Livros Resenhas

[Resenha] – O jogo perfeito

“O jogo perfeito” é o primeiro New Adult publicado pela Faro Editorial, além de ser a atual aposta da editora. A obra é o primeiro volume da trilogia Game Series e narra a história de dois universitários que se conhecem ao acaso e percebem que possuem algo em comum.

A história é narrada intercalando as visões de Cassie e Jack sobre a forma em que se conheceram e começaram o relacionamento. Não existem muitas surpresas nesse sentido e a passagem do tempo é muito rápida: em um capítulo Cassie não suporta o jeito “pegador” de Jack, e no seguinte já estão se beijando. Ou seja, os conceitos da protagonista se perdem em alguns momentos e suas atitudes não fazem jus à idade que possui.

Cassie e Jack se conhecem na faculdade, mas em alguns momentos eu me perguntei se eles realmente estavam se graduando, já que as descrições dos prédios da faculdade/refeitório/moradia pareciam com as de escolas “normais” americanas. Jack é a estrela do time de beisebol, enquanto Cassie é apaixonada por fotografia. Eles possuem personalidades bem diferentes, mas isso não impede que se apaixonem e partam em busca do que realmente desejam. Vale ressaltar que, apesar de serem diferentes, Jack e Cassie possuem emoções muito parecidas e por isso acabam se aproximando: é como uma necessidade de sanar a falta de algo/alguém. Mas volto a repetir: a autora poderia ter criado conflitos e situações mais reais e difíceis de lidar, já que o ponto forte da história era o romance.

Apesar de tudo, é impossível não se apaixonar por Jack Carter: adorei conhecer sua verdadeira história, seus medos e seus sonhos. Apesar de querer ser o “pegador” em qualquer lugar que estava, Carter é muito mais que um rostinho bonito e corpo sarado. A barreira que ele criou para espantar as lembranças ruins afeta seu psicológico de uma maneira indescritível e na maioria das vezes, ele renega ajuda e mal se abre com as pessoas. Porém, mesmo sendo extremamente cuidadoso com as pessoas que querem seu bem, Carter me decepcionou em alguns momentos e tive vontade de dar uns tabefes em sua cara.

Em contra partida, Cassie não me cativou tanto: ela se mostrou imatura e insegura na maior parte da narrativa e isso me irritou um pouco. Ela também carregava marcas do passado e não se abria com ninguém, mas ela tinha uma personalidade “oito ou oitenta”, o que acabava criando situações que poderiam ser evitadas; Cassie  apesar de não admitir, era um tanto carente e acho que a necessidade de ter alguém por perto fez com que ela se aproximasse tão rápido de Jack – mesmo jurando que não iriam ficar juntos. Pois é, conhecemos bem esse tipo de tema se tratando de livros desse gênero.

Confesso que tive vontade de abandonar a leitura de “O jogo perfeito”, afinal, nas primeiras cinquenta páginas ainda não tinha sido cativada pela história. No entanto, após alguns perrengues enfrentados pelos protagonistas, a história fica envolvente e emocionante. Então posso dizer que a leitura valeu a pena e me agradou bastante como um todo. Não encontrei grandes amadurecimentos do casal principal, e os secundários acabaram me cativando um pouco mais, mas isso não fez com que eu desgostasse do livro… Pelo contrário: acabei me apegando pela história em si (e por Jack C.) e estou ansiosíssima por uma continuação.

Editora: Faro Editorial

ISBN: 9788562409165

Autor(a): J. Sterling

Páginas: 224 páginas

Ano: 2014

Skoob | Orelha de Livro

Posts relacionados

13 comentários

  • Reply
    Roberta
    julho 29, 2014 at 4:26 am

    Oi Cá, que saudades!!

    Adorei esse livro, quero muito lê-lo. Até participei do sorteio, mas a sorte não estava ao meu lado, infelizmente. Amei a sua resenha! Me deixou com ainda mais vontade de lê-lo. Parabéns pelo blog sua linda, você merece muito sucesso!!!

    Beijos, Rob
    estantedarob.blogspot.com.br

  • Reply
    Ludmila Débora
    julho 29, 2014 at 12:20 pm

    Ca!
    Amei a resenha *-*
    Como sempre, aqui tá lindo.
    Beijos carinhosos e saudade de você lindeza!
    <3

  • Reply
    Carol Rodrigues
    julho 29, 2014 at 2:02 pm

    Oi Cá, tudo bem?

    Ótima resenha, viu! Fiquei com muita vontade de ler o livro.
    A princípio, achei meio clichê e se assemelhou bastante com um filme que vi recentemente (não lembro o nome). Mas acho que tudo depende de como a autora narrou a obra… Fiquei curiosa pra conhecer mais do Carter hahahaha Parece ser um bom (bota bom nisso!) homem! E também de conhecer a Cassie, por mais chatinha que ela fosse.

