Livros Resenhas

[Resenha] – A Herdeira do Mar

A Herdeira do Mar
Ize Chi Kiohaan
Livro Independente, 2013
556 Páginas

Skoob | Orelha do Livro
Cordélia Dolphin é uma adolescente quase normal: ela e seu pai já moraram em diversos países por conta do trabalho dele, e dessa vez estão se mudando para a praia de Tamarama, uma pequena península localizada no estado de New South Wales, Austrália. Carregando um trauma por quase ter morrido afogada em sua infância e por ter perdido sua mãe antes mesmo de conhecê-la, Cordélia tenta viver sua vida, encontrando novos amigos e um possível candidato a namorado.
Seu mundo vira de cabeça para baixo com a chegada de Morgan, um rapaz misterioso que rodeia sua casa e sabe detalhes sobre ela impossíveis de um desconhecido saber. Ao completar seu aniversário de dezoito anos, a vida que conhece muda completamente: ela descobre que sua mãe era uma sereia, filha do Rei de Atlântida, o governante de todos os mares. Morgan finalmente mostra a que veio: ele é um tritão, designado a protegê-la e guiá-la desde o dia em que nasceu.
Uma guerra subaquática se desenvolveu durante toda sua vida e agora é a hora de voltar e assumir seu posto de Princesa Herdeira; mas como, se sua vida humana lhe parece finalmente perfeita? Com suas barbatanas e guelras aparecendo, ela tenta continuar com sua rotina, mas as interferências de Morgan se tornam cada vez mais frequentes, e um sentimento por seu guardião pode atrapalhar todos os planos. Presa entre mitos e tradições, Cordélia terá que amadurecer como princesa e descobrir uma forma de lidar com sua nova vida, que cada vez mais se mistura à que conhecia.

A Herdeira do Mar de Ize Chi Kiohaan foi um livro que me prendeu do inicio ao fim. Infelizmente eu estava com uma espécie de preconceito literário, pois sem querer querendo, fiquei julgando o livro pela capa. Mas fiquei extremamente feliz em saber que eu estava completamente errada e que a história é, sem dúvidas, inesquecível.

Ize criou um mundo fantástico, mesclando um pouco de mitologia e a vida de uma adolescente comum. Todos os pontos da história estão de alguma maneira interligados e ela soube trabalhar com todos eles durante toda a obra, sem deixar a peteca cair. Tive um apego muito grande pelas aventuras em que Cordélia e Morgan estavam no mar: gosto bastante desse cenário e esse foi o primeiro livro que li que aborda essa temática.

Também gostei bastante de como a autora trabalhou os personagens, principalmente Cordélia, pois de uma hora pra outra a vida de nossa protagonista fica de pernas pro ar, e diferente de muitos livros que já li, Cordélia passou por várias etapas de aceitação antes de concluir como iria seguir sua vida após tais descobertas. E ao lado de Cordélia estava Mogan  (impossível não se apaixonar por ele), seu guardião em todos os momentos, o que deixou a trama bem envolvente, principalmente nos momentos mais quentes.

Falando sobre romances, os que envolvem a história foram super realistas, leves e empolgantes, daqueles de tirar o fôlego. Muitos casais se formam durante todo o livro e com eles as dúvidas sobre o que realmente é o amor; Como a maioria dos personagens são amigos, o companheirismo está sempre presente, até mesmo nos momentos mais tensos. Não ficou nada muito “forçado”.

Algo que me marcou muito durante toda a história foi a aceitação; Isso fica bem claro – principalmente – nos momentos em que Cordélia cai na real sobre quem é e o que precisa fazer para salvar seu povo. Seu pai e Morgan são essenciais para que ela consiga enxergar além do próprio nariz.A única coisa que me deixou um pouco triste, foi descobrir nas últimas páginas da obra que o livro terá continuação. Eu realmente achei que, por ser um livro independente, o desfecho seria apresentado em A Herdeira do Mar. Espero que Ize consiga publicar o segundo volume dessa história maravilhosa em breve.

Posts relacionados

8 comentários

  • Reply
    Caroline Centeno
    janeiro 26, 2014 at 1:47 pm

    Oi Cássia.
    Estava com os dedos cruzados para gostar da história porque estou louca para comprar e devorar, parece muito bom mesmo *-*
    OH coração…Estou procurando novos personagens literários para me apaixonar xDD
    Ótima resenha e vamos esperar o segundo volume!

  • Reply
    O que tem na nossa estante
    janeiro 26, 2014 at 2:04 pm

    Pela capa a gente não diz que o livro é tão bem desenvolvido. #ProntoConfessei Mas, por outro lado é massa quando um livro/autor nos surpreende, trás algo empolgante para a gente.Desse jeito o livro entra na minha lista de possíveis leituras futuras!

    Cheros, Pandora.

  • Reply
    Elcimar Reis (AndyReis)
    janeiro 26, 2014 at 10:20 pm

    Nós temos que ser sinceros e admitir que essa capa não lá grandes coisas, mas fico feliz que o livro tenha te surpreendido, gosto de livros assim. :p

    ACESSO PERMITIDO: Quais são suas certezas? @nerdisbetter
    http://acessopermitidoblog.blogspot.com/

  • Reply
    Thaynara Koti
    janeiro 27, 2014 at 2:43 am

    Eu amei esse livro, foi umas das primeiras parcerias do Lcb também fiquei decepcionada que terá um segundo volume :c
    Beijos, Thaynara
    http://livroscombolinhos.blogspot.com.br/

  • Reply
    Maria Silvana Santana
    janeiro 27, 2014 at 6:04 am

    Oiee =)
    que bom que deu oportunidade ao livro mesmo a capa não sendo atrativa. É tão bom quando pegamos um livro e ele nos surpreende de uma forma positiva como foi o caso desse. Espero poder ler um dia e sentir essa leveza que mencionou e empolgada.
    Beliscões da Máh ♥
    Blog

  • Reply
    Maria Silvana Santana
    janeiro 27, 2014 at 6:04 am

    Oiee =)
    que bom que deu oportunidade ao livro mesmo a capa não sendo atrativa. É tão bom quando pegamos um livro e ele nos surpreende de uma forma positiva como foi o caso desse. Espero poder ler um dia e sentir essa leveza que mencionou e empolgada.
    Beliscões da Máh ♥
    Blog

  • Reply
    Ize Chi
    janeiro 27, 2014 at 11:13 am

    Fico muito feliz que tenha gostado, Cassia! 😀

    E muitos já me disseram isso: que preferiam livro único. Mas todos também apontam que o livro não tem nenhuma enrolação (ou seja, as 556 páginas são válidas). Então como em poderia ter fechado a história em um só livro? rsrs

    Falando sério, eu amo muito ler resenhas de leitores. Bate um sentimento de que "valeu a pena", de que todo o esforço para terminar me nele ou a algum ponto ^^

  • Reply
    Yasmim Namen
    março 11, 2014 at 5:16 am

    Antes de falar sobre a resenha eu preciso dizer que achei que o livro era estrangeiro pelo nome da autora. kkkkkk Eu já sabia que é mentirinha. rs
    Ai, Cá! Eu também tenho um puto preconceito com o livro por essa capa feiosa, mas quer saber? Temos vários livros bonitos na nossa estante que não chegam ao pé dos mais feios esteticamente. u.u' Aceito o livro emprestado quando a continuação for lançada! <3

Deixe uma resposta para Thaynara Koti Cancelar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.