InLivros, Resenhas

[Resenha] – A Batalha dos Mortos



Leia a resenha de ‘O Vale dos Mortos’, primeiro volume da série ‘As Crônicas dos Mortos’, clicando aqui.

Após um eletrizante desfecho no primeiro livro, em A Batalha dos Mortos podemos presenciar outro tipo de luta no mundo caótico após a passagem de Absinto, o planeta que transformou a maioria do planeta em zumbis: o drama vivido por sobreviventes presos em um quartel liderado por Emmanuel, um poderoso criminoso que abusa de seus companheiros de todas as formas possíveis.

Perto do condomínio em São José dos Campos, onde vimos no primeiro livro que existe um grupo de refugiados liderados por Ivan e Estela, existe em Taubaté outro campo de sobreviventes, porém a escravidão é presente em todos os momentos. Após Isabel – uma moça que carrega consigo muitos segredos – ter fugido, ela finalmente encontra amparo em Estela e Ivan e junto com o restante do grupo planejam como salvar os demais sobreviventes das garras de Emmanuel.

Durante a narrativa o foco foge um pouco de IvanEstela e os demais personagens do primeiro livro. O foco em A Batalha dos Mortos fica em Isabel (e sua irmã gêmea, Jezebel), seu relacionamento com Canino, as trapaças de Emmanuel e no plano de salvar os sobreviventes das garras do criminoso. Em  A batalha dos mortos temos mais cenas de morte, luta pela sobrevivência, e questionamentos sobre o que é certo e errado em determinadas situações; os personagens são colocados em guerra contra eles mesmos. Uma ótima sacada do autor.

Além dos fatos citados acima, o grupo de Ivan encontra mais apoio para continuar com sua missão de salvar, acolher e ajudar os sobreviventes espalhados por todo o país. Gostei disso, foi uma ótima sacada do escritor. Da mesma forma que aconteceu no primeiro livro, nesse também podemos encontrar vários ganchos para o próximo volume, o que atiçou bastante minha curiosidade.

A qualidade da escrita de Rodrigo se mantém nesse segundo volume, e ele soube explorar mais seu leque de opções para cada situação vivida pelos personagens. Houve uma grande expansão dos lugares visitados por eles, além de mesclar elementos sobrenaturais no enredo. O que gostei nesse livro foi que o autor soube trabalhar a relação de Isabel e Canino de uma forma diferente, mais ‘natural’. Além, de claro, ter sido mais severo em alguns capítulos e não poupando ninguém para que o livro não perdesse o clima de tensão.Terminei o livro surpresa com o que Rodrigo preparou e ainda estou me perguntando como será o próximo! Sério, fiquei arrepiada no último capítulo, já que o autor fechou a obra com chave de ouro e com um gancho inimaginável para o livro seguinte. Espero que seja lançado o quanto antes!

Editora: Faro Editorial

ISBN: 9788562409226

Autor(es): Rodrigo de Oliveira

Páginas: 310 páginas

Ano: 2014

Skoob | Orelha de Livro

   

* Livro cedido para resenha pela Editora.

3

You may also like

3 Comments

  • Nil Macedo

    Não conhecia esse livro e nem o autor. O tema e o enredo parecem ser bem interessantes.
    Vai ficar como dica para um bom livro nacional. Espero poder ler em breve o primeiro livro dessa série.

    bjs.

    http://www.booksandmuchmore.com

    janeiro 19, 2015 at 10:33 am Reply
  • Livy

    Oi =)

    Li o primeiro livro, e apesar de não ter gostado de alguns detalhes que me incomodaram, no geral gostei da história e da proposta do autor. Estou bem curiosa para ler este segundo volume, e pela sua resenha acho que vou gostar =)

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    janeiro 19, 2015 at 2:17 pm Reply
  • Nathalia Simião

    Eu não consigo decidir de qual dos dois livros eu gosto mais. No primeiro foi muito legal acompanhar o Ivan e a Estela, mas a história da Isabel e da Jezebel, toda a coisa do Emmanuel foi tão legal! E o final, que final foi aquele? Fiquei louca! Não vejo a hora de chegar março logo pro terceiro livro.

    janeiro 29, 2015 at 4:54 pm Reply
  • Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.