Livros Resenhas

[Resenha] – Diário de Classe: A Verdade

Diário de Classe: A Verdade
A história da menina que está ajudando a mudar a educação no Brasil
Isadora Faber
Editora Gutenberg, 2014
272 páginas

Aos 13 anos, Isadora Faber, uma estudante de escola pública de Florianópolis (SC), indignada com os problemas de ensino e infraestrutura de seu colégio resolveu criar uma página no Facebook, o Diário de Classe, para denunciá-los. Chamou a atenção da imprensa nacional e internacional, mobilizou milhares de seguidores e conseguiu as mudanças que reivindicou. Sua jornada, no entanto, foi árdua: sofreu críticas, ameaças, represálias, agressões e processos. Porém, não desistiu, e hoje tem mais de 625 mil seguidores, inspirou a criação de mais de cem Diários de Classe, já participou de inúmeras palestras e eventos, ganhou prêmios e fundou a ONG Isadora Faber, com a qual continua seu trabalho por uma educação pública de qualidade no Brasil. Mais que um relato de coragem e do poder do webativismo, este livro é um retrato perturbador da situação da educação e dos serviços públicos brasileiros, que grita por cidadania e por transformações urgentes.

O livro “Diário de Classe: a verdade” é uma espécie de biografia, onde a jovem Isadora Faber esclarece de onde a ideia de criar o Diário surgiu, como foram seus desafios e como tudo mudou, de uma hora para outra.

Isadora teve a ideia de criar a página após uma visita à escola de sua irmã (que era bolsista no ensino médio em uma escola particular de Florianópolis). Como sua família sempre fora humilde, Isadora começou a questionar os porquês de a escola dela não ter tantos “luxos” (como, por exemplo, um ventilador que realmente funcionasse e uma quadra de esportes pintada e coberta). Então, quando ainda tinha 13 anos, Isadora teve como referência uma blogueira que relatava como era a merenda que recebia em sua escola e, assim, nossa pequena grande protagonista resolveu criar a página Diário de Classe. No início ela tinha a ajuda de uma amiga, mas após muitas ameaças e pressão (dos próprios professores e alunos da escola), a família dela fez com que ela deixasse o projeto e Isadora assumiu sozinha, continuando firme e forte.

Achei interessante conhecer um pouco mais sobre sua história e origens, e fiquei extremamente indignada ao descobrir que a maioria dos alunos, funcionários e até mesmo a própria diretora da escola onde ela estudava ficaram contra suas atitudes. Isadora tinha o sonho de mudar sua escola, afinal, se todos pagam pelos impostos, a escola deve ser mantida no melhor estado possível. Mas, infelizmente, ao decorrer das páginas, somos apresentados a um grupo de total ignorância em relação aos direitos, leis e estado de espírito. Além de Isadora, sua própria família e amigos que apoiavam sua ideia, também foram vítimas de atentados, B.O’s e processos. E fiquei me perguntando: “Céus, onde esse país vai parar?!”.

O ponto que mais chamou minha atenção em toda a leitura foi o fato de Isadora nunca ter desistido de seu objetivo. A vontade que ela tinha em fazer as coisas melhorarem era imensa. Ela questionava, opinava e sempre, SEMPRE tinha provas sobre o que estava falando. Graças a ela, muitas melhorias foram feitas em sua escola e muitos outros diários de classes surgiram pelo país. A garota fez tanto sucesso com sua vontade de mudar, que apareceu até em noticiários internacionais.

Mesmo sendo tão novinha na época em que toda a reviravolta em sua escola começou (Isadora estava apenas na sétima série e tinha consciência sobre seus atos e atitudes de gente bem grande!), nossa pequena foi convidada para participar de inúmeras palestras, programas de TV e assim teve a oportunidade de mostrar um pouco do que estava esperando. Ela só queria que a situação em sua escola melhorasse. E ela não tinha medo de dizer a verdade.

Adorei conhecer a história de Isadora e como foi sua trajetória. O melhor de tudo foi descobrir que, mesmo após ter se formado na oitava série (ela teve que mudar de escola, pois onde estudava não tinha ensino médio), Isadora resolveu criar uma ONG para que mais jovens se sintam estimulados a questionar seus direitos e melhorias em suas escolas.

Gostaria de ressaltar algo relacionado à diagramação da obra: A Editora Gutenberg colocou vários posts em formato do Facebook no livro, mostrando realmente o que Isadora fazia. Eles também não fizeram correções ortográficas nesses posts, então é bem visível a mudança da escrita de Isadora no decorrer deles. Também foram publicadas as manchetes de jornais e aparições em palestras/programas de TV, contendo o link para quem quisesse conferir. Adorei isso, de verdade ♡
Posso concluir dizendo que “Diário de Classe” é um livro mais que recomendado, porque além de explicar timtim por timtim como foi o desafio de Isadora, ele também contém explicações de leis e outras coisas de utilidade pública. Estou na torcida para que a educação no país realmente mude. São pequenos gestos que fazem a diferença.

Diário de Classe também foi uma leitura realizada durante a maratona #EUSOUDOIDEIRA. E a música que escolhi para essa incrível obra foi Mais uma vez – Legião Urbana.

Posts relacionados

13 comentários

  • Reply
    Roberta
    junho 18, 2014 at 1:08 pm

    Oi Cá, acompanhei o Diário de Classe pelas páginas do Facebook e como professora essa menina de 13 anos me ajudou a superar o medo das salas de aulas, sabe? Porque aprendi TANTO na faculdade sobre a teoria que chegava na prática não via nada do que era lindo. Ficava bem frustrada. Mas a Isadora é um exemplo a ser seguido até pelos professores. É uma pessoa em quem se espelhar para transformar o mundo.

