Livros Resenhas

[Resenha] – Extraordinário

Extraordinário foi um dos livros que mais me chocou em toda minha vida. Isso se deu ao fato de como a crueldade das pessoas é retratada na obra, de uma maneira tão natural que chega a doer. A obra como um todo me fez parar e refletir bastante porque, às vezes, acabamos julgando as pessoas sem nem realmente conhecê-las.

Durante a leitura somos apresentados a August, um garoto um tanto quanto peculiar, mas que observa a vida de uma maneira diferente… Nosso protagonista nasceu com uma síndrome, e por isso seu rosto é diferente; No entanto, as pessoas ao seu redor não saber lidar muito bem com isso, e acabam afastando-o por conta de sua aparência; Mas August tem um coração muito bom, é maduro e tenta procurar o lado bom de todas as coisas. Ele não culpa as pessoas por agirem com ele de forma estranha; ele sabe que isso se dá ao fato d’ele ser diferente, e isso foi o que mais me emocionou durante a leitura.Tudo mudou na vida de August quando seus pais decidiram que era hora d’ele ir para o colégio. Enfrentar o quinto ano não era tarefa fácil, mas August sempre fora um garoto muito inteligente e por isso recebeu tanto incentivo dos pais e do diretor de sua futura escola. Por mais difícil que pudesse ser a convivência com outras crianças (normais) de sua idade, August optou por obedecer aos pais e viu no colégio uma forma de fazer amizades.

Quando finalmente ingressa no colégio, nosso protagonista acaba conhecendo pessoas que fazem sua vida virar de cabeça para baixo – digo isso porque os pensamentos de August ficam a mil por hora, ora de felicidade, ora por alguma decepção… Summer e Jack tornam-se um porto seguro para August, mas o que mais me comoveu nessa amizade, foi que apesar de algumas desavenças, eles faziam de tudo por ele.

Fiquei extasiada com a maneira que R. J. Palacio criou cada personagem, dando características reais, de uma forma que a cada novo capítulo, eu era surpreendida com algum acontecimento. O perdão, a aceitação e a convivência foram artimanhas que contemplaram a obra unicamente. August tentou, em praticamente 90% do livro, mostrar para seus companheiros que ele tinha motivos suficientes para se fechar em seu próprio mundo, mas que ele precisava passar a mensagem de que algumas coisas não são barreiras quando se deseja alguma coisa.

Durante os capítulos, podemos ter a visão de alguns personagens essências para a trama: Summer, Jack, Miranda, Via e Justin. É muito interessante como cada um lidava com as consequências por conta de alguma ligação com August, o que isso resultava na vida de cada um, entre tantas outras coisas. Foi conhecendo um pouco mais sobre eles que tive certeza de que August sempre fora uma pessoa maravilhosa.

Mergulhei em um rio de lágrimas enquanto lia Extraordinário! Me faltam palavras para descrever quão única foi essa obra, como ela mudou minha forma de pensar e agir. A narrativa é feita de uma forma poética, cheia de mensagens extraordinárias e de motivação. Gostaria de ter August em minha vida, de abraçá-lo e dizer que aprendi muito com sua história.


Quotes

” O legal de crianças pequenas é que elas não dizem coisas para tentar magoar você e, mesmo que às vezes façam isso, não sabem o que estão falando.” – Página 27

“Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil.” – Página 55

“É como a agulha da bússola, que sempre aponta para o norte, não importa para que lado você esteja virado. Todos aqueles olhos eram bússolas, e eu era como o polo norte para eles.” – Página 213

“Não precisamos dos olhos para amar, certo? Apenas sentimos dentro de nós. É assim no céu. É só amor. E ninguém se esquece de quem ama.” – Página 233

Editora: Editora Intrínseca

ISBN: 9788580573015

Autor(es): R. J. Palacio

Páginas: 320 páginas

Ano: 2013

Skoob | Orelha de Livro


 Livro cedido para resenha pela editora.

 

Posts relacionados

19 comentários

  • Reply
    Novo Romance
    novembro 24, 2014 at 12:01 am

    Cá, tudo bem?? Tenho lido apenas coisas boas sobre o livro. Espero ser impactada assim como você.
    Beijos, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

  • Reply
    Gisela Santana
    novembro 24, 2014 at 12:32 am

    Interessante,
    Eu não gosto de livros de auto-ajuda, mas acredito que toda história deve nos trazer um conhecimento, uma reflexão e que nos ensine a ser uma pessoa melhor. Por isso acredito que a leitura agrega muito em nossas vidas.
    Tinha bastante preconceito com esse livro, confesso. E o pior, não sei o por quê desse preconceito. Mas gostei da sua resenha e vou procurar inserí-lo na minha tão-grande-lista de livros que ainda não li. hahahah

