Livros Resenhas

[Resenha] – Caixa de Pássaros

 

Comecei a leitura de Caixa de Pássaros com muitas expectativas, e a cada nova página lida, podia sentir meu coração ficar mais e mais apertado. É emocionante descobrir como Malorie criara dois filhos em meio ao caos em que o Mundo se encontrava – para mim, ela tornou-se um exemplo de mãe.

O tema da trama é muito peculiar: de repente, várias pessoas começam a cometer homicídios e em seguida, acabam tirando a própria vida. Ninguém sabe a causa disso, mas o que fica claro é que ninguém deve manter os olhos abertos em meio ao caos. O mundo se transforma em um lugar desastroso e são poucas pessoas que conseguem se manter a salvo. Esse é o caso de Malorie, uma garota que acabara de descobrir que estava grávida e parte em busca de ajuda em uma casa de sobreviventes.Aos poucos somos apresentados à rotina do grupo, mas senti que algumas informações ficaram soltas na narrativa – senti falta de uma abordagem maior em relação aos moradores da casa e suas histórias de sobrevivência. No entanto, achei sensacional como eles se organizaram para que a casa “funcionasse”, ou seja, todos tinham tarefas diárias, que iam desde realizar a contagem de alimentos enlatados até vendar os olhos e partir em busca de água no poço. Mas o mais importante: o instinto de sobrevivência estava sempre presente nas entrelinhas.

Durante a narrativa, percebemos que o autor insere várias metáforas relacionadas ao tema da trama. Demorei um pouco para identificar essa característica, mas quando a percebi, pude entender claramente alguns pontos abordados na obra. Adorei esse jogo de realidade vs ficção. Gosto quando os autores introduzem isso em seus livros, então imaginem como fiquei entusiasmada por encontrar um livro recheado dessa particularidade.

Uma fragilidade que me incomodou durante a leitura foi a maneira em que o passado e presente eram representados na obra. No início me senti um pouco perdida, principalmente porque alguns flashbacks aconteciam no meio de um capítulo/assunto. Acredito que o autor quis utilizar desse artefato para conquistar a atenção de seus leitores, mas acho que as coisas poderiam ser distribuídas de uma maneira diferente.

Não posso deixar de citar que a obra é viciante! O autor cria situações que tiram o leitor de sua zona de conforto, e logo em seguida despeja um balde de realidade. Isso é o que mais choca durante a leitura: tudo o que acontece no livro, acaba sendo, de alguma forma, real.  Apesar de o final não ter sido como eu esperava, a leitura foi extremamente produtiva e instigante.Se você, assim como eu, também é fã de um bom thriller psicológico, não poderá deixar de ler Caixa de Pássaros. A diagramação da editora Intrínseca está maravilhosa e deixa o livro com um ar mais misterioso ainda – o que é sensacional, uma vez que a história é totalmente imprevisível.

 

Editora: Intrínseca

ISBN: 9788580576528

Autor(es): Josh Malerman

Páginas: 272 páginas

Ano: 2015

Skoob | Orelha de Livro

* Livro cedido para resenha pela Editora.

Posts relacionados

18 comentários

  • Reply
    Rafaella Lima
    maio 4, 2015 at 3:21 pm

    Oi Cáh, tudo bem? Adorei a sua resenha e estou com muita vontade de ler esse livro. Adoro Thriller psicológico e o enredo dessa é bem intrigante. Deve ser realmente angustiante ter que acompanhar a vida da Malorie nesse mundo, sem poder olhar para fora, no meio do caos e ainda cuidar de duas crianças. Adorei saber que o livro é um tanto metafórico, embora em alguns momentos eu me sinta perdida com isso… a questão dos flashback que as vezes aparecem no meio de um capítulo me desanima um pouco. Mas mesmo com essas pequenas ressalvas eu quero muito ler.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

  • Reply
    Ligia Colares
    maio 4, 2015 at 9:31 pm

    Legal! Confesso que estou com bastaaante vontade de ler esse livro, desde a Trune intrinseca! E ler sua resenha me animou mais! Mesmo com alguns defeitos, o livro ainda ser tão bom e impactante, principalmente, foi o que me deixou mais curiosa! E quem sabe eu não me adapte ao esquema né? Adorei a resenha, estou colocando o livro nos desejados hahaa

  • Reply
    Karine Fernandes
    maio 4, 2015 at 10:38 pm

    Oi tudo bem?
    Então eu já ouvi fala do livro, na verdade fiquei ate com certo medo de ler ele rsrs
    Não e uma coisa que chama minha atenção esse gênero mais sua resenha esta otima, parabens.

