Um filme que vai te emocionar (e te fazer chorar muito)

Arquivado em Filmes e Séries
- julho 20, 2017

Oi, pessoal! Como vocês estão?!

Quem me conhece sabe que eu sou uma chorona de carteirinha, principalmente quando estou assistindo algum filme ou lendo algum livro. E é claro que minha experiência ao assistir Lion: Uma jornada para casa não poderia ter sido diferente.

Eu decidi assistir esse filme por indicação do Pablo (hahaha, que novidade, num é mesmo?!). Eu sou muito desligada no quesito Oscar, então eu nem dei muita bola quando ouvi dizer que ele tinha sido indicado (e vem cá, eu nem sei se ele ganhou alguma coisa). Mas voltando ao que interessa: o Pablo tinha assistido com a família dele e fez a seguinte profecia “amor, assiste esse filme porque você vai chorar muito”. Pronto. Ele conseguiu plantar a sementinha da curiosidade em mim.

Então aproveitei que não estava fazendo nada no domingo, e convenci minha mãe e a minha avó a assistirem o filme comigo “Olha só… Nem sabia que já estava na Netflix! O Pablo me disse que esse filme é muito bom”. E foi ba-ta-ta! Elas também quiseram assistir.

Lion: Uma jornada para casa é baseado em uma história real (epa, me arrepio toda só de lembrar da trama), e conta a história de um indiano chamado Saroo, que se perdeu do irmão em uma estação de trem. Depois disso, Saroo passa por tantas coisas perdido em Calcutá, até que finalmente um casal australiano o adota. Muitos anos depois, com o avanço da tecnologia e lembranças do seu passado, Saroo decide que está na hora de ir em busca da sua história.

Gente, eu queria abraçar o ator que fez o pequeno Saroo (primeira parte do filme) toda hora. Que menino talentoso!! Eu sofri e sorri com ele. A Nicole Kidman também me surpreendeu bastante: de uma maneira excepcional ela dividiu com os telespectadores as experiências da adoção e os altos e baixos de ser mãe.

No final das contas eu fiquei muito emocionada com o desenrolar da história (eu não tinha dúvidas de que isso iria acontecer). Foi um chororô danado lá em casa!

Pra vocês terem ideia de como esse filme é maravilhoso, vou deixar o trailer aqui embaixo:

A dica de ouro da tia Cá de hoje é: assistam esse filme. Ele é emoção pura. É amor. É cultura. É choque de realidade. É drama. E é paz… É impossível não se emocionar e se envolver com essa história.

Alguém aqui já assistiu?!

Beijos e até mais 

{Fontes das imagens: [1], [2], [3] e [4]}

O que eu pretendo ler e assistir até o fim do ano

Arquivado em Filmes e Séries, Livros
- julho 17, 2017

Boa noite, Sonhadores! Como vocês estão?!

Nessa época do ano, muitos blogueiros respondem a tag dos 50%, que nada mais é do que um balanço a respeito das leituras realizadas no primeiro semestre do ano. Pensando nisso, eu resolvi montar uma coisinha um pouco diferente…

Eu não li muito de Janeiro até agora (foram cerca de 11 livros) e também não consegui finalizar as séries que eu pretendia assistir, então eu resolvi fazer um post falando sobre o que eu pretendo ler e assistir até o final do ano.

Estou tentando ler “Em algum lugar nas estrelas” já faz um tempinho, porém a história ainda não conseguiu me fisgar (e todos os dias eu reflito se devo ou não abandonar de vez esse livro). Ainda na onda de leituras em andamento, estou nas 150 primeiras páginas de “Até que a culpa nos separe” – a história é interessante, mas parece que eu não estou muito no clima… mas sigo tentando!

Agora falando um pouco sobre as próximas leituras, estou doidinha da silva pra começar “Mil beijos de garoto” (epa, parece que alguém vai furar a fila, hehe). “O treinador do meu sobrinho”, “Milagre obscuro”, “Nildrien: o pergaminho” e “Todos iguais, pouco diferentes” eu acabei recebendo em parceria com os autores e estou ansiosíssima pra descobrir um pouco mais sobre essas histórias.

A respeito das séries, não mudou muita coisa desde aquela vez que comentei com vocês sobre as séries que eu estava tentando assistir. Consegui chegar na quarta temporada de Sons of Anarchy (E MEU DEUS QUE SÉRIE MARAVILHOSA!!!!), e empaquei de novo no meio de uma temporada de Grey’s Anatomy (a série perdeu um pouco de graça depois da sétima temporada). E comecei a assistir Breaking Bade estou adorando. E sobre Game of thrones: espero conseguir assistir tudo até o começo da próxima temporada, hahaha!

Eu sei que essa meta está um pouco desafiadora, mas eu estou bem empolgada! Além desses livros, também pretendo ler algumas outras obras… Para acompanhar o desenrolar das minhas leituras e também conhecer um pouco sobre as demais obras, é só visitar a minha estante no Skoob. E a respeito das séries, eu pretendo fazer um post em breve falando como está o andar da carruagem :p

E então, alguém já leu esses livros ou já finalizou essas séries?! Contem para mim nos comentários! *mas sem spoiler, por favor 😅 *

Beijos e até mais 

Meu bullet journal finalmente chegou!

Arquivado em Fica a dica, Pessoal
- julho 12, 2017

Oi, gente! Tudo certo com vocês?! Era pra eu ter atualizado o blog ontem, mas eu ando numa relação de amor e ódio com o meu computador e infelizmente ele não colaborou muito comigo na noite passada ☹

Semana passada eu fiz um post falando sobre o retorno do blog e também aproveitei pra falar sobre meus planos de organização utilizando um bullet journal. E depois de tantos dias de espera, finalmente eu tenho um BuJo pra chamar de meu!

Eu estava doidinha da silva pra me organizar de alguma forma, e depois de ler uma série de posts sobre o tema lá no Desancorando eu decidi que era hora de me arriscar nesse método de organização. Depois de passar horas pesquisando preços, acabei encontrando a lojinha online Casa da Mãe Joana. Foi nesse momento que o Pablo apareceu e disse “Eu te dou o caderninho”

Afinal de contas, o que é um bullet journal?!

Um bullet jornal nada mais é do que um caderno que você usa fazer uma coisa chamada rapid logging, ou seja, anotar rapidamente as suas tarefas do dia. O objetivo é tornar as suas listas de afazeres em uma coisa prática e fácil. Quanto mais esforço você coloca, mais parece ser uma obrigação e você logo desanima.

Com um bullet jornal você tem uma forma rápida e organizada de anotar tudo o que você precisa fazer e tem ainda um sistema que te ajuda a manter a sua agenda em ordem.

Fonte

E eis que finalmente meu bullet journal chegou e eu fiquei ainda mais apaixonada por ele! O Trabalho da Cássia (minha xará) lá da Casa da Mãe Joana ficou um amorzinho! O pacote veio super caprichado, com direito a recadinho feito à mão ♥ E eu simplesmente amei a estampa de raposinha <3

Eu não sei se vou conseguir levar o BuJo a diante, mas confesso que estou muuuito animada! Já faz um bom tempo que eu fico pensando em mil maneiras de me organizar, e como gosto bastante de: a) escrever e b) fazer listas, acho que vou conseguir me adaptar.

A minha ideia inicial é me organizar com os estudos, alimentação, atividades físicas, leituras, séries e filmes. É coisa pra dedéu, num é mesmo?! Assim que eu for colocando as coisas em prática, eu mostro pra vocês 😉

Alguém por aqui já usou esse método de organização?! Contem para mim nos comentários!!

Beijos e até mais