Procurei em Sonhos

4 motivos para ler O Grande Ivan

Oi, gente! Tudo bem com vocês?!

Recentemente eu criei um desafio pessoal que se resume em ler (pelo menos) 50 livros no ano de 2018. Eu sei que esse número é um pouco baixo para algumas pessoas, mas levando em consideração a minha rotina super corrida, acho que 50 livros para um único ano é uma quantidade ok. (se você quiser conferir a lista dos livros, clique aqui).

Por conta desse desafio, eu realizei a leitura do livro O Grande Ivan e me apaixonei pela história. Confesso que eu já tinha colocado esse livro para trocas no Skoob vááárias vezes, e até tinha cogitado colocar na caixa de doações. Mas alguma coisa me dizia que eu precisava lê-lo. Eu gostei tanto dessa obra, que hoje estou aqui para dividir com vocês quatro motivos para ler O Grande Ivan.

1) Singelo, tocante e emocionante

Acho que a primeira coisa que me tocou durante a leitura foi a escrita de K. A. Applegate. Ela transformou a história de Ivan (um gorila muito gente boa) em algo tão emocionante. Com o passar das páginas, era possível entender como é difícil, para os animais, viverem em jaulas, fora do habitat natural. Digo isso porque Ivan e seus amigos viviam presos em "domínios" dentro de um shopping. Para mim, essa grande amizade era o que dava forças para eles seguirem suas rotinas.

Cada atitude de Ivan, cada gesto, cada diálogo ou recordação me deixavam muito emocionada. Minha vontade era de entrar na história e dar um grande abraço em todos eles.

2) Muito mais do que um livro infanto-juvenil

Algumas pessoas podem ter certo preconceito por conta de O grande Ivan ser um livro voltado para o público mais novo. Mas garanto para vocês que essa história é tão bonita e ao mesmo tempo nos dá uma grande lição de moral, que fica impossível não se apegar as situações e personagens. Para mim, esse livro foi muito maduro e deve ser lido por pessoas de todas as idades.

"Os humanos desperdiçam palavras. Eles as jogam como cascas de bananas e as deixam apodrecer."

3) A versão dos animais

Esse foi um ponto que eu gostei bastante. Durante os capítulos, podemos conhecer a versão dos animais a respeito de como eles foram parar no shopping, como eles convivem com os humanos, como eles se relacionam entre eles, e também como é difícil viver fazendo apresentações. É muito interessante saber como eles lidam com os problemas, com a saudade, e também com a pressão de estarem sempre presos. Em alguns momentos eu fiquei com vontade de chorar, porque eu nunca tinha parado para pensar sobre isso, e me emocionei bastante.

4) Personagens marcantes

Geralmente eu me apego muito aos personagens dos livros que eu leio, e com O grande Ivan isso não foi diferente. Cada personagem possuí uma história, desde Ivan, Stella, Ruby e Bob, até a Júlia e seu pai. Eu não vou ficar entrando em detalhes a respeito disso, mas a autora nos presenteou com personagens incríveis, marcantes e leais. É impossível não se apaixonar por eles.

" – As lembranças são preciosas – acrescenta Stella. – Elas nos ajudam a ser quem somos."


Espero que eu tenha conseguido convencer vocês a lerem essa obra. Eu gostei tanto da história, que o livro acabou entrando para a minha lista de favoritos. Me faltam palavras para expressar como O grande Ivan mexeu comigo… Se eu pudesse, eu enviaria um exemplar para todos os leitores do Procurei em Sonhos, porque eu quero que todo mundo leia esse livro também!

~> Adquira seu exemplar de O grande Ivan clicando aqui. <~

Se alguém já tiver lido, por favor, deixe um comentário. Vamos espalhar essa grande obra aos quatro ventos <3

Beijos e até o próximo post!