    Beijos
    http://www.brendalandim.blogspot.com.br/

  • Reply
    Camila Kellen
    maio 5, 2015 at 6:18 pm

    Que fotos lindas. Não conhecia esse livro.

    http://www.iamcamilakellen.blogspot.com

  • Reply
    Kel Araujo
    maio 5, 2015 at 8:14 pm

    Oi Cá,

    o livro é mesmo viciante. Há muito tempo que eu não ficava tão vidrada numa leitura como em Caixa de Pássaros! E que angustia dá a leitura. Não cheguei a ficar assustada, mas o livro é tenso. Senti falta de saber melhor sobre as criaturas em si e por isso não dei nota máxima ao livro.

    beijos
    Kel
    http://www.porumaboaleitura.com.br

  • Reply
    Roberta
    maio 5, 2015 at 11:26 pm

    Oi minha diva, como você está? <3

    Quero muito esse livro, todo mundo falou tão bem dele nos eventos da editora. É um gênero que me interessa, pois me deixa nervosa querendo saber o final sabe? Mas ainda não posso comprar/trocar nada. Por isso, por enquanto ele fica apenas na lista de desejados. Adorei a sua resenha, me deu vontade de ir correndo para a livraria. Sos.

    Ps: Esse mês PRECISAMOS marcar uma saída, hein?!

    Beijos, amo você miga <3

  • Reply
    Matheus Braga
    maio 6, 2015 at 12:40 am

    Olá, tudo bem?

    Já vi ótimos elogios sobre essa obra e minhas expectativas foram lá em cima, mas elas caíram um pouco ao saber que o passado e presente no começo do livro são confusos. Já não gosto quando os autores fazem isso e ficam apresentando flashbacks, imagina quando não são bem trabalhados e claros, aí que eu corro HAHAHA. Concordo que ela pode até ter se tornado um exemplo de mãe, mas ninguém supera a Sra. Weasley *__* A capa é linda, adoro tons de azul misturado com preto.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor – http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

  • Reply
    Rayssa Gimenes
    maio 6, 2015 at 1:12 am

    Oi, Cassia!
    Olha, eu ouvi falar do livro, mas não sabia do que se tratava. Pelo que você falou, parece muito com o enredo do filme "O dia em que a Terra parou" e eu achei bem bacana. Adoro esses thrillers, mas o lance de misturar passado com futuro no meio da narrativa deve deixar bem confuso mesmo. No geral, gostei muito da resenha e espero ler em breve 🙂

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

  • Reply
    mundo " B "
    maio 6, 2015 at 1:29 am

    Oi Cássia, tudo bem?

    Adoro thriller psicológico e esse livro já está na minha lista de leitura, porém confesso que estou meio com o pé atrás porque vi várias resenhas falando que o final não é bom, mas como terá continuação acho que vou esperar mais um pouco para ler.

    Bjin da B

    Mundo B – Paixão, Amor e Outros Vícios

  • Reply
    Camila Libanori
    maio 6, 2015 at 8:51 pm

    Achei a história interessante. Gosto quando fatos reais e ficção se misturam. Acredito que a falta de marcação entre passado e presente me irritariam um pouco. Fiquei surpresa em saber que se trata de um Thriller psicológico, acho que vou experimentar!
    Beijos
    Porão da Liesel

  • Reply
    Jéssica Figueiredo
    maio 6, 2015 at 10:06 pm

    Oi Cássia, tudo bom?
    Eu estava muito a fim de ler esse livro quando estava em lançamento. E ainda estou hahaha
    Gosto de saber que a história é completamente imprevisível. Estou sentindo falta disto em alguns livros.
    A diagramação realmente está muito linda <3
    Não leio muitos livros com essa temática, mas eu quero muito Caixa de Pássaros.
    Bjs
    http://Www.horadaleitur.blogspot.com.br

  • Reply
    Jéssica Rodrigues
    maio 7, 2015 at 3:05 am

    Oi Cássia, tudo bem flor?