    Beijocas
    http://www.estantedasfadas.com.br

  • Reply
    Tudo Que Motiva
    julho 29, 2014 at 5:09 pm

    Apaixonei pela sua descrição do Jack Carter, quero ler! Também não gosto de livros que não cativam nas primeiras 100 páginas, mas nunca abandonei um, vai que começa a ficar legal! hahaha… acho que valeu a pena você ter insistido na leitura ^^

    Tudo Que Motiva

  • Reply
    Camilla Lobianco
    julho 29, 2014 at 7:29 pm

    Oi, Caaa, tenho visto muito desse livro por aí e fiquei com vontade de ler também, mas é como você disse, a historia parece ser um pouco comum, com esse enredo simples e tal. Mas acredito que eu vá gostar, ficando preparada para o início mais lento 🙂 Costumo gostar de romances bobinhos, embora esteja um pouco enjoada de tantos, rs. xoxo

    ssentrelivros.blogspot.com.br

  • Reply
    Novo Romance
    julho 30, 2014 at 12:26 am

    Oi Cá! Tudo certo?
    Ainda bem que as partes negativas do livro não te influenciou na sua pontuação. 4 estrelas é uma boa classificação.
    Costumo dizer que clichê pode ser bom. Parece que Jogo Perfeito é desse tipo. rsrs
    bjinhus, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

  • Reply
    Poliana Araújo
    julho 30, 2014 at 12:49 am

    Olá, Ca
    Tudo bem?
    Apesar de ter vontade de ler o livro, tenho medo que a narrativa seja confusa pela mudança da visão dos personagens.. Também não sei se consigo continuar a leitura depois de ver que ela é meio imatura.. Não sei, acho que vou dar uma chance c:
    Beijos*-*
    Território das Garotas

  • Reply
    Livy
    julho 30, 2014 at 4:12 am

    Oi Cá =)

    Bom saber que apesar dos pesares o livro acaba sendo bom. Eu gosto de protagonistas como Jack, tenho certeza que irei adorá-lo. Mas agora que sei mais sobre o livro vou com menos cedo ao pote e mais ciente dos poréns hehe.

    ótima resenha.

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

  • Reply
    Bruna Costabeber
    julho 30, 2014 at 2:23 pm

    Olá,
    Ainda não conhecia esse livro. Mas me pareceu interessante.
    Gosto de personagens como o Jack. Vou adicionar à minha lista.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br

  • Reply
    Francine Porfirio
    julho 30, 2014 at 6:40 pm

    Cássia-floooor!
    Olha eu aqui! Há! (rs) Menina, essa é a primeira resenha que leio sobre "O jogo perfeito" e estava curiosa para saber se o livro era interessante. Gostei da história, mas os seus comentários me desanimaram um pouco (rs). Parece que há muitos clichês, embora você não tenha mencionado isso. A impressão que tive foi que o romance não era "aqueeeeele" que faz os personagens e até mesmo nós, leitores, ficarmos roendo as unhas para saber o que acontecerá a seguir (rs). Faz parte. Sendo da Faro Editorial, sei que a parte gráfica é maravilhosa. Tenho acompanhado suas publicações nas livrarias e estou curtindo.
    Adorei sua resenha, sempre ótima.

    http://www.myqueenside.blogspot.com

  • Reply
    Corina de Oliveira
    julho 30, 2014 at 9:11 pm

    Por acaso está na minha to-read list 😉 pareceram-me livros bastante interessantes. Quando estava em Portugal a minha lista de livros lidos era bastante reduzida apesar de adorar ler… só que os livros são caríssimos! Mas desde que vim para o UK é sagas atrás de sagas de livros 😀 é fantástico, até cheguei a criar : Crónicas de uma Leitora Compulsiva!

  • Reply
    Yasmin
    julho 30, 2014 at 11:21 pm

    Fiquei curiosa pelo livro, porque adoro um New Adult, principalmente com um protagonista apaixonante <3
    Fiquei meio desanimada por demorar pra te cativar, mas mesmo assim acho que vou adicionar a minha lista. É o tipo de livro que eu gosto de ler.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogospot.com.br

  • Reply
    Yasmim Namen
    agosto 2, 2014 at 9:23 pm

    Acho que em NA e YA é bem difícil de vocês, você e Jaja, gostarem da mocinha! HSUHASUAS
    Eu quero ler pra ver se é chocho como pareceu na resenha. XD
    Sem triângulos? Sem amigas rivais? Sem pais empatando a foda? Nada?

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.