Com amor Textos

Painted On My Heart

Sempre me disseram que os opostos se atraem, eu nunca levei isso muito a sério, até te conhecer. Juro por Deus que eu nunca pensei que fosse me sentir assim, tratando-se de você. Dizem também, que as paixonites da escola, aquelas passageiras, e que damos menos importância, são as que mais martelam dentro da gente, porque sempre fica aquela dúvida: ‘porque não deu certo?’

Eu tenho sonhado bastante com você; sonhos que fazem eu sentir seus abraços. Eu sinto você perto de mim, apesar dessa grande barreira chamada orgulho que nos separa. Sinto falta da sua vontade de me assumir, de sempre me proteger, me ouvir… e de me calar.

Queria te dizer que te acho lindo, que ainda torço por nós, torço para que você consiga olhar de novo dentro dos meus olhos, e que eu não tenha medo de responder ao seu gesto. Ê distância desgraçada que nos separa. Aquele velho clichê de estar perto… e ao mesmo tempo longe. Distância essa que parece que nunca vai sair do meio da gente. Saudade que parece nunca cessar. Palavras que agora insistem em faltar.

Mas estou seguindo seu exemplo e tentando ser a mesma sem você, sem seus abraços em volta de mim, sem seus dedos nos meus cabelos, sem sua voz pra me alegrar… sem nós.

Ps: Estou com saudades.

Posts relacionados

21 comentários

  • Reply
    Jeniffer Yara
    fevereiro 5, 2012 at 3:17 pm

    É uma droga quando não dá certo, quando estamos perto mas existe 'aquela' distância, essa distância que é pior do que a distância física!
    Enfim, se for o orgulho que esteja os separando que esse orgulho suma! :/

    Beijos

  • Reply
    outspoken
    fevereiro 5, 2012 at 3:47 pm

    Ai que lindo! *-*

  • Reply
    Stella Valim
    fevereiro 5, 2012 at 6:15 pm

    É horrivel quando não da certo, e realmente fica martelando mesmo, vc fica sempre se perguntando porque não deu certo.
    Adorei o texto.
    http://www.senhoritaliberdade.com/

  • Reply
    Maria Beatriz
    fevereiro 5, 2012 at 8:47 pm

    Eu fiquei muito tempo martelando na minha cabeça: Porque não deu certo? Porque não deu certo? Porém, depois que essa fase passou, descobri os porquês e agora tudo ficou mais fácil. É verdade que namoro de colegial não vai pra frente em 95% dos casos. Mas sempre haverá de vir melhores coisas para nós. Tudo é fase.

    Um beijo!

    http://biacentrismo.blogspot.com

  • Reply
    Iasmin Cruz
    fevereiro 6, 2012 at 12:38 am

    Encontrei teu blog no face e estou seguindo, depois faço uma visita mais demorada. Estou seguindo.

    http://iasmincruz.blogspot.com/

  • Reply
    Ana Carolina Lima Da Rosa
    fevereiro 6, 2012 at 1:21 am

    Gostei do texto. E do seu blog, seu lay ;N

  • Reply
    Jeniffer Yara
    fevereiro 6, 2012 at 3:47 pm

    Passando aqui de novo pra dizer: Sério que você ficou encantada com a minha resenha? *O* haha' eu fico toda boba quando recebo um comentário assim,enfim,leia o livro sim,vale a pena ;}

    Beijos

  • Reply
    Felipe
    fevereiro 6, 2012 at 10:36 pm

    Saudades, é bom senti-la. Mas melhor ainda é poder acabar com ela. Quando a saudade e o amor se misturam parece que a dorzinha aumenta, mas a vida pode ser melhor. E aquela coisa: continue vivendo e mate a saudade quando puder.

  • Reply
    Suzi
    fevereiro 6, 2012 at 10:38 pm

    Olha, se houver uma chance de ser correspondida, eu não vejo mal algum. Contudo,se for um romance perdido, talvez seja melhor esquecer.Mas, não te julgo, já que estou sempre me arriscando^^
    P.S.: Estou seguindo o seu blog ^^

    Suzi
    Blog Abstrações

  • Reply
    Yuu
    fevereiro 7, 2012 at 2:48 am

    Isso foi fofo. E sabe, acredito que a melhor cura para a saudade, é ter esperança. Fique firme, enquanto não consegues o que deseja. Certo?

    Beijos!

