Livros Resenhas

[Resenha] – Um milagre chamado Grace

Um milagre chamado Grace
O amor pode aparecer em diversas formas
Kristin von Kreisler
Única Editora, 2014
288 páginas

Depois de ter sobrevivido a uma tragédia em que vários de seus amigos foram mortos, Lila Elliot sabe que suas cicatrizes só amenizarão com o tempo. E ela é grata pelo carinho de sua melhor amiga, que a hospedou em sua casa para que ela não ficasse sozinha e recebesse seus cuidados. Entretanto, algo em seu coração não consegue esquecer a tristeza e a dor desse trauma. Até que ela conhece Grace, uma golden retriever que sofreu abusos e maus tratos, mas que havia sido resgatada por Adam, um homem de bom coração que não suportou ver um animal tão triste e sofrido. Lila, que tem verdadeiro pavor de cães desde a infância, terá de dividir o espaço com Grace. As duas precisam de amor e de tempo para superar suas tragédias pessoais. Grace mantém distância de Lila, pressentindo o medo que ela sente. Aos poucos, porém, Lila consegue enxergar pelos olhos de Grace o amor e a coragem que são tão importantes para seguir em frente. Um romance apaixonante, sobre os dramas da vida, as incertezas e o amor que chega inesperadamente.

Sempre gostei de cachorros, mas nunca fui muita fã dos filmes que passavam na sessão da tarde, onde o foco central das histórias eram esses peludos. No entanto, nunca tinha me arriscado a ler qualquer livro que tivesse essa temática, então após ler a sinopse de “Um milagre chamado Grace”, resolvi que precisava lê-lo.

Diferente da capa, Grace não é o foco principal da história. Ela é apenas a peça chave para que Lila consiga superar seus medos e traumas, e aprenda a levar uma vida mais “normal”. Por conta de um acidente que sofreu quando criança, Lila nunca foi muito fã de cachorros e tenta manter distância dessa espécie. No entanto, após sofrer um atentado em seu trabalho, Lila é obrigada a mudar-se para casa de sua amiga Cristina e precisa aprender a conviver sob o mesmo teto – literalmente – que Grace.

Da mesma forma que Lila, Grace também tem traumas; Ela passou por experiencias que nenhum animal deveria sofrer. Grace carrega consigo marcas de seu passado, e isso foi algo que emocionou muito. Mesmo depois de passar por tudo que passou, Grace permanecera sendo uma cachorra dócil, amiga, companheira e muito emotiva. Ela percebe, em menos de um dia de convivência, que Lila não vai com sua cara, e é incrível a forma como ela implora por carinho e atenção, porque ela sabe que Lila precisa de sua ajuda. Essa parte me tocou de uma forma indescritível, e foi nesse momento que o livro realmente começou a mexer comigo.

Em meio a tantas mudanças, Lila acaba conhecendo Adam – amigo de Cristina, e responsável pelo resgate de Grace. Adam é um cara bem resolvido, mas demorei pra pegar gosto por ele. No início pensei que ele seria mais um desses personagens pé no saco, mas aos poucos vamos conhecendo sua história e bem, é impossível não se apaixonar. E a história segue num ritmo bem bacana, onde Lila tem que aprender a lidar com Grace (após uma viagem repentina de Cristina), e Adam – por saber que Lila mantém certa distância de Grace – fica o tempo todo querendo saber notícias desse relacionamento.

A diagramação está muito legal, o estilo do livro é aquele médio (como a maioria dos livros lançados pela Única/Gente), e mesmo com os diálogos em estilo americano (já falei sobre essa característica da Editora em outra resenha), consegui manter o ritmo da leitura. Acredito que já estou me acostumando com essa forma de diálogos, então não foi algo que me incomodou.

Apesar de a história como um todo ser um pouco previsível, “Um milagre chamado Grace” conseguiu conquistar meu coração. É muito emociante como a história vai se desenvolvendo e o rumo que as coisas tomam. Acho que finalmente consegui quebrar o “preconceito” que tinha em relação com esse tipo de livro, e pretendo ler muitos outros com essa temática em breve.

