Textos

Sobre a saudade nunca vivida.

 

É muito deprê, é carência absoluta, necessidade. Só para, de algum jeito, participar da vida da pessoa. Tipo em segredo. É loucura. É falta de amor-próprio, e excesso de amor. Só amor. Amor que não se retribui, e que não passa. Aliás, você pensa que não vai passar, mas no fundo você se sente idiota por ficar se lamentando, porque sabe que mais cedo ou mais tarde, a história vai se repetir, e o seu par-não-tão-romântico será outro. É complicado, tipo um vicio. Uma droga de droga. Você sabe tudo o que a pessoa faz, com quem ela sai, que musicas ela ouve. E ela já nem quer mais saber de você. Porque isso você sabe, e muito bem. Depois fica chorando pelos cantos, com raivinha, parecendo criança que acabou de deixar o doce cair no chão. Só falta uma tatuagem escrita ‘eu te amo’. Gostar é mais fácil. Só gostar. Dói menos, acredite. Ainda vai deitar na cama e pensar em alguém, mesmo sem querer. É normal. Constante desenvolvimento. Esperança, sei lá. Droga.

 Maio de 2011

Posts relacionados

6 comentários

  • Reply
    Anônimo
    março 18, 2012 at 1:12 am

    Você sempre cheia das fossas, pena que tá longe de mim, se eu tivesse ai perto, não existiria tal coisa.

  • Reply
    Jeniffer Yara
    março 18, 2012 at 1:14 am

    Acho que todo mundo nunca escapa de um romance, de uma paixão, e mesmo quando não temos, parecemos querer e muito ter, acho isso uma droga também –' rs

    Ótima ideia de postar textos antigos seus *___* E ah, obrigada pelos elogios lá no blog >< Fico tão feliz em saber que meu blog é um dos preferidos de alguém, sei lá, é uma das coisas boas que o blog me traz ♥

    Beijos

  • Reply
    Ludmila Débora
    março 18, 2012 at 3:26 am

    Ameeeei o texto! Arrasou amoreco <3

  • Reply
    Gabriela Freitas
    março 18, 2012 at 12:40 pm

    Ótimo texto Cá, sabe, eu sei bem o que é isso, viver da vida de alguém que nem quer mais saber da sua vida… É horrível, mas ainda acredito que isso passa.

    ps: comecei o cursinho essa semana que passou, to em semana de prova na escola + entregas de trabalho, minha vida anda tendo só 10 horas e não consigo me organizar nisso… Mas vou tentar não me perder daqui…

  • Reply
    Mia Sodré
    março 18, 2012 at 5:11 pm

    Eu gosto de publicar alguns textos mais antigos às vezes. Mas aí, quando eu estou transcrevendo o tal texto, tenho uma inspiração repentina e escrevo algo totalmente novo. Pois é.
    Quanto ao seu texto… realmente, gostar é bem mais vantajoso do que amar em vários aspectos. A não ser que seja um amor correspondido. Aí, é muito melhor amar.
    Mas se abrir a novas experiências é sempre bom, a novas pessoas, a novos amores… se permitir.
    Bjo!

    http://miasodre.blogspot.com.br/

  • Reply
    Stella Valim
    março 18, 2012 at 8:48 pm

    Que texto lindo, já disse que você escreve inncrivelmente bem?
    http://www.senhoritaliberdade.com/

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.