Livros Resenhas

[Resenha] – Veneno

Veneno
Saga Encantadas – Livro 01
Sarah Pinborough
Única Editora, 2013
223 Páginas

Skoob | Orelha do Livro

Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos!

Não muito diferente da história que conhecemos (por conta disso não vou ficar “explicando” os fatos): O pai de Branca de Neve sai para uma batalha em busca de novas terras, fazendo com que a Madrasta e Branca passem mais tempo juntas. Não existe um espelho mágico, e sim um guarda-roupas mágico, que fala o que quer e quando bem entende. O príncipe (des)encantado é mimado tanto quanto Branca, e quer tudo de seu jeito; enquanto o caçador é o verdadeiro galã da trama.

Em Veneno temos outra visão de Branca de Neve e os Sete Anões, e isso causa grande impacto na hora da realização da leitura. Nele podemos conhecer a visão da madrasta e descobrir os reais motivos que a levam tentar matar a enteada, além de descobrir que Branca possui uma amizade muito forte com os anões, antes mesmo de fugir do castelo.

A linguagem utilizada é um pouco ‘pesada’, o que agrega muito valor ao livro. Achei interessante o fato de não existir todo aquele mimimi das histórias da Disney, fazendo com a história tivesse um ar mais maduro. Vale ressaltar que eu amo a versão da Disney, mas adorei conhecer o ponto de vista de Sarah. Outro fato interessante é que Branca de Neve não é tão boazinha e a Madrasta só faz o que faz, apenas para se defender.

A autora também investiu muito em sua criatividade e renovação, atribuindo personagens de outros contos para a trama, como é o caso da avó da Madrasta, a bruxa má de ‘João e Maria’. Porém, apesar de possuir características de bruxa, a avó é bem sensata em suas decisões, e até auxilia sua neta para que suas escolhas não sejam tão cruéis.

O único ponto que me decepcionou um pouco foi o fato de que os acontecimentos passam em uma velocidade absurda, mas por outro lado isso cria certa expectativa em relação aos próximos capítulos. No mais, foi um livro que me prendeu do início ao fim.

 

Posts relacionados

6 comentários

  • Reply
    Lyli ~
    novembro 27, 2013 at 12:04 am

    Caramba, me interessou demais! Adoro histórias que falem dos clássicos como coisas mais maduras porque afinal de contas, nenhuma dessas histórias é realmente infantil, né? Todas elas têm uma versão sombria do passado. Me lembrou um pouco Once Upon A Time, mas parece ainda mais interessante porque mostra o outro lado dos personagens e em OUAT os bonzinhos são bonzinhos e a Rainha Má é má mesmo e tal. Adorei o fato de mesclar um conto aqui e outro ali, meio Irmãos Green, né? Gente, já sei que serei fã dessa história hahaha Coloquei na minha estante no skoob!
    Foi uma ótima resenha, beijos!

    http://poucosutil.blogspot.com

  • Reply
    Caroline Centeno
    novembro 27, 2013 at 1:26 am

    Oi linda
    Baah!Não consigo gostar desse livro nem uma resenha tão boa como a sua ;–; A história parece boa mas não o bastante para mim comprar o livro xD
    Conflito de opinião desde que li a sinopse do livro…. ;-;

  • Reply
    O que tem na nossa estante
    novembro 27, 2013 at 2:13 am

    Esse é um dos livros que mais paquero nessa vida literária, ele e o Belo Desastre, sempre fico adiando a compra em busca de uma promoção legal e coisas do gênero. Fiquei feliz em saber que a história ganha densidade e se afasta da Disney porque se for para ter uma história tipo Disney eu vejo o desenho néh?!?! Enfim, tá confirmado uma vez mais na lista, gostei da resenha.

    Cheros, Pandora.

  • Reply
    Yasmin
    novembro 27, 2013 at 6:37 pm

    Sou doida pela capa dos livros e é a primeira coisa que eu olho em um… Adorei a deste! Mas não só isso, fiquei bastante interessada no livro porque sempre fui dessas pessoas que nutrem um apego maior aos vilões e sempre achei eles mais interessantes e racionais que as mocinhas e mocinhos, hahaha. Vou ler assim que der!
    Beijão.

  • Reply
    Viviane
    novembro 28, 2013 at 3:27 am

    Que delícia de resenha, agora estou frita, preciso comprar o livro…rsrs
    Adoro histórias reescritas sobre novos prismas e perspectivas, me dá uma alegria renovada ao ler, ainda mais sendo sobre contos de fadas, que eu amo.
    Amei a resenha, preciso ressaltar de novo <3
    Obrigada pela dica.
    Beijão
    Viviane
    Razão e Resenhas

  • Reply
    Yasmim Namen
    março 9, 2014 at 10:35 pm

    Eu comentei nas resenhas da Jú e da Sah sobre a linda história da Disney e o quanto eu não quero estragar esse faz de conta e feliz para sempre, sabe? :p Daí não tenho a menor vontade de ler a serie/trilogia. u.u'
    Se a vilão parece que tem os motivos porque tem uma enteada fdp, eu fico lembrando de casos de assassinatos na vida real e fico sem entender. XD

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.