InLivros, Resenhas

[Resenha] – Cidade dos Etéreos

DSC_2205

⚠ Essa resenha pode conter spoiler do primeiro livro da trilogia. Para ler a resenha, clique aqui. ⚠

Após surpreendente de O lar da Senhorita Peregrine para crianças peculiares, onde a senhorita Peregrine foi transformada em ave e não conseguia voltar para a forma humana, Jacob e seus amigos peculiares partem em busca de ajuda, mas eles não faziam ideia do que iriam encontrar. Além de novos personagens e peculiaridades, também podemos conhecer novas fendas temporais e novamente a realidade se mistura com ficção – e eu adorei mais ainda essa característica do livro.

A leitura de Cidade dos Etéreos foi extremamente interessante, uma vez que nesse segundo livro da trilogia o autor nos presenteia com uma avalanche de informações a respeito do mundo dos peculiares. Eu fiquei muito feliz em poder conhecer mais a respeito dos peculiaresymbrynesacólitosetéreosAlém disso, é nesse livro que temos o primeiro contato com os Contos Peculiares, que é uma espécie de livros de fábulas a respeito dos peculiares (esse livro também já foi lançado pela Intrínseca, e estou doida para lê-lo).

DSC_2208

Nesse livro também é possível acompanhar o amadurecimento de Jacob, tanto nas questões relacionadas aos sentimentos por Emma, quanto no que diz respeito a sua peculiaridade. No entanto, conforme ele aprende a lidar com a peculiaridade, ele acaba ficando com medo de decepcionar os amigos e não conseguir ajudá-los a transformar a Senhorita Peregrine de volta a forma humana. O autor também deu destaque para os demais peculiares, e eu gostei bastante dessa característica da obra.

O desenrolar e desenvolvimento da trama foram de tirar o folego e o final superou todas as minhas expectativas. Pela primeira vez eu fiquei com vontade de discutir com o autor, porque O QUE FOI AQUELE FINAL?!?! Sério, o livro todo foi cheio de surpresas, mas o final parecia com aquelas reviravoltas de novela mexicana e eu não conseguia acreditar no que eu estava lendo.

DSC_2207

Cidade dos Etéreos cumpriu perfeitamente o papel de “livro do meio” da trilogia, e instigou ainda mais a minha curiosidade para a leitura de Biblioteca de Almas. E da mesma forma que no primeiro, nesse livro também temos uma entrevista muito interessante com o autor no final do livro, além de um acervo interessantíssimo de fotos.

Não vejo a hora de realizar a leitura de Biblioteca de Almas para descobrir o desfecho dessa trama. E também, é claro, pretendo ler Contos Peculiares o quanto antes. Ransom Riggs me surpreende a cada livro que leio.


SELO_BLOGSPARCEIROS_2016

*Comprando na Amazon através desse link você ajuda o blog através de uma pequena comissão.

2

You may also like

2 Comments

  • Selma Camila Barbosa

    Eu não li o post. E não foi porque sou um leitor desnecessário, haha. É só que estou louca pra ler essa série e assim que vi que tinha spoiler, achei melhor rolar a página por completo só pra não perder o gostinho quando eu for ler, haha. Enfim… Sei que é um comentário meio desnecessário de qualquer forma, mas só pra não deixar minha visita em branco 🙂

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    janeiro 29, 2017 at 10:59 pm Reply
  • Procurei em Sonhos

    […] que me conquistaram! Read more [Resenha] – Aconteceu naquele verão Read more [Resenha] – Cidade dos Etéreos Read more Um pouco sobre ‘As Crônicas de Nárnia’ Read more [Resenha] […]

    fevereiro 16, 2017 at 8:01 pm Reply
  • Deixe uma resposta para Procurei em Sonhos Cancel Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.