Livros Resenhas

[Resenha] – Férias Infernais

Férias Infernais foi mais um livro de contos que me conquistou. O livro contém cinco histórias diferentes, onde o objetivo é assustar os leitores, já que são temáticas relacionadas ao terror – e quem me conhece sabe que estou criando um gosto especial por histórias assim.

Cruzeiro foi o primeiro conto encontrado no livro e o que mais me agradou. Nele conhecemos a história de duas amigas (Liz e Kristin) que estão viajando em um Cruzeiro e acabam conhecendo Hailey. No entanto, existem rumores de que vampiros estão atacando os passageiros de diversos cruzeiros e que, por não ter um destino concreto, o delas poderia ser um dos atacados. Entre idas e vindas descobrimos certos personagens que tornam-se suspeitos na teoria ‘ele pode ser vampiro’. Gosto muito da escrita de Sarah Mlynowski e nesse conto ela não me decepcionou. A autora conseguiu manter o ritmo da narrativa de uma forma bem natural, e o final foi surpreendente. Sem dúvidas foi minha história favorita!

Na segunda história conhecemos uma bruxinha chamada Cecily, que sai de férias ao lado de sua família para visitar o coven de bruxas que ela e mãe fazem parte. Como acontece em todos os anos durante essa viagem, Ceci acaba encontrando sua inimiga número 1. Mas algo está diferente nesse ano, já que sua “amiga” está namorando… Ceci acaba se interessando pelo tal rapaz, mas algo nas atitudes de sua inimiga está estranho; então nossa protagonista passa a investigar os fatos e o que ela encontra é absurdo e assustador. Infelizmente Não gosto da sua namorada foi o conto que menos gostei na obra. A impressão que tive foi a de que Claudia Gray ficou com um certo receio de investir em seus personagens e a história acabou ficando mais do mesmo.

Em A Lei dos Suspeitos somos levados à uma cidade no interior da França, onde as irmãs Charlie e Marylou vão passar as férias. Entediadas e sozinhas, elas acabam se metendo em uma grande confusão: descobrem a existência de uma história que pode ser fatal. Essa foi a história mais “real” que encontrei na obra, uma vez que não seria muito difícil de algo como isso tornar-se real (digo pelo fato de que a maldição dos suspeitos poderia se tornar uma desculpa para alguém sair matando inocentes). Gostei da maneira que a autora Maureen Johnson escreve, mas me senti perdida em alguns momentos da trama.

Eu estava super ansiosa para realizar a leitura de A Casa dos Espelhos, já que foi escrito pela Cassandra Clare. Não me decepcionei, já que a autora soube detalhar cada acontecimento de uma forma única e extraordinária. Nesse conto conhecemos a história de Violet e Evan, que são irmãos “postiços” e, para ajudar, ainda rola um clima entre eles. Durante a viagem da lua de mel de seus pais (da qual a mãe de Violet insistiu para que os filhos fizessem parte), Evan acaba conhecendo uma mulher muito bonita e misteriosa. Intrigada e confusa, Violet sente que precisa ajudar seu “irmão” e com a ajuda de alguns empregados da casa onde estão, ela descobre os segredos e lendas sobre a casa de espelhos. O final da história, apesar de óbvio, foi bem justo (e cruel).

E por último (mas não menos importante), temos a oportunidade de conhecer a história de quatro amigos que estão fazendo um mochilão pela Europa e acabam se interessando por um festival que acontece na cidade Necuratul. A cidade em questão é conhecida por suas lendas e rituais, uma vez que os antigos moradores realizaram um pacto com a “besta” para que aquela região prosperasse e não faltasse nada para as futuras gerações. No entanto, a cidade será destruída e dará espaço para uma usina… Mas será que os moradores vão deixar isso acontecer?! Nenhum Lugar é Seguro, de Libba Bray me deixou arrepiada do início ao fim da história! Adorei conhecer as lendas dessa cidade tão peculiar. Esse conto fechou o livro com chave de ouro!

De uma forma geral a leitura foi bem proveitosa. Consegui realizar a leitura do livro em poucas horas e fiquei feliz por ter a oportunidade de conhecer novas autoras e seus estilos de escrita. Ao finalizar a leitura de cada conto eu parava e refletia sobre o que eu faria se estivesse no lugar de cada personagem. E um frio percorria minha espinha só de pensar nisso, haha!

Editora: Galera Record

ISBN: 9788501090829

Autor(es): Cassandra Clare, Claudia Gray,

Libba Bray, Maureen Johnson, Sarah Mlynowski

Páginas: 272 páginas

Ano: 2015

Skoob | Orelha de Livro

* Livro cedido para resenha pela Editora.