Eu li: Tarsia #1 – O Reino de Harmonia
Eu li: Tudo o que nunca contei
A delicadeza de Julianna Swaney
54 comentários
  • Miria

    Oi, como vai? Adorei seu cantinho, é a coisa mais linda!
    Eu já passei por essa de querer dar muito um livro e acabar se surpreendendo com ele. Nunca ouvi falar desse livro, mas também não tenho muita experiência com infanto-juvenis, talvez seja por isso. Agora pretendo abrir um pouco mais minha mente a respeito do gênero.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Miria! Tudo bem e com você?!

      De vez em quando eu gosto de me aventurar nesse gênero, principalmente quando estou procurando alguma leitura mais leve.

      Beijão <3

      Responder
  • Nívea Freitas

    Olá Cássia
    Vim retribuir a visita que fizestes ao meu blog!
    Amei os motivos mas não sei se lerei rsrs!
    Amei seu blog <3

    estanteclassica.blogspot.com

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Nívea! Obrigada pela visita <3 te espero aqui mais vezes :*

      Responder
  • Amanda Larsen

    Oiee, tudo bem?
    Me empresta esse livro para me emocionar? hahaha, já ouvi falar do livro, mas nunca a respeito de como você falou, de algo bem profundo de como é por trás da história que deixou emocionante para ti, a capa pode ser para os mais jovens, mas a escrita pode ser outra, pretendo um dia encontrar na livraria esse livro <3
    Eu acho o número 50 uma ótima meta para esse ano, porque comecei a faculdade e não queria apenas ler 10 livros, 50 está ótimo! haha, quando eu estava no ensino médio, eu conseguia ler 90 livros em um ano e sido falta disso kkkk
    Está de parabéns pela sua bela escrita que também nos faz atrair para algo que está falando <3

    Beijos
    http://www.mandyliine.blogspot.com

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oie, Amanda! Tudo bem e com você?!

      Juro que se você morasse perto de mim eu emprestava meu exemplar, hahaha!

      Eu espero não flopar a minha meta, porque esse mês foi bem devagar x_x mas obrigada pelo incentivo!

      Te espero aqui mais vezes :*

      Responder
  • Mari Zavisch

    Oi, Cássia!
    Eu não conhecia o livro, mas amo quando a premissa é sobre animais. Principalmente quando o ponto de vista é deles.
    Parece ser bem profundo, né? Achei bem interessante e gostei da sua ideia de mostrar esse livro para nós.
    Vou colocar na minha wishlist e espero poder ler em breve!
    Beijinhos.

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Mari!
      O interessante desse livro é saber o que os animais pensam e como eles reagem em diversas situações…
      Espero que você consiga lê-lo em breve!
      Beijão :*

      Responder
  • Clarissa Assis

    Acho que esses livros assim são os que mais tocam a gente. Não conhecia esse, mas fiquei bem curiosa e agora já quero ler. Me lembrou um pouco O Jardim Secreto não sei porque hahah.

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Puxa, eu sempre quis ler O Jardim Secreto, e agora que você falou que essa história te fez lembrar dessa obra, minha curiosidade só aumentou…

      Responder
  • Eliza

    Amada, 50 livros não são poucos nunca. Não se compare com os outros, cada um tem sua rotina, seu tempo. 50 livros é muito!!! Parabéns por sua dedicação.

    Sua lista tem livros incríveis, outros eu não conheço e já vou aproveitar a lista pra fazer umas anotações hehe

    Adorei sua resenha e seu cantinho aqui! <3

    beijooos

    http://www.aquelaepifania.com.br/

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Puxa, antigamente eu lia muito mais de 50 livros em um ano… Espero atingir essa meta durante 2018!
      Beijos :*

      Responder
  • Silvana Crepaldi

    Olá, Cássia.
    Eu fiquei bastante curiosa comesse livro quando lançou. Mas depois foi passando o tempo e esqueci dele. Obrigada pro me lembrar. Vou colocar na lista porque quero muito ler ele.