    Amo thriller psicológico e quero muito ler esse livro, já li diversas resenhas e amigos já recomendaram esse livro. Gosto de sair da minha zona de conforto e acredito que a obra é bem intensa. Gostei de saber que ela é viciante, e mesmo com algumas ressalvas, é nítido que você gostou da trama. Em suma, espero comprar esse livro em breve e me aventurar nesta história. Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora sempre

  • Reply
    Giulia Ladislau
    maio 7, 2015 at 1:28 pm

    Nossa, Cássia! Justamente esse vai e vem do tempo da história que me fez ficar presa. Queria descobrir o que aconteceu, aí vinha uma informação, uma bomba, outra coisa que me deixava mais confusa ainda. Pra mim esse artifício funcionou muito bem. Mais do que recomendado, e olha que eu fujo de terror/thriller.
    Beijinhos!
    Giulia – http://www.prazermechamolivro.com

  • Reply
    Cila - Leitora Voraz
    maio 7, 2015 at 11:59 pm

    Oi Cassia, sua linda, tudo bem?
    Adoro textos inteligentes, cheios de metáforas. Quando você falou sobre essa peculiaridade na obra, meus olhinhos se encheram e ai você não me contou nada, maldade, risos…Acho que ele já começa pelo título do livro Caixa de pássaros, não abra os olhos. Tenho a impressão que ele está fazendo uma crítica a nossa sociedade, acho que foi na resenha da Kel, que ela disse algo sobre isso e me ganhou na hora. Todo mundo fala sobre o final, todo mundo fala que ele não explica quem são essas criaturas e o que aconteceu para eles chegarem a esse ponto, mas mesmo assim, ninguém consegue largar esse livro que pegou todo mundo de surpresa. Se eu quero ler??? Mega ansiosa!!!!!! Sua resenha ficou ótima!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

  • Reply
    Ju
    maio 8, 2015 at 12:14 am

    Li o livro, e não tive problemas com essas mudanças entre passado e presente não… na verdade, foi uma das coisas que eu mais gostei. Caixa de Pássaros me surpreendeu bastante, apesar de não ser de um gênero que eu costumo ler. É mesmo viciante. Meu único problema durante a leitura foi que acabei me deparando com cenas fortes, bem difíceis de encarar para quem tem o estômago mega fraco. Mas, no geral, adorei.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

  • Reply
    Dreeh Leal
    maio 8, 2015 at 11:28 pm

    Esse foi o melhor thriller psicológico da minha vida <3
    Eu não fiquei confusa com a mudança de tempo, e até achei que foi um dos pontos fortes. Foi uma das coisas que me fez viciar nele rs
    O autor foi genial no que escreveu e espero que os outros dele mantenham o nível ahahah

    Beijiinhos ;*
    Andressa – Blog Mais que Livros

  • Reply
    Diana Canaverde
    maio 10, 2015 at 10:15 pm

    Oi Cássia, tudo bem??
    Realmente essa história parece ser viciante e do jeito que eu gosto um thriller psicológico acredito que será uma leitura bem produtiva apesar de algumas pontas que ficam no ar… a sua resenha ficou completa, com os detalhes necessários para atrair os olhos do leitor… esse livro está no topo da minha lista. Essa questão de sobrevivência e ainda ter que ficar de olhos fechados é bem instigante. gostei… xero!!

  • Reply
    Mariana Fontana Szewkies
    maio 13, 2015 at 1:54 pm

    Oi Cassia!
    Ainda não li "Caixa de Pássaros", mas pretendo. Adoro essas leituras angustiantes.
    Que pena que os flashbacks não funcionaram muito bem com você, mas que bom que isso não atrapalhou a sua experiencia no geral.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

Deixe uma resposta para Diana Canaverde Cancelar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.