  • Reply
    Nati
    fevereiro 7, 2012 at 8:54 am

    Como eu sempre te disse, tudo o que tu escreve tem muito a ver com o que eu vivo ou vivi um dia e esse não foge… Lindo! Beijo

  • Reply
    Tiêgo R. Alencar
    fevereiro 7, 2012 at 2:44 pm

    Impressionante como temos o karma mais chato do planeta de nos apaixonarmos pelas pessoas mais diferentes possíveis de nós! É triste, mas ao mesmo tempo é genial, principalmente quando conseguimos admitir isso! hahahaha

    Beijão! Lindo o seu blog, amada!

  • Reply
    Beatriz Lopes
    fevereiro 7, 2012 at 6:43 pm

    Eu gostaria muito de esquecer meu primeiro amor. Não sei se é sobre o seu, que se refere neste exato texto, mas tal me lembrou muito, muito mesmo meu primeiro amor. Ficou um vazio, sabe? Aquela sensação de que nunca vou conseguir aquela coisa 'estranha e surpreendente' de novo, não com outra pessoa. Ainda querem me animar, dizendo que não vou esquecer mas que virão outros, fazer o mesmo estrago, e um destes será forte o suficiente pra trocar alianças e juntar escovas de dente.

    Não consigo acreditar nessa história.

    ps: Adorei seu meme onw *o*. Super fofinho! E fico feliz que tenha gostado da indicação, visito seu blog desde que comecei o alacazaam praticamente e não poderia deixar de mencioná-la ^-^. Beijos ;*

  • Reply
    Jess
    fevereiro 7, 2012 at 7:14 pm

    Sentir saudade sem nem estar verdadeiramente longe, sei como é…
    E sempre penso no que teria acontecido se eu tivesse dado uma chance àquele garoto que eu gostava na escola. Mas se nada aconteceu na época, agora mesmo é que não ia dar certo! hahaha
    🙂

  • Reply
    Jade Amorim
    fevereiro 8, 2012 at 5:12 am

    Esse negócio de relacionamento no colegial, acho que pelo fato de estar na adolescência, é tudo muito mais dramático do que realmente é. Convivo com esse "por que não deu certo?" "como seria se tivesse dado certo?" com uma coisa que aconteceu quase quatro anos atrás.

    Segui minha vida, mas ainda penso muito nisso. Sei lá, acho que é porque não teve um fim propriamente dito.

    Bom, quanto ao carinha, o orgulho só separa, e ele ainda está ao alcance de suas mãos. Não deixe escapar! Rs

    Beijos.

  • Reply
    Gabriela Marques
    fevereiro 9, 2012 at 11:32 pm

    E quem não se encaixa neste seu texto?
    Gostosíssimo. Me fez lembrar alguém do ano passado. Último ano do colegial, aquele romance legal que poderia ter rolado e não rolou. E ficou aquele gostinho de: como seria se desse em algo?
    E quem saberá?

    Beijo doce.

  • Reply
    Inercya
    fevereiro 10, 2012 at 5:33 am

    Não é o caso de dizer 'não deu certo'. Creio eu que as coisas dão certo, até o momento que elas se esgotam. E dali não passa. Acaba e pronto.
    :*

  • Reply
    deia.s
    fevereiro 10, 2012 at 7:13 pm

    ”Eu tenho sonhado bastante com você; sonhos que fazem eu sentir seus abraços.”

    Que blog bonito. (:
    Gostei de tudo por aqui, inclusive desse da frase que transcrevi.
    Estou seguindo-te e voltarei mais vezes. Se puder me segue também, será muitíssimo bem-vindo no meu amar.go.

    Abraço.

    http://amar-go.blogspot.com/

  • Reply
    Marcos de Sousa
    fevereiro 11, 2012 at 1:12 pm

    Eu sei que isso é chato, mas vamos lá:

    Meu blog está sorteando dois livros. "Um homem de sorte" (Nicholas Sparks) e "Filhos do Éden"(Eduardo Sphor). Conto com a sua participação.

    http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2012/02/super-sorteio.html

    Beijos

  • Reply
    Ana Seerig
    fevereiro 13, 2012 at 2:01 pm

    "Saudade mal estar que se bem diz, que queima mas não deixa cicatriz. Saudade doce bem que nos tortura, meu coração maltrata com doçura."

    Direto de décadas passadas pra agora, uma das mais belas músicas que conheço "Saudade" do grupo gaúcho Os Serranos.

    E falando em música, também sou encantada por "Paited on my heart"!

  • Reply
    Elania
    fevereiro 23, 2012 at 5:44 pm

    Poxa, quer me fazer chorar? rs D:
    Muito lindo, e me deu uma baita nostalgia :/

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.