Procurei em Sonhos

[Resenha] – Amor ao pé da letra

Em Amor ao pé da Letra somos apresentados a Lauren Cunnigham, uma moça que mudou recentemente dos Estados Unidos para Londres e está cansada de se decepcionar quando o assunto é relacionamentos. Pensando nisso, ela decide que irá se aventurar em uma "pesquisa cientifica" utilizando como base livros de auto-ajuda para descobrir o que (supostamente) existe de errado com ela. Apesar de tentar passar uma mensagem de que é decidida e segura de si, nossa protagonista acaba se metendo em grandes furadas por conta de seu experimento e em vários momentos surgem dúvidas sobre o que ela realmente quer, quem ela é, e aonde quer chegar. Seu passado ainda é um mistério, e aos poucos vamos abrindo sua caixa de segredos e descobrindo o que realmente ela esconde atrás de todos seus sorrisos, noitadas e cigarros.

Com a ajuda de sua companheira de apartamento, de sua irmã (que ainda mora nos Estados Unidos), e de sua colega de trabalho, Lou mergulha de cabeça nessa aventura e descobre que nem tudo é o que parece. Ao todo são cerca de sete ou oito livros que ela utiliza como guias, sendo que cada um deve ser lido/seguido durante um único mês. E então Lauren começa a passar por várias mudanças de comportamento: em um mês ela precisa ser recatada e sofisticada, e no outro deve se comportar de forma vulgar.. Dessa forma os personagens masculinos (e alguns femininos) são introduzidos na trama, sempre de uma maneira natural, divertida e comovente.

Eu torci bravamente para que ela desse certo com um dos três personagens que mais chamaram minha atenção no decorrer da história. Obviamente que um deles era desprezível na maior parte do tempo, mas a esperança é a última que morre e eu esperei (e muito) que ele tomasse juízo. No entanto, adorei como tudo foi finalizado! Um dos meus três preferidos foi o "escolhido" e as últimas páginas me emocionaram demasiadamente. Nem preciso dizer que fiquei dando pulinhos de alegria, não é mesmo?! 

A leitura desse livro foi uma grande surpresa para mim: eu havia me interessado (e muito) por sua premissa, mas quando ainda estava nas primeiras páginas, tive certo receio de que poderia se tornar uma leitura cansativa. No entanto, a partir do momento em que Lauren começa sua "pesquisa cientifica", criei uma conexão com a trama e não conseguia largar meu exemplar!

Se você está em busca de um livro divertido, sugiro fortemente a leitura de Amor ao pé da letra! Melissa Pimentel me surpreendeu com sua escrita e com seu jeito engraçado de relatar fatos que faziam parte do cotidiano de seus personagens. Além disso, ela também soube introduzir diversas críticas no decorrer de sua obra, e isso fez com que o livro ganhasse mais pontos em meu coração. E não posso deixar de citar de que a impressão que tive foi a de que a autora utilizou Lauren como uma espécie de "porta voz" para nos mostrar a realidade que (infelizmente) algumas mulheres vivem em busca do homem ideal.A edição da editora Paralela está impecável! Os diálogos são feitos no formato americano (utilizando aspas duplas ao invés de travessão), e felizmente isso não foi um empecilho para a realização da leitura da obra. A revisão também está de parabéns e fiquei apaixonada pelo material utilizado nas páginas.

Editora: Paralela

ISBN: 9788565530859

Autor(es): Melissa Pimentel

Páginas: 304 páginas

Ano: 2015

Skoob | Orelha de Livro

Visite o site oficial

* Livro cedido para resenha pela Editora.

Eu li: Métrica (Slammed #1)
Novidades sobre "Senhorita Aurora"
Eu li: O Homem de Giz
4 comentários
  • Lygia Netto

    Oi Cássia! 🙂

    Curti bastante a leitura tbm, só achei desnecessário a comparação com Bridget Jones, apesar de entender que fazem isso para "chamar atenção". Achei a história despretensiosa e a Lauren uma ótima personagem! 😀

    Beijos!
    Lygia – Brincando com Livros

    Responder
    • Cassia

      Oi Lygia!
      Acho que os dois livros são bem diferentes, principalmente pelo foco e mensagem a ser passada. A única coisa que encontrei em comum foi o fato de ser escrito através de um diário (e também personagens que fumam demais, hehe).

      Beijos e obrigada pelo comentário!

      Responder
  • Erika Rossas

    Nossa, que capa linda! e que proposta né?
    adoro livros assim… mais despojados!
    já entrou na minha lista de leitura. hehehe

    beijos

    Responder