito!!! Fico cada vez mais orgulhosa e contente com o sucesso do autor, esse é um livro que eu quero muito ler!! A capa é linda e me deixa muito curiosa. Certeza de que vou amar!!

    Beijos,

    Marcelle
    http://www.bestherapy.blogspot.com

  • Reply
    Inês Gabriela A.
    agosto 6, 2014 at 6:40 pm

    Eu já li esse livro, é bem bacana mesmo, um autor nacional que tem, sem dúvidas, muito talento!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

  • Reply
    Elcimar Reis (AndyReis)
    agosto 6, 2014 at 11:03 pm

    Ótima resenha, não conhecia o autor, mas estou interessado em ler o livro!

    ACESSO PERMITIDO!

  • Reply
    Beatriz Tomas
    agosto 7, 2014 at 10:20 pm

    Tenho a necessiadde de lê-lo agora – adicionando minha lista do skoob – ótima resenha, estou morrendo de curiosidade.

  • Reply
    Francine Porfirio
    agosto 8, 2014 at 6:57 pm

    Adorei sua resenha, flor. Ainda não li o livro, mas já está à espera do momento certo. Como o próprio autor fez durante a história, nada de afobação. Acredito que o livro será lido também no momento certo. 🙂
    Gosto de pensar que há pessoas capazes de nos surpreender e revelar nosso lado mais humano em seus personagens. A mágoa, o sofrimento, o amor, a saudade… Eu espero me encantar como você durante a leitura.
    Beijos, Cá! Linda resenha.

    http://www.myqueenside.blogspot.com

  • Reply
    Beatriz e Thayná
    agosto 9, 2014 at 11:28 am

    Não conhecia o autor mas já tinha visto o livro, parece ser muito, tem um pouco de tudo na história e quando você falou que o final te fez chorar me fez ficar mais curiosa ainda. Parabéns pela resenha.
    Beijos!!!

    http://follow-and-breath.blogspot.com.br/

  • Reply
    Silvana Sartori
    agosto 9, 2014 at 1:04 pm

    Olá minha querida, tudo bem?
    É minha primeira vez aqui em seu cantinho e tenho que confessar que gostei bastante de tudo aqui, principalmente da sua resenha. Mas eu ainda nao tive interesse de ler esse livro não sei porque. Todos tem falado muito bem, mas eu ainda não tive a oportunidade de ler ele. Espero poder ler e gostar como a maioria. Mas assim que eu tiver tempo, pois eu andei um pouco na correria também e bastante stressada por conta de ficar lendo e lendo sem descansar a cabeça =/ Enfim… Mas olha, amei mesmo tudo que vc disse sobre o livro e vou dar oportunidade assim que eu puder, pode ter certeza !!

    Parabens pelo seu cantinho. Ele é lindo e espero poder acompanhar sempre suas postagens. Beijinhos e fica com Deus querida.

    Olha já estou te seguindo, poderia me seguir também?
    Ficarei bastante feliz da gente ser amigas.
    bjokas e deseja um feliz dia dos pais para o seu dady =]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

Deixe uma resposta para Beatriz e Thayná Cancelar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.