Livros Resenhas

[Resenha] – Baía da esperança

baiadasperancagrande

Após finalizar o livro Um mais um, resolvi arriscar e realizar a leitura de mais um livro da Jojo, com a esperança de que todo aquele sentimento que senti em Como eu era antes de você voltasse. E a cada nova página de Baía da esperança, meu coração se enchia de afeto e eu me apegava mais e mais aos personagens.

É complicado falar dessa obra, porque ela não aborda somente a história de personagem X ou Y, e sim de vários personagens, transformando a história em um mar de emoções. No entanto, o foco principal do livro é a história de Liza e sua filha, Hannah. As duas moram em Silver Bay no hotel de Kathleen (tia), e guardam cicatrizes de um passado triste, cujo detalhes são revelados durante o decorrer da trama. Apesar disso, as três levam uma vida tranquila no hotel Baía da esperança, até a chegada de Mike. Vindo de Londres, a única missão de Mike em Silver Bay era explorar e conhecer o lugar em busca de um local para a construção de um luxoso hotel. No entanto, durante sua estadia no hotel Baía da esperança, Mike começou a fazer parte da rotina de Liza, Hannah, o que resultou em inúmeros dilemas pessoais, principalmente a dúvida sobre se era certo o que ele estava fazendo – planejar a construção de um novo hotel, tirando a tranquilidade dos moradores da cidade.

O livro é narrado sob a perspectiva de vários personagens, mas confesso que os capítulos narrados por Kathleen e Hannah foram os que eu mais gostei. Kathleen era a personagem mais velha da obra, enquanto Hannah era a mais nova. E as duas me passaram muita tranquilidade, e uma paz de espirito muito boa. Apesar de eu ter me apegado mais à essas duas personagens, a história de Liza foi algo que me emocionou muito, e a maneira como os observadores de baleias enfrentaram os problemas relacionados à construção do novo hotel foi bem bacana – aqui temos um ótimo exemplo de trabalho em equipe.

“Observe o mar por tempo suficiente, seus humores e suas exaltações, suas belezas e seus terrores, e você terá todas as histórias de que precisa, de amor e perigo e daquilo que a vida nos traz em suas redes. E do fato de que às vezes não somos nós que estamos no leme, e não podemos fazer mais do que confiar em que tudo vai dar certo.”

 Quase toda a história se passa em Silver Bay (Austrália), e a maneira como Jojo explorou cada elemento relacionado a baía, marinheiros, baleias (e animais marítimos como um todo), a paisagem do lugar e até mesmo a personalidade de cada personagem, foi um algo a mais que me fez tirar o chapéu para a autora. Todo esse cenário foi essencial para o desenrolar de várias histórias de amor. Em Baía da esperança podemos vivenciar o passado dos personagens, e sonhar ao lado deles em busca de respostas a diversos sentimentos e ideais.

Durante a leitura dessa obra, eu sorri e chorei; eu pensei em como as minhas atitudes poderiam mudar (de certa forma) o mundo e o meio ambiente, e fiquei demasiadamente feliz por saber que ainda existem pessoas boas no mundo. Pois é, amigos… Baía da esperança reacendeu a chama de Jojo Moyes em meu coração. Estou recomendando esse livro para todo mundo que eu conheço.


 Editora: Intrínseca

ISBN: 9788580578737

Autor(es): Jojo Moyes

Páginas: 301 páginas

Ano: 2016

Adicione no Skoob

* Livro cedido para resenha pela Editora.

Posts relacionados

12 comentários

  • Reply
    Carolina Garcia
    maio 9, 2016 at 1:20 pm

    Olá, Cássia!

    Eu adorei sua resenha! <3
    Por enquanto só li Como eu era antes de você da Jojo e sinto esse amor que você narrou. Fico muito feliz em saber que Baía da Esperança mantém a chama acesa e já irei adicioná-lo na minha lista de desejados! 😉

    Espero que a gente ainda possa se apaixonar pelos outros títulos da autora. *-*

    Bjs

  • Reply
    Beatriz Andrade
    maio 9, 2016 at 11:53 pm

    Que livro lindo. Eu ainda não o conhecia e só a capa dele já me deixou apaixonada. Depois da sua resenha, então!!! gostei bastante da premissa do livro e fiquei interessada na leitura

  • Reply
    Ana Luiza Ferreira
    maio 10, 2016 at 8:35 am

    Oi Cássia,

    todo mundo está apaixonado por essa autora, mas não sei, as obras dela não me chamam tanta atenção assim… Fico feliz que o livro tenha te tocado tanto, e até feito refletir, entretanto, acho que não estou no momento certo para ler essa ou qualquer obra da Jojo…

    Beijos!
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    • Reply
      Cássia Vicentin
      maio 29, 2016 at 2:49 pm

      Ai puxa, que pena que a Jojo não te cativou ainda 🙁 Mas tenho certeza de que, quando você ler alguma obra dela, você vai adorar!