    Beijos! Livre Leve Livro

  • Reply
    Jeniffer Yara
    novembro 24, 2014 at 1:22 am

    Extraordinário é realmente um livro extraordinário! A história criada pela Palacio é realmente tão bem escrita que traz pra realidade o que ela escreveu, por que realmente existe muita discriminação com o que foge do 'padrão' da sociedade. E é muito emocionante ler também a forma como ela retrata o August e as pessoas ao seu redor <3

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

  • Reply
    Thales Soares
    novembro 24, 2014 at 11:55 pm

    Um dos melhores livros do ano, além de cada quote marcante.

    http://criativare-leitura.blogspot.com.br/

  • Reply
    Livros Encantos
    novembro 25, 2014 at 12:34 pm

    Cassia lindona tudo bem com você. Você que outro dia comentei exatamente isso em uma resenha o fato de ver tanta crueldade seja em livros quanto na vida real é chocante o que o ser humano é capaz . Ainda não li esse livro mas está no top para leitura, sei que terei grandes emoções será tocante a leitura. Infelizmente muitos julgam sem conhecer as pessoas e perdem grandes oportunidades . beijos lindona

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  • Reply
    Francine Porfirio
    novembro 25, 2014 at 6:33 pm

    Eu também adorei esse livro, flor! Ele se tornou um dos meus favoritos… <333 August é uma criança capaz de ensinar qualquer pessoa, independentemente de sua idade. A forma como ele persevera todos os dias para enfrentar seus temores e os temores dos outros – aliás, gostei muito da sensibilidade da autora abordar o preconceito como medo do desconhecido – é exemplar!

    Fico feliz em saber que o livro a emocionou tanto quanto a mim.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

  • Reply
    Ju
    novembro 25, 2014 at 10:11 pm

    Livros que mudam nossa forma de pensar e de agir são os meus favoritos! Acho o máximo quando um livro mexe muito comigo e me faz chorar horrores. Tenho muita vontade de conhecer essa história, ainda não li por falta de tempo mesmo… comprei meu exemplar, mas a fila de leituras de parceria não me deixa olhar pra ele… Saber que as personagens são tão reais só me deixou ainda mais animada e ansiosa!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

  • Reply
    Leno Fagundes
    novembro 26, 2014 at 9:46 pm

    AMOOOOOOOOOO!
    Já li e quase choro <3
    Gosto muito do jeito que a autora separou o livro, pela visão de diversos personagens. Eu estou doido atrás do Capitulo do Julian.

    Abraços.
    Likelivros.blogspot.com

  • Reply
    Rafaella Lima
    novembro 27, 2014 at 1:52 am

    Oi Cássia, tudo bem?? Nossa, a sua resenha está maravilhosa e esse livro realmente é extraordinário (não consigo evitar esse trocadilho, mas esse adjetivo representa totalmente o livro). O Auggie é um personagem incrível e é impossível não aprendermos com ele e o seu modo de ver o mundo. Gostei muito do livro trazer a visão de outros personagens, e isso trás uma riqueza muito grande a obra… pois vemos como outras pessoas são transformadas pelo Auggie. E sério, eu simplesmente adoro os preceitos do Sr. Browne… e é por isso que estou louca por "365 Dias Extraordinários".

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

  • Reply
    Ligia
    novembro 27, 2014 at 11:46 am

    Livro que esta na lista de 'vou indicar pra todo mundo'! August é especial, incrível, ao mesmo tempo forte e delicado… A sua forma de ver o mundo nos choca, e sua realidade frente às outras pessoas é assustadora… E mesmo assim, ele sorri, faz amigos, ama, aprende… E nos ensina, acima de tudo! Fico feliz sempre que alguem le o livro, acho que ele faz um bem para o mundo hahahaa

  • Reply
    Geração Leitura
    novembro 27, 2014 at 3:15 pm

    Cá,
    Resenha tão sensível e delicada quanto o livro. Essa foi uma das minhas primeiras leituras do ano (por sinal, eu o ganhei no amigo secreto do ano passado). E eu me deliciei com a leitura, me diverti, ri, chorei, refleti e cresci. Sim, eu me tornei uma pessoa melhor através do aprendizado. Quando eu vi o Auggie contando como era tratado, como era ignorado e como não teve uma infância como os outros garotos, eu me vi frustrado com a crueldade humana. Porém quando surgiu o ponto de vista dos outros personagens e todos mostrando seu lado, eu me flagrei sendo condescendente a eles. E eu me vi como um hipócrita, porque talvez eu reagiria como eles e não seria tão humano ao lado do Auggie, mas com o desenrolar das páginas eu só tive vontade de abraçá-lo, assim como você e por isso, me tornei uma pessoa que não têm aversão as deficiências alheias. Comecei enxergá-los como humanos acima de uma limitação.
    Livro lindo, resenha linda, tudo lindo. Amo/sou

