InLivros, Resenhas

[Resenha] – A garota das cicatrizes de fogo

A garota das cicatrizes de fogo
Ricardo Ragazzo
Novo Século, 2013
256 páginas

Quatro anos após o desaparecimento da filha e a misteriosa morte da esposa, Johnny Falco recebe uma pista que pode ajudá-lo a desvendar o caso. Um homem aparece morto com as mesmas características inexplicáveis de sua mulher: O CORPO NÃO PASSA DE UM ESQUELETO COM PELE. Seis anos após ter 80% do seu corpo queimado em um atentado, Lisa Gomez acorda em um hospital com uma incontestável diferença: TODAS AS CICATRIZES DE SEU CORPO DESAPARECERAM! E quando o destino dos dois se cruzarem na pequena cidade de Valparaíso, ambos descobrirão que as tragédias que cercam suas vidas estão muito mais interligadas do que poderiam imaginar.

Tive a oportunidade de ler “A Garota das cicatrizes de fogo” através de um book tour organizado pelo blog Leitores Compulsivos. Gostaria de agradecer pela oportunidade, pois gostei muito da leitura e da obra como um todo. Através desse livro tive a oportunidade de conhecer a narrativa de Ricardo Ragazzo e gostei bastante do que encontrei durante a história.

“A garota das cicatrizes de fogo” conta a história de Johny Falco e da jovem Lisa; duas pessoas que nunca se viram na vida, porém possuem certa ligação. Johny encontrou sua esposa morta e sua filha havia desaparecido. Desemparado e sozinho, tem como única razão de viver a vontade de encontrar a filha perdida e vingar a morte da esposa – e para isso ele começa a enfrentar seres sobrenaturais.
Mais ou menos na mesma época em que Johny tem sua vida virada de cabeça para baixo, Lisa ainda é uma criança de 11 anos e após um “atentado” nunca explicado tem mais de 80% do corpo queimado. Moradora da cidade Valparaíso, Lisa decide nunca mais sair de casa pois tem muita vergonha do corpo.Alguns anos após os acontecimentos citados acima, acontece algo glorificante na vida de Lisa: suas cicatrizes somem e ela torna-se uma “garota normal” novamente. Ninguém sabe explicar o motivo disso ter acontecido, mas a garota não se preocupa e decide recuperar o tempo perdido.
Logo após as cicatrizes de Lisa sumirem, acontecimentos estranhos e sobrenaturais começam a surgir em Valparaíso, e Johny – tendo como motivação o reencontro com a filha – decide que precisa visitar a cidade.

O encontro dos personagens é meio que por acaso e a partir desse momento o livro é tomado por uma tensão indescritível. Isso se dá pelo fato de o autor ter inserido um personagem chave para toda a história: Alex. Apresentando características sobrenaturais e perda de memória, Alex cria um apego muito forte com Lisa e os dois vivem um singelo romance em meio ao caos que precisam enfrentar. Até que ponto o amor pode superar as diferenças e as barreiras do tempo?!

“A garota das cicatrizes de fogo” possui uma diversidade muito grande de personagens (que possuem características bem especificas e particulares) e fica bem clara a luta entre o “bem” e o “mal”. O livro conta com muitas cenas de ação, lutas e “rituais”, onde acabamos conhecendo elementos importantes para o entendimento geral da obra.

Aos poucos as peças do quebra-cabeça vão se encaixando e o autor consegue dar um sentido inesperável para a história. De alguma forma, todos os personagens possuem certa ligação e o clima de suspense é presente na maioria dos capítulos. Não existe uma repetição de ideias, nem do excesso de explicações, e isso fez com a leitura fluísse rapidamente. Ricardo revela cada detalhe no momento certo, e sempre é uma surpresa para quem está lendo, porque nada é previsível.

A escrita do autor é bem estruturada e ele não deixou nenhuma linha solta durante a história. Ele abordou um tema mais ‘sobrenatural’, porém acredito que pecou um pouco nos últimos capítulos, onde citou acontecimentos que me deixaram com a sensação de que a história não fazia muito sentido. Acredito que fiquei com essa sensação pois, levando em consideração os elementos utilizados ao decorrer da obra, eu imaginava o final de uma maneira diferente; felizmente esse ponto não prejudica a leitura do livro, uma vez que a leitura é muito proveitosa.

13

You may also like

13 Comments

  • Tamiris Leitão

    Ontem eu entrei em booktour deste mesmo livro, e por força maior você postou a resenha hoje, me deixando MUITÍSSIMO feliz, porque já que você gostou, já existe chances de eu gostar. Estava um pouco ansiosa por esse livro, e posso relaxar. Juro que após essa sua resenha fiquei ainda mais na curiosidade, e quero saber o que interliga Lisa e Jhonny, além de querer saber o porquê das cicatrizes de Lisa terem sumidos.

