Livros Resenhas

Eu li: Talvez um dia + Talvez agora

Oi, gente! Tudo certo com vocês?!

Hoje vou falar um pouco sobre os livros Talvez um diaTalvez agora, escritos pela Collen Hoover e publicados no Brasil pela Galera Record. Li o primeiro livro em 2018 e tive a oportunidade de ler o segundo esse mês, quase três anos após ter finalizado a leitura de Talvez um dia. Porém, os livros se passam no mesmo universo, por assim dizer, e em ambos temos praticamente a presença dos mesmos personagens. Por conta disso, eu acabei optando por fazer um post único a respeito dos dois títulos. Eu vou tentar ao máximo não dar spoilers a respeito das histórias, mas pode ser que alguma informação ou outra acabe passando, já que os dois livros se completam.

Através da leitura de Talvez um dia conhecemos a história de Sydney, uma jovem cheia de planos e completamente apaixonada por seu namorado. Mas tudo mudou quando Sydney descobriu uma traição dupla, envolvendo as duas pessoas em quem mais confiava: sua melhor amiga e colega de apartamento e seu namorado.

Após sair de casa, Sydney acaba indo passar uns tempos no apartamento de Ridge, um vizinho que ela pouco conhecia. E nessa história de conhecer melhor seu vizinho e novo colega de apartamento, Sydney acabou criando certo sentimento pelo fofo e atencioso Ridge. E não seria novidade nenhuma se eu falasse que ele também começou a nutrir certos sentimentos por Sydney, né? Mas o problema era que Ridge tinha uma namorada e Sydney não queria se transformar na amiga traidora da história. Pois é, acho que já temos um enredo de café com aroma de gigabyte, como diria o Pablo.  Dessa forma, somos convidados a acompanhar o desenrolar da história de Ridge e Sydney, além de conhecer mais a respeito das dificuldades enfrentadas por nosso mocinho fofo e também os dilemas e peripécias dos demais moradores do apartamento: Warren e Bridgette.

Talvez agora começa praticamente no mesmo ponto em que Talvez um dia terminou. De acordo com a sinopse, o objetivo do livro era mostrar como estava a vida dos personagens após os acontecimentos do primeiro livro, com foco da vida de Maggie. E é claro que nessa trama a autora incluiu mais um mocinho fofo, carismático, paciente e tudo de bom: o Jake. Sério, eu juro pra vocês que eu adorei que a Maggie se envolveu com uma pessoa tão incrível ♥ E foi muito bonito e esperançoso ver como a Maggie se permitiu tantas coisas nesse segundo volume. Mas assim, cá entre nós, eu me irritei muito com a Maggie nesse livro. Acho que até mais do que com a Sydney no primeiro volume. Porém não me sinto com propriedade para julgar as decisões da Mag, uma vez que não faço ideia de quão difícil é viver com uma doença que não tem cura.

Eu particularmente não concordei com muita coisa do que aconteceu nesses dois livros, achei que algumas situações não fariam sentido na vida real, mas o segundo me deixou com um pouquinho mais de raiva. Porém, essas características não fizeram com que eu desgostasse dessas histórias. Muito pelo contrário, eu consumiria mais livros desse universo.

Os personagens secundários dessas duas tramas são muito interessantes. Gostaria que a autora tivesse dado mais destaque para Warren e Bridgette, além de Brennan, que é o irmão do Ridge. Em uma rápida pesquisa descobri que existe um spin off que aborda o relacionamento de Warren e Bridgette. Infelizmente o livro ainda não foi publicado no Brasil, mas é possível adquirir a versão física ou em e-book do livro em inglês.

Fofos, cativantes e deixam um quentinho no coração ♥

 

Talvez um dia e Talvez agora são dois livros embalados por uma trilha sonora muito fofa, já que Ridge faz parte de uma banda. As composições das letras apresentadas no livro, tanto as que Ridge escreveu para Sydney e também as que os dois escreveram juntos são muito bonitas. Elas completam o enredo da trama de uma maneira única e emocionante.

Eu sinceramente gostei muito de como a minha deusa Collen Hoover abordou temas interessantes nesses dois livros, entre eles a surdez, a doença de Maggie, e também, de certa forma, relacionamentos abusivos. Eu sou suspeita pra falar porque até hoje eu gostei de todos os livros da CoHo que li. Confesso pra vocês que foi gostoso voltar ao universo de Talvez um dia, mas acho que esse segundo livro não seria assim tããão necessário. Porém, acabou sendo uma leitura bem prazerosa e devorei a história em poucas horas.


Editora: Galera Record | Autora: Colleen Hoover | Tradução: Natalie Gerhardt e Priscila Catão

Compre os livros na Amazon através do link do blog e ajude o Procurei em Sonhos através de uma pequena comissão: Talvez um dia | Talvez agora

Posts relacionados

3 Comentários

  • Reply
    Blinho Bernardinette
    abril 19, 2021 at 6:42 pm

    O famoso blog perfeito

  • Reply
    Sil
    abril 20, 2021 at 8:01 am

    Olá tudo bem ?
    Estou passando aqui primeiramente para agradecer pela sua visitinha lá no cantinho do I LOVE MY BOOKS e também dizer que fiquei muito feliz de ter visto seu comentário por lá. Sinto até falta do pessoal dos Bloggers pra tu ter uma ideia viu ? rs…. Segundo, é que até hoje eu só li o livro Um Caso Perdido da Autora. E já faz tempo viu ? Eu preciso ler esses livros mais atuais da autora. Vejo comentários muito bons sobre eles. Espero poder gostar da leitura de Talvez um dia, porque os temas que a autora aborda são bem interessantes e as vezes até necessário porque nos faz refletir de diversas formas. Isso eu acho muito legal.

    Enfim… Adorei seu cantinho. É lindo viu ?
    Vou passar aqui mais vezes. Conte comigo =)

  • Reply
    Leyanne
    abril 20, 2021 at 8:52 am

    CoHo não era uma autora que me chamava atenção at´e que li Verity. Quanto aos demais livros seus, não curto muito a temática, apesar de gostar sempre quando ela aborda temas importantes.

    Bjs

    Imersão Literária

Deixe uma resposta para Leyanne Cancelar envio do comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.