    Abraço,
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com/

    P.s.: se você me tirou no amigo secreto, veja onde tá meu presente! Tô sofrendo nessa espera

  • Reply
    Jéssica Rodrigues
    novembro 27, 2014 at 5:44 pm

    Oi Cassia, tudo bem? Eu já li tantas resenhas positivas desse livro que em cada uma eu fico mais animada para ler. O que percebo é que o livro passa uma mensagem, principalmente de ensinamentos, lições de vida e gosto de livros assim, que me surpreenda e faça eu desestruturar minhas emoções. Adorei sua resenha e fiquei ainda mais animada com a leitura.

    Beijos,
    Leitora Sempre

  • Reply
    Paty Souza
    novembro 27, 2014 at 6:34 pm

    Oi Cássia.
    É verdade, o ser humano é cruel, e quando a gente para pra pensar nisso realmente aperta o coração e incomoda dentro da gente.
    Nossa quando terminei de ler sua resenha, lembrei de uma personagem que eu me apeguei tanto que queria abraçá-la, eu queria realmente que ela pudesse estar perto, e você retratando o August dessa maneira já me emocionou.

    Beijos.
    Leituras da Paty

  • Reply
    Jacqueline Braga
    novembro 27, 2014 at 9:34 pm

    Oie Cah
    esse livro é tão amor, que dá vontade de comprar essa nova edição e ler tudo novamente. Foi um dos melhores livros que li em 2013.
    Bjos
    http://www.mybooklit.com

  • Reply
    Jéssica Melo
    novembro 28, 2014 at 7:10 pm

    Olá Cassia, esse livro parece ser super fofo e emocionante, porque aborda um tema tão comum que é o bullying com pessoas diferentes de uma forna natural.

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

  • Reply
    Matheus Rocha
    novembro 28, 2014 at 7:47 pm

    Olá

    Incrível como esse livro conquista qualquer pessoa que proponha-se a lê-lo. Eu também amei Extraordinário e, mesmo estando um pouquinho receoso com relação ao que farão com ele no cinema, também estou bastante curioso e ansioso para ver como vai ficar o resultado final. Foi sem dúvida um dos melhores livros de 2013 e recomendo a todos que ainda não o leram;

    Abraço!
    http://www.umomt.com

  • Reply
    Diana Canaverde
    novembro 29, 2014 at 12:57 am

    Olá… tudo bem??

    Nossa que resenha profunda… mas sendo desse livro era o de se esperar… eu não pretendo lê-lo, mas gosto de ler as resenhas que são feitas dele… porque são profundas, intensas e tudo de bom que o livro deve apresentar… as pessoas costumam demonstrar tanta leveza nas resenhas.. tanto carinho… que já consigo ver esse menino de coração bom… ele age como toda a criança que é amada pela familia… ou no mínimo pelo amigos…e claro que não podemos dizer que há as adversidades, mas pelo que percebi ele sabe tirar tudo isso de letra certo?? Xero!!

  • Reply
    Ana Zuky
    novembro 29, 2014 at 11:42 pm

    Olá Cassia,
    nossa como leio só elogios a esta obra. E digo que não sou fan do gênero. Por achar muito martirizante.
    Porem quando um livro retrata algo real, acho quase impossível resistir e deixar de lado, e este livro é daquele que quando termina você fica horas refletindo sobre a historia. E gosto disso, gosto quando a leitura mexe com os leitores e os façam ate ter uma ressaca literária.
    Ele esta na minha lista faz tempo, mas infelizmente não consegui achar um tempo para ler. Pretendo muito em breve mudar esta situação e espero muito poder me sentir assim como você.
    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

  • Reply
    Larissa - Srta. Bookaholic
    dezembro 4, 2014 at 3:36 pm

    Oi, tudo bem? *-*
    Eu adorei sua resenha e por sorte já tive a oportunidade de ler e conhecer a história incrível que esse livro tem, ele é simplesmente EXTRAORDINÁRIO mesmo, né? É uma história escrita de forma tão leve, mas que aborda um tema tão complicado e difícil, a R.J. Palacio foi incrível ao escrever esse livro, ela conseguiu deixar tão mais leve a leitura de algo tão cruel :/ Enfim, eu nem sei bem o que comentar sobre esse livro, ele é um dos meus favoritos da vida toda e creio que vai continuar nessa posição para sempre kkkk

    Beijos :*
    Larissa – http://srtabookaholic.blogspot.com.br

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.