    Prefácio

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Sil!
      Espero que você consiga ler esse livro em breve! Depois me conta o que achou :*

      Responder
  • Luiza Helena Vieira

    Eu já vi alguns comentários sobre esse livro, mas ele nunca me chamou muita atenção. Depois desse post, quem sabe eu não dou uma chance.
    Beijos
    Balaio de Babados

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Lu!
      Se tiver oportunidade, dê sim uma chance ao livro – estou torcendo para você gostar da leitura!
      Beijos :*

      Responder
  • Dai Castro

    Você deu os melhores motivos para se ler uma história como essa! FIquei morrendo de vontade de conhecer essa história, nunca tinha ouvido falar desse livro e estava eu me perguntando quem seria esse tal ivan hahaha!
    Não me importo com histórias infanto juvenis, acho que grande parte desses livros possuem uma delicadeza tão grande! Ainda mais quando se coloca bichinhos na trama! Esse é o meu ponto fraco da vida, sempre me sensibilizo!
    Um beijo!
    Colorindo Nuvens

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Dai!
      Eu também acho que os livros desse gênero são mágicos e delicados. E sou do time que tem um fraco por bichinhos, então você já viu, né?! hahaha
      Beijos :*

      Responder
  • Nana

    Oi Cássia,
    Ah, uma amiga que resenhou esse livro lá no blog e amou.
    Eu quero muito ler e já sei que irei me emocionar também, pois qualquer coisa que envolve animais já me deixa emotiva. E ainda, com a abordagem que a autora fez. Soube que vai ter filme da Disney, já estou bem ansiosa tb.

    Ah, eu acho 50 livros lidos um bom tamanho na meta. Ano passado eu consegui e fiquei super feliz. haha

    até mais,
    Nana – Canto Cultzíneo

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Nana! Vou procurar a resenha no seu blog assim que tiver um tempinho livre. Eu não sabia que ia ter filme da Disney, então agora você me deixou bem ansiosa por mais novidades a respeito do tema, hahaha!

      Beijão :*

      Responder
  • Luciana Midory

    Olha eu aqui o/
    Menina, faz muito tempo que não visito blogs com o intuito de comentar… antes eu tinha o hábito de visitar toda semana, mas aí me mudaram de lugar, instalaram câmera na sala… minha vida no trabalho virou um inferninho. Porém, contudo, entretanto, hoje é meu antepenúltimo dia neste lugar, então decidi visitar os blog tudo *-* – atitude nada profissional que não recomendo, mas é o que dá, ahahaha. Espero que no meu próximo emprego eu consiga fazer isso com mais frequência (até porque fazer isso em casa não dá, chego muito acabada, já desisti >_<).

    ENFIM! Amei tanto o seu desafio de ler 50 livros em 1 ano quanto a sua listinha linda e super organizada! Eu achei a quantidade boa e realista e já estou curiosa sobre alguns títulos em especial 🙂

    Quanto ao livro, eu fiquei super interessada! Sou fã de histórias infantojuvenis (meu livro preferido é As Crônicas de Nárnia) e seus motivos foram bem convincentes ahahahah! Sua foto abraçada com o livro ficou muito fofinha e irei colocá-lo na listinha de desejados <3

    Beijos, Cássia linda!

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Luuu!!!
      Que droga que te mudaram de lugar 🙁 mas era o antepenúltimo dia pq você ia mudar de lugar ou de emprego? :O

      Estou ansiosa para conseguir realizar a meta de leitura, mas confesso que ultimamente meu ritmo está baixo 🙁 A respeito de O grande Ivan, acho que você iria gostar bastante, principalmente pelas resenhas que já li no seu blog!

      Beijão :*

      Responder
  • Ray Menezes

    Que resenha gostosa de ler! Imagino que a leitura também tenha sido assim. Eu gosto bastante de livros voltados pro público infanto-juvenil, claro que não me identifico com todos – afinal, já passei dessa fase há muito tempo – mas tem leitura que ensina, tem leitura que emociona… e não tem idade certa pra isso, né? Eu nunca tinha ouvido falar de O Grande Ivan, mas fiquei com muita vontade de ler e também presentear meu sobrinho com ele, acho que íamos gostar bastante de ler. Achei a capa bem linda e sou dessas que, às vezes, compra um livro pela capa. Então é mais um ponto positivo pra mim hahahaha Vou colocar na lista xD

    Um beijão!
    Hey, Maria! | Fanpage

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Ray!
      Eu também já passei dessa fase faz um tempinho, mas eu gosto do gênero e sempre que dá leio alguma coisa. Espero que você consiga adquirir o exemplar para o seu sobrinho e que a leitura seja bem proveitosa xD

      Beijão

      Responder
  • Monique

    Tem tudo o que eu gosto nesse livro, já percebi. Adoro personagens marcantes, não é sempre que vemos animais fazendo esse papel, mas é tão legal também..