    Enfim, estou ansiosa. kkk
    Beijos Cá.
    Te amo.

    maio 4, 2014 at 7:10 pm Reply
  • Wandressa

    Já tinha vontade de ler esse livro mas não conhecia muito bem a história dele, depois da sua resenha vi que é bem diferente do que eu pensava, é muito melhor! Parece ser muito bom, um livro recheado de coisas, personagens, etc! Beijos!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    maio 4, 2014 at 10:40 pm Reply
  • Camila Teixeira

    Oi Cassia!
    Sempre tive vontade de ler algo do Ragazzo, acho ele super querido, sempre conversando com todos nas redes sociais!
    Esse livro está na minha listinha a tempos e essa resenha me deu mais vontade de ler, adoro supenses que fazem a gente ligar os pontinhos!
    Espero ler logo e poder discutir ele contigo!
    Beijos!

    http://livrologias.blogspot.com.br/

    maio 4, 2014 at 10:49 pm Reply
  • Samuel Cardeal

    Ótima Resenha! Tenho muita vontade de ler as obras do autor, e você me convenceu a não deixar pra lá.
    E o título do livro é fantástico.
    Beijo

    maio 5, 2014 at 12:51 am Reply
    • Cassia

      Leia, você não vai se arrepender!

      maio 7, 2014 at 11:07 am Reply
  • Livy

    Oie =)

    Adorei a resenha. Este livro sempre me deixou curiosa, pois achei a premissa muito interessante. É legal saber que o livro não é previsível. E apesar de uma escorregada no final do livro, é bom saber que no geral ele vale a pena 😀 Quero ler!

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    maio 5, 2014 at 12:55 am Reply
  • Amanda Almeida

    Oi Tudo bem?
    Esse, creio eu, foi a segunda resenha do livro que li, e fiquei muito curiosa. Achei o enredo diferente e esse foi o ponto que mais me chamou a atenção. E o fato de não ser previsível é um ponto positiva para que eu leia em um futuro breve. Ótima resenha.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    Você é o que lê

    maio 5, 2014 at 2:20 pm Reply
  • Guilherme

    Oi!
    O livro parece ser bem interessante mesmo, nunca li nada do autor mas me deixou curioso.
    Amei sua resenha <3.
    Beijos
    Guilherme – http://leituraforadeserie.blogspot.com.br

    maio 6, 2014 at 12:44 am Reply
  • Ane Reis

    Oie Cássia =)

    Sempre leio resenhas positivas desse livro, e a premissa dele me deixa bastante curiosa para conhecer a história.

    Adoro livros que não são previsíveis, já que é sempre meio frustrante começar um livro e meio que sabendo como ele vai acabar rs…

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

    maio 6, 2014 at 1:07 am Reply
  • Viviane

    Cássia, tudo joia?
    Então, esse é o tipo de leitura que me prende. Pela sua resenha, que está muito bem feita e me fisgou totalmente quero ler a história completa, saber mais sobre esse mistério e os personagens.
    Sendo de escritor nacional tem um atrativo a mais, pois adoro qd nossos escritores me surpreendem com histórias tão intrigantes.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    maio 6, 2014 at 5:42 pm Reply
  • Janna

    Oi Cássia, sempre tive curiosidade para ler esse livro, acho a capa bem bonita…e gostei de saber que ele nos surpreende…por mais que você não tenha curtido tanto o final, ainda fico com muita curiosidade de conhecer a história.

    Beijos!!!
    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    maio 13, 2014 at 8:48 pm Reply
  • Francine Porfirio

    Cássia-flor! Eu adorei esse livro. Foi meu primeiro contato com o autor e tiro o chapéu para a qualidade da obra… Acho que foi exatamente como você comentou, inesperado. Embora o leitor saiba que aquelas duas histórias tão diferentes se relacionarão uma com a outra, é impossível ter real noção do quanto!
    Uma das minhas cenas favoritas me fez rir muito com a imprevisibilidade da obra… Pena não poder comentar sobre ela, porque seria um grande spoiler (rs).
    Adorei a resenha, flor!!!!
    Beijo carinhoso =*

    My Queen Side

    maio 15, 2014 at 7:53 pm Reply
  • Camilla Lobianco

    Cá, também li AGDCDF e concordo que o final é que deixou a desejar. Realmente, a história, os personagens e o sobrenatural presentes foram muito bons, assim como o ritmo, intensificado na metade em diante. Já o finalzinho, me deixou com raivinha… deixou uma leve sensação de nadar, nadar e morrer na praia 🙁 ainda que tudo tenha se resolvido.

    ssentrelivros.blogspot.com.br

    julho 21, 2014 at 4:41 pm Reply
  • Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.