    Parabéns pela resenha! Adorei. Fiquei ainda com mais vontade de lê-lo.
    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

  • Reply
    Traduzindo Sonhos
    junho 18, 2014 at 1:11 pm

    Oii, ahh que legal! Eu não sabia que a Isadora tinha um livro! Sabe que eu gostei bastante? Não é meu genero favorito, mas anotei aqui para ler! Achei super legal a forma como a editora trabalhou com a história dela, deixando os pots no face.
    Eu sigo ela no face a bastante tempo, por isso, fiquei tão curiosa em ver esse trabalho!
    http://traduzindo-sonhos.blogspot.com/

    Tem sorteio rolando lá no blog, corre lá!
    http://traduzindo-sonhos.blogspot.com.br/2014/06/sorteio-de-um-kindle-e-books-de-nao.html

  • Reply
    Janna
    junho 18, 2014 at 1:15 pm

    Oi Cáh, essa é a segunda resenha que leio do livro e lembro que na época em que a Isadora começou com o Diário de Classe ela foi muito criticada e por muitas pessoas, achei aquilo um absurdo, uma menina tão novinha fazendo algo que adultos deveriam estar fazendo e ainda sendo criticada como se estivesse fazendo algo errado…esse livro eu desejo ler e conferir de perto toda a história dela. Adorei sua resenha e mais ainda a música que escolheu…amo Legião.

    Beijos!!!
    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

  • Reply
    Peterson Silva
    junho 18, 2014 at 2:29 pm

    Puxa, muito legal. Fiquei intrigado pelo livro – mais ainda!
    Valeu pela resenha!

  • Reply
    Bruna Costabeber
    junho 18, 2014 at 7:49 pm

    Olá,
    Adorei a sua resenha. Eu vi esse livro essa semana e o blog falava muito bem dele, assim como você. Acredito que o que a Isadora fez foi muito grande e tenho muita vontade de conhecer isso mais a fundo.
    Com toda a certeza, lerei esse livro e tenho certeza que não me decepcionarei.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

  • Reply
    Silvana Sartori
    junho 18, 2014 at 8:57 pm

    Oie Linda, tudo bem?
    É minha primeira vez aqui em seu blog e tenho que confessar que gostei bastante de tudo que você colocou aqui. Espero poder te acompanhar daqui pra frente, até porque adorei a resenha que você escreveu sobre esse livro.
    Tenho que confessar que de começo eu não me senti muito atraída por esse livro, mas depois que li sua resenha eu mudei de ideia, porque dá pra perceber no que vc escreve que vc gostou bastante da história. E olha que eu não sou muito de ler BIOGRAFIAS não. Mas quero começar a ler algumas para poder conhecer a história real das pessoas, porque é bastante interessante isso também. Saber um pouco mais de quem escreve.

    Eu amei sua resenha…sério mesmo.
    Você escreve muito bem. Parabens.

    Se cuida linda e passa pra me visitar também
    Será muito bem vinda…JÁ ESTOU TE SEGUINDO AQUI….Me retribui também?
    Bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

  • Reply
    Dryh Meira
    junho 18, 2014 at 9:43 pm

    Oiee ^^
    Não conhecia esse livro, nem mesmo tinha ouvido falar da Isadora, mas já tenho um grande respeito por ela. Não gosto muito de ler biografias, na verdade, é um dos poucos gêneros literários que eu leio, mas com certeza leria este.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

  • Reply
    Luciana Silva
    junho 18, 2014 at 9:56 pm

    Achei muito legal o Diário de Classe ter se tornado um livro.
    A Isadora é digna de reconhecimento por nunca ter desistido de seus objetivos, mesmo sofrendo ameaças.
    Pretendo ler o livro.

    Beijo ;*
    Lu
    Blog Sem Spoiler | Sem Spoiler no Facebook | @BlogSemSpoiler

  • Reply
    Fernanda Drumond - Novo Romance
    junho 19, 2014 at 12:59 am

    Essa menina é fera. Espero que ela cresça e continue com esse trabalho… que ela inspire jovens e adultos a lutarem pelos seus direitos.

  • Reply
    Lêeh Venerando - MTE
    junho 19, 2014 at 2:10 am

    Amigaaaaaaaaaaaaa, que resenha é essa em ! Ui maravilhosa 🙂
    Esse livro eu realmente quero muito ler e depois dessa resenha eu preciso !
    Como sabe minha profissão envolve coisas abordadas no livro, acho que se todos os alunos se unissem para fazer algo parecido a educação não estaria com esta enorme precariedade …
    Mas muitos são tão alienados e mal sabem escrever o próprio nome, #triste.

    beijos da Lêeh
    http://maetoescrevendo.blogspot.com.br

  • Reply
    Fernanda Bizerra
    junho 19, 2014 at 2:01 pm

    Penso que ler este livro será uma ótima experiencia, pois já vi muito sobre ele e a escritora.

    Beijos Fê :*
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br

  • Reply
    Priih
    junho 19, 2014 at 4:12 pm

    Oi, Cássia!
    Adorei o seu blog. =D
    Gosto de livros que tratem de temas sérios, mas em geral não costumo me interessar por biografias (ou obras parecidas com isso).
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

  • Reply
    Midria
    junho 19, 2014 at 5:26 pm

    Ah 😀 Que bacana, não sabia que você tinha participado da Maratona! Também participei ♡ Quando eu vi a reportagem no Fantástico sobre essa garota, achei incrível. Ela realmente seguiu o que achava certo. Não sabia da relutância do pessoal da escola dela pra deixar as coisas mudarem. Mas caramba, interessante! Minha escola precisava de alguém assim hehe Enfim, beijão!

    http://www.garotasdemustache.blogspot.com.br

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.