    Responder
    • Cássia Vicentin

      <3 Espero que você consiga ler esse livro em breve e goste tanto quanto eu!

      Responder
  • Emy

    Oi Cah!
    Eu adoro livros onde os personagens principais são animais. Gosto muito de ler e assim, descobrir um pouco como eles vivem, pensam… (pelo menos nos livros conseguimos sentir isso, né? Queria que os animais realmente pudessem falar como a gente…)

    Fiquei bem curiosa!!

    Beijoos <3

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Emy, querida! Eu também queria que os animais falassem com a gente, mas acho que eles transmitem a pureza e os sentimentos de outras maneiras <3 Leia esse livro, você vai adorar :*

      Responder
  • Gabriela Farias Soares

    Ah, que amor que ficou esse estilo de resenha, adorei! 50 livros são poucos pra você, mulher? Socorro, pra mim isso é muito HAHA acho o máximo quem consegue ler tanto assim em um ano, um dia eu chego lá! Sei bem como é a sensação de querer se desfazer de um livro mas ao mesmo tempo sentir que deveria dar uma chance pra ele, tô assim com vários da minha estante. E ainda não conhecia O Grande Ivan, e sendo bem sincera, eu não sou muito de ler/assistir obras em que animais falam e são protagonistas, mas curti bastante os motivos e fiquei com vontade real de mergulhar nessa história.
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Gabi! Eu também estou achando 50 livros muita coisa, mas não custa nada sonhar, não é mesmo? ahhahaha E eu fico feliz que você tenha gostado da postagem (mesmo livros desse tipo não sendo os seus preferidos).

      Beijoss

      Responder
  • Sté Maciel

    Nunca tinha ouvido falar sobre ele, adorei!

    mariasabetudo

    Responder
    • Cássia Vicentin

      <3

      Responder
  • Aléxia Macêdo

    Primeira coisa, eu estou profundamente apaixonada pelo seu blog, pelo layout e toda beleza. Ele já está salvo aqui para eu visitar sempre. Amei demais!!

    Segunda coisa, eu até hoje não consegui ler 50 livros em um ano, mas mesmo com a rotina corrida coloquei a meta para ler 80 em 2018, se eu conseguir vai ser maravilhoso, mas se eu não conseguir tudo bem também 🙂 Terceiro, eu nunca nem tinha ouvido falar dessa história, acredita? O livro parece ser bem legal, aqueles que deixam nosso coração quentinho, rs.

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Aaaaa que comentário mais lindo!! <3 Obrigada pelas palavras <3
      Acho que as metas servem mais pra gente se organizar do que uma obrigação. Se der certo, ótimo. Se não der, segue o baile.
      Eu fiquei com o coração bem quentinho (e triste em alguns momentos) enquanto lia o livro.
      Beijão e volte sempre <3

      Responder
  • Leslie Leite

    50 livros é um ótimo número, por ser devagar para ler, eu sempre leio menos que isso em um ano, mas tudo bem, vida que segue, kk.
    É tão bom quando a gente não espera muito da leitura e acaba sendo surpreendido né?! Eu não conhecia esse livro e seus quatro motivos para lê-lo conseguiram me persuadir a colocar o título na minha lista para futuras leituras.
    Primeira vez que visito seu blog e estou encantada com a sua escrita.
    Beijo!

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Antigamente eu lia mais de 50 livros por ano, mas acho que já estou flopando a meta, hahaha! Gosto bastante de livros que surpreendem e com O Grande Ivan isso não foi diferente. Se você ler o livro, depois me conta o que achou <3

      Responder
  • Pollyanna Reis

    Olá Cássia.