Posts relacionados

9 comentários

  • Reply
    Bruna Costabeber
    junho 16, 2014 at 11:58 am

    Olá tudo bem?
    Lembro-me quando vi que esse livro seria lançado fiquei com o "pé atrás" com ele, porque imaginei que seria o de sempre: Um cachorro que faz todos felizes e, no final, acaba morrendo ou sofrendo.
    Mas, sua resenha me tirou essa ideia de que seria um livro clichê.
    Acho que, assim como você, vou dar uma chance ao livro.
    Parabéns pela linda forma como você escreve.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

  • Reply
    Inês Gabriela A.
    junho 17, 2014 at 12:15 am

    Sabe que essa foi a primeira vez que, de fato, li a sinopse do livro?! Assim que vi a capa dcidi que não estava muito interessada em ler, mas preciso dizer que todos os livros que li sobre cachorros até hoje, de ficção, não me dcepcionaram. Agora sei que o maior foco não é a cachorra, mas a capa realmente dá isso a entender.
    Fiquei curiosa pela história, acho que vai ser minha próxima solicitação!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

  • Reply
    Fernanda Drumond - Novo Romance
    junho 17, 2014 at 1:02 am

    Adorei a resenha. Parabéns!! Cachorros são muitos especiais mesmo. Deve ser emocionante esse livro.
    Bjs,
    Fernanda D.

  • Reply
    Jéssica Soares
    junho 17, 2014 at 1:18 am

    Li um único livro com a temática de cachorros que foi "Marley e Eu" e confesso que até hoje não apareceu outra história que me deixasse curiosa para conferi-la… "Um milagre chamado Grace" não tem uma sinopse que me agrada, mas pela sua resenha vou acabar dando uma chance ao livro, até porque, com essa capa fofíssima, tem como recusar a leitura? hehe Bjs
    Jéssica – http://lereincrivel.blogspot.com.br/

  • Reply
    Wellida Danielle
    junho 17, 2014 at 1:34 am

    Eu simplesmente me emociono muito com filmes que tem essa temática, então eu também normalmente não leio. Acho que acabo pensando que são todos iguais. Mas essa história parece ser incrível. Para quem tem cachorros como eu (que tenho quatro), é emocionante ver histórias de superação e companheirismo desses animais. E a história de Lila e Grace parecem ser desse tipo mesmo.
    Acho que vou dar uma chance a esta leitura também.
    Beijos!
    Amor em Ler | Estou sorteando um Vale Presente de R$ 50,00 lá no meu blog. Que tal você participar aqui?

  • Reply
    Caroline Centeno
    junho 18, 2014 at 12:33 pm

    Oi Cá.
    Tento evitar o máximo ver filmes relacionados com animais e livros também se esse mesmo animal precisar sofrer porque sempre jorra litros de lágrimas dos meus olhos. E por isso evito ao máximo, mas ano passado tú lembra que ganhei o livro do gatinho Bob e admito que adorei *-*
    Sobre sua resenha(depois de falar muito de mim) ficou maravilhosa e o que tú disse com ela não sendo o foco principal e sim a moça que tem vários traumas é uma coisa maravilhosa mostrando mais uma vez que os bichinhos conseguem transformar as pessoas e ajuda-los a carregar o peso da vida (:

    OBS: CAPA DE PROTETORA DOS ANIMAIS. xDD

    http://romances-para-te-fazer-feliz.blogspot.com.br/

  • Reply
    Janna
    junho 18, 2014 at 12:36 pm

    Oi Cáh…você sabe né que eu amo livros com animais, se forem gatos melhor ainda, mas eu também amo livros de cachorros…chorei muito lendo Marley e Eu…e logo que vi que a Única iria lançar esse livro eu já me animei e logo irei ler…ainda mais depois de ler sua resenha e ver que você gostou da sua primeira experiência. Livros de animais sempre me emocionam e me transportam para o mundo deles…adorei sua resenha e fiquei curiosa quanto a história de Lila, Adam e da própria Grace, quero saber o que houve na vida deles.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos!!!
    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

  • Reply
    Livy
    junho 19, 2014 at 8:07 pm

    Oi, tudo bem? =)

    Ah, eu ainda estranho diálogos assim… nada de assustar, mas é um pouco incomodo. Mas já que não tem jeito, a gente lê hehe. Eu me apaixonei pela capa, amo cachorros, e sempre gosto de histórias que envolvem estes amiguinhos. Mas achei legal esclarecer que a cachorra não é o foco na história, como aparenta ser… E apesar de não ser um super livro, estou curiosa para ler. Parabéns pela resenha e dica =)

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

  • Reply
    Rosana Carlos
    junho 19, 2014 at 8:31 pm

    Gosto de livros sobre animais, eles não precisam ser a chave da história, mas desde que estejam na narrativa já fico feliz ^^

    Tudo Que Motiva

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.