Livros, Resenhas

Eu li: Choque de Cultura – 79 Filmes pra assistir enquanto dirige

Oi, pessoal! Tudo bem com vocês?!

Já faz um tempo que acompanho o canal Choque de Cultura no Youtube (por influência do Pablo, rsrs) e eu simplesmente fiquei surtada quando vi que eles iriam lançar um livro. Infelizmente eu demorei um pouco para adquirir meu exemplar porque a grana estava curta, mas em Janeiro eu finalmente pude comprar meu livrinho e já realizei a leitura dessa obra prima nacional. E é claro que eu não poderia deixar de trazer meus comentários sobre esse livro aqui pro blog. Então já tá liberado ligar os automóveis e #partiu

Achou que não ia ter Choque de Cultura no Procurei em Sonhos?!

Achou errado, otário!

Choque de Cultura – 79 filmes para assistir enquanto dirige é um clássico da literatura nacional. Livro bem escrito, com opiniões dos maiores nomes do transporte alternativo do Brasil. É aquele tipo de livro que não pode faltar na estante de um verdadeiro cinéfilo.

A edição da Galera Record está super bacana, onde cada capítulo é uma crítica de algum filme feita pelos pilotos. E é impossível não ler as críticas e imaginar a voz de Julinho, Renan, Maurílio e Rogerinho.

A edição que eu comprei na Amazon veio acompanhada de uma cartela de adesivos, mas infelizmente eu tenho uma crítica e uma denúncia a respeito do material dos adesivos: não dá pra colar no automóvel. As figurinhas não são resistentes à chuva ou a uma guerra. Imagina se eu for num lugar com muitas explosões? Não vai sobrar figurinha nenhuma pra contar a história! Vou ser obrigada a usar os adesivos no meu planner.

O livro é muito divertido e a leitura é super rápida. Uma pena que não tenham investido tanto no audiovisual do livro, porque teria dado muito certo. Mas ai já fica uma ideia pra uma próxima produção.

Melhores momentos do livro

Para mim, sem dúvidas, um dos melhores momentos do livro foi conhecer um pouco sobre a história de cada um dos pilotos e de como eles se tornaram essas pessoas magníficas.

E é claro que não tem como deixar de citar que através dessa obra eu pude conhecer produções das quais eu nunca tinha ouvido falar e talvez um dia eu assista (porque vocês sabem como eu sou enrolada, né?)… ou simplesmente guardo a opinião deles e sigo a vida.

De todas as críticas, as que eu mais gostei foram: Top Gun (um excelentíssimo filme, diga-se de passagem), Saga Crepúsculo, Batman, o cavaleiro das trevas, Stallone: Cobra, A lagoa Azul e O poderoso chefão.

Os pilotos sabem o que falam e a opinião deles precisa ser levada a sério. Inclusive, acho que eles merecem todos os prêmios por esse livro, incluindo um OSCAR, um Prêmio César, Prêmio Cláudia, Prêmio Silvio e o aclamadíssimo Grande prêmio molho de tomate de cinema.

Pontos fortes, pontos fracos

Um ponto fortíssimo nessa obra é o glossário. Eu sei que nem todo mundo gosta de glossário em livros, mas se não fosse o Maurílio, seria impossível saber o significado de várias palavras dentro do mundo cinematográfico. Sem dúvida ele é um dos grandes amantes da sétima e dividiu seu conhecimento com os leitores.

Outro ponto forte é que finalmente deixaram o Renanzinho brilhar e temos muitas ilustrações desse grande artista, que deixam o livro ainda mais profissional. Show de bola!

Infelizmente o ponto fraco para mim foi que o Julinho não quis escrever sua crítica sobre Se eu fosse você #2 e por isso o livro ficou com um número ímpar no título – ou como diria o Renan: número primos!! Porra, Julinho! Você não sabe o trabalhão que deu eu ter que transcrever o vídeo de Se eu Fosse Você #2 pra completar meu livro. Eu não achei nenhuma impressora que imprimisse vídeos…. Pensa nos seus leitores da próxima vez, cara!

Recado final

Bom, infelizmente eu não sei dar recados finais tão bem quanto nosso querido piloto Renan, mas só queria agradecer o pessoal do Choque de Cultura porque vocês são foda! Vocês são demais, e eu desejo todo sucesso desse mundo pra você.

Ps.: Ainda estou esperando vocês virem pra Campinas pra gente comer um dogão no Gato, que é um lugar de tradição do meu bairro. E eu posso levar meu liquidificador pro Renan bater o DOGSHAKE dele. E lá também tem lugar interativo pra crianças, então o Renanzinho pode brincar tranquilo, mas só precisamos tomar cuidado pra ele não engolir as fichinhas do fliperama.


  • Editora: Galera Record
  • ISBN: 9788501302717
  • Autor(es): Caito Mainier, Raul Chequer, Daniel Furlan e Leandro Ramos
  • Páginas: 240 páginas
  • Ano: 2018
  • Avaliação: 4/5
  • Adicione no Skoob
  • Compre na Amazon*
Anterior Próximo

Você também poderá gostar de ler:

3 Comentários

  • Reply Samara Silva março 6, 2019 at 10:44 am

    Amei essa sua postagem, sempre estou visitando seu blog e lendo suas postagens.. Seu blog está salvo em meus favoritos..

    Parabéns!

    Amo seu blog ❤️ ..

    Meu Blog: Bahia dá Sorte

  • Reply Gabriela Soares março 11, 2019 at 8:01 pm

    Meu Deus, eu queria tanto ter entendido as referências desse post, mas infelizmente não assisto Choque de Cultura e só peguei a do “achou errado, otário” HAHAH shame on me. Como não acompanho, nem sabia que eles tinham um livro, mas que legal! Eu não sou muito de cinema (sou toda errada, credo) então provavelmente não teria assistido a maioria dos filmes indicados, mas acho até que seria uma boa dica de leitura, assim eu teria mais indicações de filmes pra ver, né? Curti!

    Um beijão,
    GABS | likegabs.blogspot.com

  • Reply Lídia março 13, 2019 at 7:04 pm

    Oi Gabs,
    Seu blog é lindo.
    Eu ainda não li o livro, mas já está na fila de espera, mas quero passar ele na frente porque está todo mundo falando bem do livro. Que sortuda você é, pois eu não ganho nem injeção na testa. O ponto fraco que você mencionou acontece nas melhores família.

    Adorei o post
    Até mais!
    https://www.depoisdaleitura.com.br

  • Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.