    Adorei seu espaço!
    Não conhecia o livro e vou anotar ele aqui com certeza.
    Bjos http://www.momentosdeleitura.com

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oie! Te espero aqui mais vezes! Obrigada pela visita! <3

      Responder
  • Tamires Marins

    Oi, Cássia

    Sei bem como é gostar tanto de um livro a ponto de querquerer enviá-lo para todo mundo,  mas não poder! Rss
    Muito bacana que o livro traz algumas lições,  eu só não leria porque não curto histórias sobre animais. Eu juro que amo os bichinhos,  tenho um gato que é meu xodó e só não tenho um cachorro por falta de espaço, mas quando o assunto é livro  e filme… 
    Pra você ter uma ideia, eu não derramei uma lágrima com Marley & Eu! Eu tenho um coração, ok? Mas não sei o que rola! Hahahaha

    Beijos 
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Tami!

      Sei bem como é complicado ler histórias com animais… Mas, diferente de você, eu me envolvo muito fácil com os livros que leio – e sempre aparecem mil sentimentos durante as leituras, hahah!

      beijão ;*

      Responder
  • Cleber Eldridge

    Eu já passei por esse livro algumas vezes, agora fiquei interessado.

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Espero que você goste do livro!

      Responder
  • Jessica

    Oie,

    Sempre tive vontade de ler esse livro, mas vou deixando de lado pelos outros.
    Espero poder ler ele em breve.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oie,

      Obrigada pela vista! Espero que você consiga ler o livro em breve <3

      Responder
  • Maiele Luz {Sonhada Vida}

    Aaaaai nem estava na minha lista e agora vc me deixiu desesperada pra ler kkkkkkkk quando eu for ao Brasil acho que uma mala vai ser só de livros! Beijinhos

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Menina do céu, não sei onde você mora, mas tenta arrumar um exemplar desse livro. É um amorzinho só <3

      Responder
  • Pandora

    Você retirou o livro do limbo no qual ele vivia na minha memória literária. Me deu vontade de ler!

    Jaci
    Uma Pandora e Sua Caixa

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Leia, leia <3 depois me diz se gostou!

      Responder
  • Priih

    Oi Cássia, tudo bem?
    Como eu nunca tinha ouvido falar nesse livro antes?
    Achei a ideia de explorar o lado dos animais muito boa. Deve ser tocante mesmo, porque já sofro só de pensar em quanto nós, humanos, utilizamos os animais para lazer e outras coisas. 🙁 É muito cruel…
    A capa do livro também é linda, adorei.
    E 50 livros é bastante! Eu li 27 ano passado e já achei que tava arrasando HAHAHA! Boa sorte na meta de leitura. <3
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Prih! Esse livro, infelizmente, não é muito conhecido 🙁 A humanidade é muito cruel com os animais, principalmente quando eles ficam em cativeiros ou são mortos por puro luxo… Enfim 🙁

      Ano passado eu li bem pouco, mas espero ler mais nesse ano ^^

      Beijão :*

      Responder
  • Luana Souza

    Olá. Nunca li o livro e é a primeira vez que estou vendo sobre ele, achei interessante e realmente me despertou a vontade de lê-lo através dos seus quatro motivos. Já adicionei na minha listinha 🙂

    Beijos,

    https://elasdizem-blog.blogspot.com.br/

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Lu! Fico feliz em saber que meu post te deixou curiosa a respeito do livro ^^

      Beijos <3

      Responder
  • Denise Crivelli

    Oi
    na época do lançamento falavam bastante desse livro, fazia tempo que não lia resenha dele, gostei da dicas, eu precisa mesmo saber o nome de algum livro infanto juvenil, já que prometi dar um pra minha prima.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    Responder
    • Cássia Vicentin

      Oi, Denise! Eu lembro que a Editora fez algumas campanhas a respeito do livro, mas acho que, infelizmente, os leitores não se sentiram muito atraídos (o que é uma pena, porque a história é bem legal). Espero que a sua prima goste do livro ^^

      Bjsss

      Responder