      Beijos :*

  • Reply
    Morgana Brunner
    maio 10, 2016 at 12:15 pm

    Oii, tudo bem?
    Realmente esse é um dos únicos livros da Jojo que tenho vontade de ler, além disso achei a trama bem interessante e sua resenha ficou incrível mesmo <3 so aumentou minha curiosidade e vontade, essa capa está impecável também.
    Beijão

  • Reply
    yasnaya
    maio 11, 2016 at 3:51 pm

    Amo Jojo por conta de Como Eu Era Antes de Você por que né… Quero nem lembrar.
    Quero muito os outros dela, incluindo esse.
    Sua resenha já me fez imaginar o lugar, parece uma história diferente das que já li, pelo tema ser relacionado a meio ambiente, ahhh e Austrália ♥ Seria meu sonho?
    Já vou deixar na minha lista de querências rs

  • Reply
    Déborah Araújo
    maio 11, 2016 at 9:14 pm

    Cássia, nunca li nada da Jojo e confesso que o burburinho ao redor dela por causa do filme me deixa com o pé atrás para ler algo dela.
    Mas a história parece ser muito boa e gosto muito dessa pegada de vários personagens narrando e mostrando seu ponto de visto.
    É provável que eu goste da leitura.

    Lisossomos

  • Reply
    Nathalia Simião
    maio 12, 2016 at 7:43 pm

    Oi florzinha!
    Você me transmitiu uma sensação tão boa com sua resenha! Achei interessante essa situação dos moradores com a chegada de um possível novo hotel, acho que isso dá ares de humanidade a história, me passa uma sensação de problema da vida real sabe. Fiquei bem curiosa com a história dessas três mulheres, principalmente quero descobrir por que a história de Lisa te emocionou.
    Se tudo der certo vou pegar este livro numa troca e espero gostar tanto quanto você!
    Beijo ♥

  • Reply
    Sammy
    maio 12, 2016 at 11:32 pm

    Vejo bastante elogios as obras da Jo Jo e confesso que tenho uma enorme curiosidade, gosto de enredos assim, que comovem o leitor de forma espetacular, fazendo com que a história transpasse as páginas, tenho uma obra dela na estante, somente me esperando para ler, tenho esperanças de gostar e sentir essa emoção tão plena que você descreveu na resenha, Baia da Esperança me cativou, mas ainda torço o nariz com essa história de multiplos narradores, sinceramente, não gosto, mas com seus elogios, vou sim apostar na leitura!

  • Reply
    Silviane
    maio 12, 2016 at 11:35 pm

    Ooi! Eu não tinha muita ideia da história desse livro mas não curti tanto assim. Até gosto da escrita da Jojo, mas acho que me incomodaria um pouco tantos personagens narrando a obra mesmo que tenha ficado bacana na história contada.
    Beijos
    Estilhaçando Livros
    Conheça o novo Cantar em Verso

  • Reply
    Karla Samira
    maio 13, 2016 at 4:19 pm

    Olá! Eu adoro a escrita da Jojo e a forma como ela divide os capítulos, que geralmente alternam entre dois ou mais personagens da história. Esse é um dos livros dela que ainda não li, mas pela capa e pelas resenhas que tenho lido, com certeza vou gostar da história, que me parece muito forte. Amei a ideia desse cenário de mar, que envolve os animais marítimos. Vou ler em breve.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

  • Reply
    [Resenha] – O navio das noivas ◂ Procurei em Sonhos
    agosto 22, 2016 at 9:18 pm

    […] contar, eu comecei o livro com inúmeras expectativas. Afinal,  Jojo não tinha me decepcionado em Baía da esperança e eu estava doida por uma história que me prendesse até a última página. Comecei O navio das […]

Escrever um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.