Posts relacionados

11 comentários

  • Reply
    Livros Encantos
    abril 9, 2015 at 1:41 pm

    Cass lindona eu tenho um livro dessa série Formatura Infernal e adoro, todo livro que Cassandra está nele já me chama atenção. Gostei muito dos contos e o da Cassandra me chamou atenção. Já anotei para comprar beijos.

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  • Reply
    Ana Paula Lima Miranda
    abril 9, 2015 at 2:32 pm

    Oooi!!

    NÃO ACREDITO QUE VOCÊ TEEEEM *—————————*
    Que deeemais, eu adoro essa série Infernais. Comprei o primeiro livro (formaturas infernais) por causa da Meg, mas ele sumiu, daaaaí vi que tinha um box e meu namorado me deu de presente, agora preciso desse para poder ler.
    Acho que há um padrão, nesses livros, um seeempre vai ser ruim 🙁

    Estou mega curiosa para poder ler *-*

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

  • Reply
    Luiza
    abril 9, 2015 at 5:50 pm

    Só por ver o nome mágico Cassandra Clare já dá vontade de ler RSRSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

  • Reply
    Alice Aguiar
    abril 11, 2015 at 12:27 am

    adoro livro de contos, vou ver se dou uma conferida nesse, ainda mais por ter algo escrito pela cassandra (adoro ela).
    espero gostar da leitura assim como vc.
    Seguindo o Coelho Branco

  • Reply
    Ju LiteRata
    abril 11, 2015 at 2:19 am

    Cá só li o primeiro livro dessa série e apesar de na época que comprei ter adorado hj ele não condiz mais com meu gosto, porém vi que tem um conto de Cassandra Clare e agora to meio desesperada para ler, pelo menos o conto dela, as outras autoras não conheço. Quem sabe um dia!

  • Reply
    Jéssica Rodrigues
    abril 11, 2015 at 11:00 pm

    Oi Cássia, tudo bem?

    Estou bem curiosa para ler Férias Infernais (li Formaturas Infernais é gostei muito). Pela sua resenha fica nítido que apreciou o livro, mesmo não apreciando todos os contos. Também fico animada pelo conto da Cassandra Clare e quero ler esse livro assim que possível.

    Beijos
    Leitora sempre

  • Reply
    Ju
    abril 12, 2015 at 11:10 pm

    Não, obrigada, não quero frio nenhum percorrendo a minha espinha…. rs… sou muito medrosa, e não leio nada que tenha o objetivo de assustar. Sei que muita gente gosta, mas acabo tendo pesadelos e não acho nada legal. Fora que não sou muito chegada em contos.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

  • Reply
    Kel Araujo
    abril 13, 2015 at 3:39 am

    Oi Cá,

    eita que eu detesto essa ideia de contos de terror. Sou mega medrosa, qualquer suspense um pouco mais pesado me deixa assustada huahuahua então acho que eu passaria longe do livro =P Mas, para quem gosta, com certeza é uma ótima pedida, que bom que a leitura foi rápida

    beijos
    Kel
    http://www.porumaboaleitura.com.br

  • Reply
    Cila - Leitora Voraz
    abril 13, 2015 at 4:37 am

    Oi Cássia, sua linda, tudo bem?
    O único nome que reconheci foi da autora Cassandra Clare. Não tenho o costume de ler contos, confesso, por um único motivo: eles são muito curtos, risos…. É que me envolvo com as histórias e quando vejo, acabaram. Mas lendo a resenha, realmente, o da Cassandra e o último chamaram minha atenção. Se um dia eu tiver a oportunidade, eu leio sim.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

  • Reply
    andreza moura
    abril 13, 2015 at 1:41 pm

    Olha terror não é bem a minha praia…nada de livros assustadores..r.srsrs
    Mas pelo que li aqui, me parece que o conto da bruxinha Cecily, e o escrito por Libba Bray, me deixariam mais interessada e envolvida na história. Sinceramente até dá curiosidade e vontade de ler, mas o medo…. Ah o medo ainda não me deixa..rs

    Café com Letras

  • Reply
    Mayla Henrique
    abril 18, 2015 at 1:14 pm

    Oie,

    Eu não sou nada fã de histórias de terror eu passo longe delas. Mas sabendo que tem a diva da Cassandra eu já estou mudando de idéia, a única autora que reconheci foi ela, mas gostei muito dos outros contos e fiquei bem curiosa com Cruzeiro, só por contas dos possíveis vampiros hehehe.

    Mayla

Deixe uma resposta para Cila - Leitora Voraz Cancelar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.